06 maio 2016

Resenha - Sete Contos Capitais





No século VI o Papa Gregório instituiu os sete pecados capitais, que são os princípios que ferem a Deus, a você, e ao próximo, raízes de todas as outras falhas, motivos de condenação e perdoáveis apenas pela confissão. São eles: a Gula, que consiste em comer além do necessário e a toda hora; a Avareza, que é a cobiça de bens materiais e dinheiro; a Inveja, que significa desejar atributos, status, posse e habilidades de outra pessoa; a Ira que é a junção dos sentimentos de raiva, ódio, rancor que às vezes é incontrolável; a Soberba, que é caracterizado pela falta de humildade de uma pessoa, alguém que se acha autossuficiente; a Luxúria, que é o apego aos prazeres carnais; e a Preguiça, que é a aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico, sendo ainda caracterizado pela pessoa que vive em estado de falta de capricho, de esmero, ou de empenho.Neste livro, os sete pecados capitais foram ilustrados com sete contos – os contos capitais – histórias de pessoas que ultrapassaram os limites da razão no que se refere a esses desvios de conduta. Há nestas páginas um apetite insaciável; ganância; o maior ódio que uma pessoa pode ter; sensualidade; psicopatas; depressão e sangue.

Livro: Sete Constos Capitais 
58 páginas || Skoob  || Autor Parceiro: George S. Pacheco || Onde Comprar






Resenha - Onze Semanas




A relação de amor entre duas pessoas, seja de mãe e filho, seja de marido e mulher, é desmedida por padrão. No início a empolgação se esforça para esconder todos os defeitos e no fim o cansaço faz esquecer todas as qualidades. Não há relacionamento em que uma pessoa veja a outra com justiça. Se existe alguém com quem nunca somos generosos, é com quem amamos. Que acontecimento poderoso consegue afastar mãe e filha por quase toda a vida? E que tipo de força é capaz de reaproximá-las nas fronteiras da morte? Da cama de hospital onde vive seus últimos dias, Claudia dá início a uma jornada dolorosa pelas experiências que moldaram a história dela e da filha, Meg. A mãe terá que ser mais rápida do que a morte para convencer a jovem a dividir confissões de uma vida marcada por um trauma. Manter-se viva e reviver a memória serão os desafios de Claudia para mudar o mundo das pessoas que mais ama. Com uma dose de mistério que fatalmente leva os olhos à próxima página, Onze Semanas é uma viagem de sensações viscerais que conduz o leitor inúmeras vezes, sem que ele perceba, ao papel dos personagens.





Título: Onze Semanas
248 páginas || Skoob  || Cortesia: Chiado Editora  || Onde Comprar