03 março 2016

Reflexão - Parte 3



Hoje estou trazendo dois textos reflexivos para todas aquelas pessoas que estão passando por alguma dificuldade na vida e que querem de alguma forma tentar se sentir melhor, mas o mais importante é que serve para que vocês venham a enxerga que mesmo estando bem, preste atenção a sua volta, olhe e veja, pois nem sempre quem realmente conhecemos ou até quem não conhecemos pode estar bem como realmente aparentam, por isso espero que gostem!



NÃO DESISTA DE CONTINUAR...



Que o sol esteja sempre presente em seus dias, mas quando ele não estiver, não tema a chuva, porque a vida é feita de momentos e em cada um deles não nos encontramos desamparados. Que o seu caminho seja repleto de flores, mas quando os espinhos se apresentarem, não chore eternamente diante da dor, busque novos horizontes e quando perceber, a ferida terá cicatrizado.

Quando a solidão se recusar a partir, não se dê por vencido, rogue auxílio da providência divina e perceberá que não se encontra sozinho nessa batalha. Se os seus passos se enfraquecem e a ideia de desistir se aproxima, tenha fé, logo adiante, o desânimo cederá lugar a esperança, que renovará suas forças. Que a cada manhã a alegria possa despertar ao seu lado, mas quando for a tristeza a sua companheira, não se aflija, ela jamais será eterna e com perseverança e confiança, reencontraremos a alegria de viver.




Resenha - Deixe-me Entrar






Julianne Ipswich cresceu confinada no internato Le Rosey, afastada de sua família com o pretexto de receber uma educação de qualidade. Este fato sempre a incomodou e o maior desejo de Julianne era descobrir a verdade para que a família tenha a afastado, uma vez que não ficou convencida de que a preocupação com os seus estudos seria o único motivo.Ao completar 15 anos, ela retorna para Stone Forest, a cidade de seus pais, e, aos poucos, acaba descobrindo mais do que gostaria de saber.
Cercada por muito mais perigos e desafios do que ela jamais pôde imaginar que surgiriam em sua vida, Julianne precisará desvendar os mistérios de seu passado e preparar-se para os desafios do futuro rapidamente se quiser sobreviver. As vozes se misturam, os olhos sedentos nunca param de espreitar e o perigo está onde ela menos imagina. Será que Julianne conseguirá enfrentar tudo isso?

Livro: Deixe-me Entrar
330 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Arwen || OndeComprar





Resenha - Quando Ela se Foi




Dez anos atrás, Myron Bolitar e Terese Collins fugiram juntos para uma ilha. Durante três semanas, eles se entregaram um ao outro sem pensar no amanhã. Depois disso, eles se reencontraram apenas uma vez, quando Terese ajudou Myron a salvar seu filho. E ela foi embora, sem deixar vestígios.Agora, no meio da madrugada, ela telefona: “Venha para Paris”. Terese pede a ajuda de Myron para localizar o ex-marido, Rick Collins, que telefonara depois de anos implorando que ela o encontrasse em Paris. Eles logo descobrem que Rick foi assassinado e que Terese é a principal suspeita do crime. Mas algo ainda mais atordoante é revelado: perto do corpo havia longos fios de cabelo louros e uma mancha de sangue que o exame de DNA revelou pertencer à filha do casal. Só que sua única filha morrera em um acidente de carro muitos anos antes. Logo Myron se vê perseguido nas ruas de Paris e de Londres. As agências de segurança de quatro países parecem querer as mesmas informações de que ele precisa para desvendar a morte de Rick e o destino da filha que Terese pensava ter perdido para sempre. Um dos autores mais premiados e lidos no mundo, Harlan Coben traz uma nova história com o carismático Myron Bolitar em uma busca frenética por três continentes. Em uma busca desesperada, Coben cria um mundo de armadilhas imprevisíveis em que conflitos religiosos, política internacional e pesquisas genéticas se mesclam a amizade, perdão e a chance de um novo começo.

Livro:
Quando ela se foi
250 páginas || Skoob || Editora: Arqueiro|| OndeComprar