16 abril 2016

Resenha – Eu Sou o Número Quatro





"Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo."

Livro: Eu Sou o Número Quatro
352 páginas || Skoob || Editora: Intrínseca || Onde Comprar





Resenha - Bom dia, princesa!






Eles se conheceram há dois anos, quando mais precisavam de apoio, e formaram o clube dos incompreendidos. No entanto, algo mudou e agora já não sabem se podem contar uns com os outros. Valéria não sabe se, ao se deixar levar pelos seus sentimentos, pode trair sua melhor amiga; Bruno escreve cartas de amor que não dão resultado; Maria é o patinho feio que busca o seu lugar; Elisabete não está acostumada a ouvir “não”; Raul não quer se equivocar desta vez; e Ester gostaria de gritar o seu amor aos quatro ventos. Amores transbordantes, dúvidas existenciais, segredos inconfessáveis e muita, muita diversão.

Livro: Bom dia, princesa!
496 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Planeta || Onde comprar