31 janeiro 2017

Resenha - A Mentira



Título:  A Mentira
Autor: Nora Roberts
Editora: Grupo Editorial Record / Selo Bertrand
Páginas: 490
Onde comprar: Saraiva / Submarino / Amazon

Shelby Foxworth perdeu tanto o marido quanto as ilusões. O homem que lhe dera uma filha e a vida de uma rainha não era o que ela imaginou que fosse. Após o luto de perder Richard, Shelby descobre as montanhas de dívidas que ele deixou para trás. Descobre que ele era um mentiroso, tão falso quanto o diamante no seu anel de noivado, e que o homem que ela amava não está simplesmente morto. Ele nunca existiu.
Após vender tudo que pode, Shelby parte com a filha de três anos para o sul, buscando o conforto da sua cidade natal. Lá, porém, também encontra a promessa de algo mais: Griffin Lott, um empreiteiro bem-sucedido e determinado a conquistá-la.
Shelby pode até ter sido jovem e ingênua quando se casou com Richard, mas agora está descobrindo sua independência, tomando atitudes sensatas para construir uma nova vida e redescobrindo o que realmente importa. Porém, o passado volta para assombrá-la — e a vida dela e de Griff estão em risco.









"Naquela época, eram felizes. Também precisava se lembrar disso agora. Precisava se lembrar disso, se prender às memórias dos bons tempos.
Uma mulher que enviuvava aos 24 anos precisava de lembranças.

Uma mulher que descobria estar vivendo uma mentira, que não estava apenas falida, como também endividada até o último fio de cabelo, precisava se lembrar dos bons tempos."

Shelby Pomeroy era natural de uma cidade pequena, aconchegante e familiar, onde vivia sua família e amigos, e onde todos se amavam, se ajudavam e se preocupavam uns com os outros. Porém, aos dezenove anos, ela conheceu um homem conquistador, rico e bonito e foi atraída para se casar com ele em Las Vegas e foi levada a abandonar tudo o que conhecia e amava em sua cidade. Porém, após cinco anos de casamento e o nascimento de uma filha, Callie, Shelby não era uma mulher feliz. Apesar de todos os bens materiais que possuía, se via presa em um casamento frio e sem amor, e não conseguia se desligar dele. Mas logo, em uma viagem, Richard, o marido de Shelby sofre um acidente e morre, deixando-a viúva.

"- Este é meu trabalho, ruiva. Conserto as coisas.
Ela soltou uma risada nervosa.

- Estaria mais para uma reforma completa. Acho que pode se dizer que seria melhor demolir tudo e construir de novo. E venho com uma bagagem extra.

- Eu gosto da sua bagagem extra, e sei que estou dando em cima de você rápido demais, considerando as circunstâncias. Mas me parece que é melhor ser direto. Você me deixou de queixo caído quando apareceu na cozinha da dona Bitsy. Meu plano era ir devagar e ser mais discreto, mas de que adiantaria isso, Shelby?

Após o choque da perda, Shelby começa a investigar os bens e suas finanças, e descobre estar perdida, com milhares de dívidas a pagar, e descobre também não possuir nada. Desesperada, resolve vender tudo aquilo que está em sua posse e decide voltar para sua cidade natal, a fim de se recuperar e ficar ao lado de sua família. Chegando lá, ainda desesperada com tudo o que deve, Shelby conhece Griffin, um construtor que imediatamente se apaixona por Shelby e por sua filha. A princípio relutante, logo ela se rende à amizade e à possibilidade de conhecer Griff, e percebe que pode dar uma nova chance ao amor. Até que seus planos são interrompidos por antigos comparsas de Richard, que vem atrás dela a fim de recuperar quantias inimagináveis que Richard roubara deles, e com a ilusão de que  Shelby sabe onde estaria todo aquele dinheiro e que estaria envolvida em todas as tramas. Então, ela se vê mais uma vez em perigo e em uma corrida para provar que é inocente e para salvar as pessoas que mais ama.

"- Foi divertido - disse Shelby enquanto Griff as acompanhava até a minivan. - Você com certeza fez com que o primeiro encontro de Callie fosse memorável.
- Precisamos ter um segundo. Você vai sair comigo de novo, Callie?

- Tudo bem. Eu gosto de sorvete.

- Mas que coincidência! Estou começando a pensar que fomos feitos um para o outro. Eu também adoro sorvete."

Com um enredo eletrizante, personagens maravilhosos e um suspense que prende, Nora Roberts construiu uma história magistral, que nos suga até o virar de sua última página.


óculos, talvez tivesse mudado de ideia sobre a arma."

Assim que esse livro foi lançado, eu imediatamente o adicionei à minha lista de leituras, principalmente por ser de Nora Roberts, uma autora cujas obras sempre tenho vontade de ler, mas não mantinha nenhuma expectativa em cima do enredo. Mas assim que amigas, fãs da autora, começaram a ler e elogiá-lo, fiquei logo tentada a iniciar a leitura e fui surpreendida de forma muito positiva. Na verdade, posso dizer, sem dúvidas, que esse é o melhor livro único dos que li da autora até agora, e um de seus enredos mais criativos e cativantes. Ainda hoje, tempos depois da leitura, sinto saudade de cada um daqueles personagens e sinto vontade de ler mais sobre todo aquele enredo.

É preciso, no entanto, ter em mente que é um romance, permeado com um pouco de suspense, mas sem ser um suspense extraordinário, e certamente quem realizar a leitura esperando um grande mistério irá se decepcionar. Mas a beleza da obra está na construção de toda a vida da personagem, em sua personalidade e nos personagens que a cercam, e na construção de todas as relações do livro. É, de certa forma, um livro leve, mas que nos prende e nos arrebata.

O ponto mais positivo para mim foi a construção de cada personagem, pois todos são cheios de personalidade, qualidades, defeitos, e a autora criou um laço de união, família e amigos incrível, e são aquelas pessoas que sentimos que a qualquer momento podem sair daquelas páginas para tomar um café conosco. Além disso, todo o cenário da cidade pequena foi muito bem descrito e, em certos momentos, visualizei todos os lugares mencionados. Também, mesmo que o suspense não foi intenso e tão misterioso, ele foi construído de uma forma interessante, e a autora soube equilibrar muito bem romance e suspense, sem que em nenhum momento algum deles fosse deixado de lado em detrimento do outro.

Confesso que não encontro pontos negativos a mencionar, porém, esse suspense um tanto óbvio, pode acabar decepcionando alguns leitores que esperam algo grandioso. Também, o final um tanto corrido e com uma resolução fácil demais, pode se tornar um ponto não tão positivo na obra.

Quanto aos personagens, todos merecem um destaque especial, mas como são muitos, os que mais amei foram: Callie, a filha de Shelby, uma criança encantadora que conquistava todos ao seu redor e que, para mim, deu um brilho especial a obra, pois amo livros que envolvam crianças em seus enredos e depois dela, em todos os livros que leio fico desejando uma criança tão encantadora para marcar as histórias. Griffin é o típico mocinho com o qual todas as mulheres sonham, sem ser romântico ao extremo, mas é um homem muito interessante. Também amei conhecer Viola, a avó de Shelby, dona de um salão de beleza e bastante ativa, além de toda a família de Shelby, que é bastante especial, e, claro, a própria Shelby, que é um exemplo de mulher forte, determinada e batalhadora, que sabe o que quer e luta por isso.

O livro é narrado em terceira pessoa, dividido em trinta capítulos, e mais um epílogo. Minha leitura foi em e-book e a revisão está razoável.

Recomendo essa obra para os fãs da autora, ou mesmo aqueles que desejam conhecê-la, pois é um livro único, então uma ótima opção de leitura. Também, indico para os fãs de romances e de histórias que prendem intensamente.

21 comentários:

  1. Ola. Ainda não li nada da autora (#shameonme) e fiquei bastante curiosa com este livro.
    Quando comecei a ler a resenha, pensei se tratar apenas de um romance piegas e clichê, mas tem muito mais alem disso. Um certo drama e suspense.
    Fiquei curiosa e vou pesquisar mais sobre o livro.

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?
    Uma leitora do RT me indicou esse livro outro dia, quando leu uma resenha minha sobre uma obra da autora, sou suspeita para falar dos livros dela pois amo eles demais, eu não conhecia esse mas já fiquei curiosa sobre sua trama, então com certeza irei procurar ele para ler!
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tamara!
    Li apenas um livro da Nora, foi o "Um Novo Amanhã".
    Confesso que não vi isso tudo que falam da autora, talvez eu tenha pegue um livro fraco dela, não sei.
    Esse parece um bom livro, apesar do desfecho óbvio. Vou dar uma conferida.
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. OI Tamara, quando o ponto positivo de uma obra fica a cargo dos personagens bem construídos, já me dá vontade de sair correndo para ler o livro e aconteceu isso ao ler a sua resenha. Não sei se esperaria mais do suspense em si, mas fiquei muito curiosa com a obra.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá. Adorei o drama e suspense que envolvem a obra. Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Ainda não li nada da autora mas sempre vejo muitas resenhas positivas sobre seus livros. Apesar de ter achado uma história interessante, não estou na onda de uma livro assim por enquanto.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  7. Tamara esse realmente foi um livro muito bom o melhor para mim dá Nora nos últimos tempos. E a sua resenha só nos dá mais vontade de ficar relendo... Kkkkkkkk Sou super suspeita pois sou fã da Nora e dá Tamara com essas resenhas sensacionais

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    EU não conhecia este livro mas autor sim ne, claro!! ahahah Mas não gosto muito do estilo... Li um dela há uns meses...

    Quer dizer, não faz muito o meu género, mas ainda bem que as personagens cativaram, realmente e o ponto forte!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Olá ♥
    Bom falou que é Nora Roberts é comigo mesmo, ando lendo muitos livro da autora, e esse está na minha listinha. Ela gosta de trazer os personagens pra o mais próximo da nossa realidade, e isso eu admiro muito nela, fora que sua escrita nos conduz de uma maneira estonteante para dentro na estória e nos prende.A premissa me agradou bastante. Quando você disse que quem está indo fazer a leitura focado no suspense vai se decepcionar, também acredito que sim , pois o foco da Nora sempre será o romance, os mistérios são para dar um Up na estória pelo menos em minha opinião. Espero em breve poder fazer a leitura do livro, beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu gosto dos livros da Nora, principalmente os que são únicos. Pois ela sempre coloca todos os elementos que gosto no romance, onde não consigo parar a leitura desde a primeira página. Eu ainda não li esse livro por falta de tempo, mas a cada resenha fico mais empolgada com a leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bom?
    Nossa como Shelby deve ter sofrido durante e após a morte de su marido.
    Eu adoro a escrita dá autora e assim que puder vou ler esse livro para saber se ela conseguiu provar que não sabe de nada, que é inocente nessa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Tamara, tudo bem?
    Faz um bom tempo que desejo ler algum livro da autora, e para ser honesta, não sabia muito bem por onde começar pois a maioria dos livros faz parte de alguma série. Fiquei contente em saber que esse não é o caso de A Mentira. Adoro romances com um pequeno toque de suspense, mesmo que a resolução dos mistérios seja previsível. Dica anotada, já não vejo a hora de ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Adorei saber que é um livro único. Amei todos os livros da Nora que li, mas todos eram de séries, e não é sempre que a gente consegue encaixar uma nova série na rotina, então faz tempo que não leio nada dela. Também curto muito livros com participação de crianças no enredo. Espero que dê tudo certo para a protagonista, coitada, fiquei com o coração na mão quando você disse que iam atrás dela por causa do dinheiro.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Sou apaixonada pela escrita da Nora desde O quarteto das noivas. Só não li mais nada dela depois disso por estar fugindo de séries. Saber que trata-se de um livro único no qual você não encontrou nenhum defeito e com personagens tão bem construídos, bem, só me deixou com muita vontade de lê-lo! Adorei essa premissa da personagem correr contra o tempo para provar sua inocência e dessa pegada de suspense, ainda que meio evidente. Espero poder ler essa obra em breve! Amei a indicação!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  15. Sempre é lindo ver resenhas do livros da Nora Roberts porque ela escreve livros do jeito que eu gosto de ler. Amei saber que esse livros tem os personagens bem construídos e tô com vontade de sair correndo para ler esse livro. Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oiee
    Uooou!! Adorei!!! Só conheci a escrita da Nora esse ano. Pois é, li a série Quarteto de noivas e simplesmente adorei!!!
    Esse, pela sua resenha, parece ser muito bom tb, mesmo pelo fato que levantou que o final pode não ser surpreendente. Não conhecia esse livro e o fato de ser livro único já me chamou bastante atenção. Adorei.
    Dica anotada.
    Bjo

    ResponderExcluir
  17. Oi Tamara!
    Fico chateada comigo mesma, por nunca ter lido nada da Nora Roberts, esse livro apesar de ter um enrendo bem simples, parece ser bem envolvente. Tenho certeza que iria me apaixonar pelo mocinho, Griffin.
    Os personagens da autora parecem ser muito bem construídos. Vou com certeza colocar esse livro na lista de desejados! Mas um dá Nora que preciso ler urgentemente.

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Ainda bem que você nos avisou deste suspenso bem simples, porque já tinha lido uma resenha do livro e que não avisava sobre isso, já que eu esperava um suspense bem mais trabalhado. Apesar de ter gostado dos outros pontos do livor, não sei se o leria, a escrita de Nora é encantadora, mas a premissa deste não me atraiu muito.

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Muita gente fala bem dessa autora e as histórias são bem famosas, mas acredita que eu ainda não li nada dela? Lendo sua resenha agora fui ficando curiosa com a história, a mesma tem uma boa premissa e nada melhor que um suspense que prenda o leitor, né? Além disso, os personagens parecem ser cativantes mesmo e tudo muito bem construído. Mas fiquei com um pé atrás depois que li que o suspense é óbvio e o final corrido.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Oi, Tamara

    Eu adoro personagens bem construídos, então já é meio caminho andado para eu querer ler. A Nora arrasa muito, essa mulher escreve de tudo!
    Fiquei aqui me colocando no lugar da Shelby (detesto esse nome hahaha) cheia de dívidas e sozinha! Fiquei curiosa para saber a resolução dessa situação.

    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Não me bata: nunca li nada de Nora Roberts, nem me interesso por suas obras na maior parte das vezes. Sei que a escrita da autora é incrivel, que os amantes de romances a amam demais... Mas não curto muito romance puro, gosto de ter drama ou suspense, fantasia, junto...

    Fico feliz que o livro tenha lhe agradado, memso não sendo muito a cara do que a autora escreve. Infelizmente, é uma dica que deixo pessar...

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir