12 setembro 2016

Resenha - A fera em mim




Um príncipe amaldiçoado se isola em seu castelo. Poucos o viram, mas aqueles que conseguiram tal proeza afirmam que seus pelos são exagerados e suas garras são afiadas como as de uma fera! No entanto, o que levou esse príncipe, que já foi encantador e amado por seu povo, a se tornar um monstro tão retraído e amargo? Será que ele conseguirá encontrar o amor verdadeiro e pôr um fim à maldição que lhe foi lançada? Em A fera em mim, conheça a história por trás de um dos mais cativantes e populares contos Disney de todos os tempos- A Bela e a Fera!

Livro: A fera em mim
192 páginas || Skoob || Cortesia: Universo dos Livros || Onde Comprar









Esse livro tem um único propósito: nos mostrar o outro lado da história por meio da perspectiva da Fera. Afinal, quem ele era antes de transformação? Como ele chegou a esse ponto? E como a Fera lidou com tudo que estava acontecendo com ele, com seus empregados e com o seu castelo? Tudo isso encontraremos no livro A fera em mim, no qual a Fera irá nos contar a sua história até chegar no seu merecido felizes para sempre.


Em grande parte do livro, nos são reveladas as memórias da Fera, de quando ele ainda era um Príncipe que todas as princesas desejavam para casar. Bem, pelo menos era o que o seu grande ego pensava. Por meio dessas lembranças, iremos ver a personalidade nua e crua do personagem e posso garantir que não é fácil nutrir carisma ou empatia por ele. Isso deve ao simples fato que todos aqueles que ouviram falar do clássico A Bela e A Fera devem imaginar: a sua personalidade egocêntrica.

Aqui veremos um Príncipe que não age como tal; um homem que atribui uma importância maior para as aparências e pelo status, pouco importando se a pessoa não tenha conteúdo, especialmente as princesas. Para ele, a beleza e etiqueta eram sinônimo de amor. Devido a essa personalidade arrogante, o Príncipe acaba sendo vítima de um feitiço poderoso que afeta todo o seu reino, inclusive os funcionários do castelo. Sua aparência se modifica tanto a ponto dele se adaptar à escuridão, longe de espelhos e trancado dentro de casa.

“Para morrer, primeiro é preciso estar vivo. E a Fera podia finalmente dizer que, ao encontrar o amor, tinha vivido.”

É claro que essas mudanças não ocorrem de uma hora para outra, pois levam meses para a transformação se completar. Quando as quatro bruxas dizem o que irá acontecer a ele, em um primeiro momento o Príncipe não leva nada a sério e pensa que elas são loucas. Porém, sem que ele perceba, os sinais da maldição vão surgindo aos poucos. Sua aparência muda drasticamente, de modo que seu rosto fique com um aspecto mais sério e as rugas, que antes não estavam ali, acabam deixando-o vinte anos mais velho. Também há uma mudança negativa em seu comportamento, pois ele começa a ter modos grosseiros e violentos com as pessoas sem nenhum motivo.

Ou seja, o Príncipe se transforma em alguém ainda pior do que era, tornando assim um grande desafio quebrar o feitiço e voltar à sua forma humana. Ironicamente, sua última esperança é Bela, aquela que se difere de tudo que o Príncipe está acostumado em ver numa princesa. Afinal, ao visualizarmos a forma que as mulheres são criadas nesse universo, não é de se surpreender que muitas pessoas tenham a Bela como a princesa favorita (inclusive, eu sou uma dessas!). Além da mocinha gostar de ler, ela foge completamente do padrão de outras princesas que crescem de uma maneira bem diferente dos homens. Enquanto eles treinam para serem fortes e dispõem de todo o conhecimento que quiserem obter, as mulheres precisam saber se vestir adequadamente, esperar ser chamada pelo príncipe e ficar longe dos livros. Pois é, os príncipes detestavam princesas com tantas ideias na cabeça!

“Era verdade: todo mundo no vilarejo pensava que ela era estranha por ler muito, já que não se comportava exatamente como as outras garotas. E daí que ela estava mais interessada em ler sobre princesas do que em ser uma?”

Tendo em vista que o futuro da Fera estava nas mãos da Bela e ela o achava um monstro, para ele tudo estava perdido e já não se importava mais com as piadas e ofensas que as bruxas faziam para lhe incitar a raiva, acelerando assim o feitiço. Vendo a pessoa que ele era antes da transformação, nos dá a impressão de que as bruxas estão fazendo isso por uma boa causa, para que ele se torne uma pessoa melhor e aprenda a amar de verdade. Porém, das quatro bruxas irmãs, apenas uma parece ter boas intenções e deseja que ele melhore. As outras três fazem de tudo para atrapalhar o caminho da Fera em busca de redenção.

Foi muito interessante ver a personalidade antiga do Príncipe nesse livro. Levando em conta os fatos passados, não dá para negar que ele teve o que mereceu, apesar de tudo ter ocorrido de forma exagerada e perigosa demais. Sou contra a ideia de que para uma pessoa mudar precise de outra, então não é legal aplicar o que acontece nesse clássico de conto de fadas na vida real, visto que atualmente existem muitas mulheres aturando relacionamentos abusivos. Porém, desde que o leitor saiba separar a ficção da vida real, não vejo nenhum problema em continuar apreciando a história, afinal, é um conto de fadas com muitos elementos positivos.



Os personagens secundários foram muito bem trabalhados. Gostei bastante das bruxas, elas são maléficas e divertidas na mesma proporção, e conseguem entreter o leitor fazendo vários feitiços com rimas. Também gostei de a autora ter aprofundado o relacionamento entre o Príncipe e Gaston, antes de tudo acontecerm, pois Gaston era seu melhor amigo e estava sempre ao seu lado, lhe ajudando a superar um ‘relacionamento’ e organizando bailes para animá-lo. Por incrível que pareça, Gaston e o Príncipe eram praticamente iguais na personalidade, superficiais e egocêntricos na mesma medida.

A diagramação está bem simples, mas agradável. Gostei bastante da capa e contracapa nos mostrando as duas faces do Príncipe, pois combinam perfeitamente com o título. A autora escreve de maneira fantástica, a escrita é em terceira pessoa e é tão fluída que nos transporta facilmente para esse mundo preenchido de personagens bem construídos. Recomendo para todos aqueles que gostem de conto de fadas, especialmente A Bela e A Fera pois a obra é um ótimo complemento ao clássico.

20 comentários:

  1. Olá
    Eu tenho muita curiosidade de ler esse livro, e todos os que a Universo Dos Livros publicou (e vai publicar) pois sou muito fã de clássicos sendo recontados, tanto de forma mais moderna quanto por outro ponto de vista (Minha idéia de livro e escrever toda a trajetória de um príncipe até o Felizes para Sempre tmbm) adorei saber mais sobre esse livro, só não gosto muito da fonte usada no mesmo. Espero ter a chance de lê-lo em breve. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Amanda
    Eu já tinha visto a capa desse livro, mas essa é a primeira resenha que leio a respeito e fiquei bem interessada diante do que li. Deve ser otimo ver as mudanças sobre o princípe. Adorei poder ler seus comentários por aqui e seu post ficou ótimo.
    Boas leituras!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, flor.
    Entendo seu ponto de vista de que não precisamos de uma pessoa para mudar, mas acho que (embora a filosofia soe bela) a verdade é exatamente essa. Um dos fatores de mudança pessoal são as pessoas com as quais convivemos. Justamente por estarmos com alguém que nos humilha, que nos faz desacreditar em nós mesmos, é que podemos acabar realmente presos num relacionamento abusivo. Por outro lado, se temos pessoas que nos dizem o contrário, que nos amam, que nos respeitam como somos, acabamos por ser mais autoconfiantes e não aceitaremos "qualquer um". Então, na prática, acho que ver quem está ao nosso redor é muito importante para sabermos discernir o que é nosso e o que vem dos outros. :)

    Sobre o livro, adorei seu destaque ao que a fera era antes de se transformar. Eu quero muito ler o livro apenas para ter um ponto de vista mais rico sobre esse personagem. Acho que esse príncipe aprende e ensina uma grande lição. :)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie!Não sabia da existência desse livro! Como pode? Fiquei encantada ao saber que há uma história que conta o ponto de vista dele! Tomara que consiga adquiri-lo! Adorei o contexto que você apresentou!
    Beijos, Lari
    segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Amanda!
    Eu achei muito legal a ideia desse livro. Saber como a fera era antes e o que realmente causou esse feitiço é muito bom, pois deixa a história mais transparente e conhecemos todos os fatos que envolvem a história. A capa do livro está linda mostrando a face da fera e do príncipe.Quero muito ler esse livro.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Amanda, acho a capa do livro um pouco infantil, mas ainda assim, morro de curiosidade para ler o livro e entender sua história. Achei bem interessante você mencionar na resenha sobre ele ter merecido o que aconteceu e isso me deixou ainda mais curiosa.
    Amei a resenha
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Então, adoro releituras de contos de fadas e por isso tenho muita vontade de lê esse. Também acho a capa legal. A sua resenha me deixou bem intrigada com a leitura, espero pode conferir a obra em breve haha

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros assim e esse é indispensável para mim, pelo visto. Sem dúvidas é interessante acompanhar o outro lado da história contado pela Fera e quero saber por que ele mereceu o que aconteceu. Espero ler em breve, sua resenha está ótima!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Tudo numa boa?
    Eu adoro clássicos esses contos de fadas que me acompanharam durante a infância continuam até hoje sendo minhas leituras preferidas adoro quando eles ganham uma nova roupagem e são pouco modificados pode parecer desnecessário mais quem nunca imaginou o que a fera estava pensando? Eu sim saber um pouco mais sobre essa historia é muito legal.
    Eu ainda não fiz a leitura já o tenho aqui em casa e vou esperar o final de semana e lê-lo com calma.
    Adorei a resenha
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  10. Olá Amanda,
    No domingo quase comprei esse livro, mas desisti na hora em que estava no caixa. O príncipe nunca foi bom, pelo que notei e eu estava vendo essa transformação das bruxas como algo positivo, mas entendo essa questão de que as bruxas não querem que ele encontre a redenção. Particularmente, a obra meio que perdeu o brilho pra mim, pois, sou da mesma opinião que você, uma pessoa não precisa de outra para mudar.
    Vou deixar a dica em stand by.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Estou bastante ansiosa para conferir essa obra, pois sou fã de carteirinha do clássico. É o meu preferido.
    Fico muito feliz em saber que os personagens são bem construídos e fiquei curiosa para saber sobre essa mistura de as bruxas serem maléficas e divertidas na mesma proporção.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Não sei se concordo que alguém mude sozinho, pois, para uma mudança radical acho que tem que ter um amor ou um zelo especial por alguém, pois, ninguém é bom o bastante sozinho. Mas, enfim, isso é questão de opinião, né?
    Sobre o livro, tenho lido umas resenhas negativas, mas, ainda quero conferir a história por se tratar de um conto de fadas que eu verdadeiramente AMO!
    bJÃO

    ResponderExcluir
  13. Hi,
    Adoro os contos de fada e suas releituras e, por isso, já me interessei pelo livro olhando só a capa! E sua resenha me fez querer lê-lo ainda mais!
    OBS: Você não acha que 'A Bela e a Fera' é uma história de relacionamento abusivo não?

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Como você, está história sempre foi o meu conto de fadas preferido. Gostei de saber que a obra tem uma abordagem maior da vida da fera e saber que o Príncipe era amigo do Gaston é uma grande surpresa, pois mesmo no filme da Disney, eu já nutria uma antipatia por esse segundo haha. Fiquei interessa pelas bruxas que lançam o feitiço e um pouco insatisfeita em saber que, mesmo vendo que ele busca redenção, elas fazem de tudo para atrapalhar. Bela realmente é uma moça diferente na trama e o fato dela amar livros, realmente nos aproxima da personagem não é? Com certeza vou investir nesse livro, para complementar minhas leituras sobre o clássico. Adorei sua resenha, muito esclarecedora.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  15. OI!!


    TUdo bem?
    Achei a estória muito interessante, o autor foi bem criativo ao dar essa nova roupagem para estória, com um olhar totalmente diferente e retratando aspectos únicos na estória da Fera. Sempre achei o príncipe arrogante e creio que o desenho animado retrata bem essa visão, ao se tratar das bruxas é diferente ter quatro, nada que impeça a leitura.Entretanto sempre imaginei que o motivo fosse genuíno para a transformação física do príncipe, tendo como meta a mudança temperamental de ícone da realeza, mas apenas uma é dotada de bons sentimento. ENfim, me vejo lendo essa "roupagem", obrigada pela dica. Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Oi, flor.

    Eu nunca li A Bela e A Fera, mas agora fiquei curiosa com a história. Eu nunca me interessei por esse conto de fada, mas fiquei com uma super vontade de ler. Não sabia que o príncipe era egocêntrico :/ Também concordo que para uma pessoa mudar não necessita de outra, pois isso pode ser muito perigoso. Também achei bem bonito a diagramação da capa e quero muito muito ler. Amei sua resenha!

    Beijos!
    http://www.anebee.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Um dos meus contos de fadas favoritos sempre foi o da Bela e a Fera, por isso achei interessante um livro que mostre seu passado, a maldição que sofreu e sua personalidade egoísta, para que possamos compreender até melhor o conto e suas atitudes, espero um livro fluido e que me faça amar o vilão que amo tanto, a edição está linda, em breve já estarei lendo

    ResponderExcluir
  18. Oie!!!!
    Uau!....nunca havia pensado no lado dos principes ou deste caso da Fera, que eu nem me ligava que era um príncipe. E este livro não só explora isso, mas todo o antes de uma das histórias que eu mais amo!
    Agradeço a indicação! Tenho que ler!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  19. Uma releitura de "A Bela e a Fera" contando sobre o príncipe antes de virar a fera? Esta aí algo que nunca imaginei sendo publicado até agora.
    Falando sobre isso que te incomodou, acho que as nossas relações constroem muito do nosso caráter e personalidade e muitas vezes é preciso um empurrãozinho para seguir em frente depois de situações tão complicadas. Claro que é a minha opinião, lógico.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi Amanda, tudo bem?
    Uau eu não fazia ideia do que se tratava esse livro e sabendo que é pelo ponto de vista da Fera me deixa mais animada, eu sou suspeita de falar pois AMO o conto da Bela e a Fera, e ver que existe uma obra que fale do outro ponto de vista já me anima muito. Com certeza lerei em breve. ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir