15 agosto 2016

Resenha - The Game




Você quer jogar? É só um jogo. Isso é o que pensa Henrik “HP” Peterson, protagonista da Trilogia The Game, ao aceitar um convite anônimo, via celular, para participar de missões inusitadas pelas ruas de Estocolmo. Mas a cada tarefa cumprida, e devidamente compartilhada na rede, ele tem a sensação de que a brincadeira está ficando séria demais. Será paranoia? Ou será que HP está realmente caindo numa poderosa rede de intrigas, com conexões que poderiam chegar aos responsáveis pelo assassinato do primeiro ministro sueco em 1986 ou até mesmo aos ataques do 11 de setembro? Quem afinal está por trás desse JOGO? Você tem coragem de investigar?
Então você precisa ler [O Jogo], primeiro livro da Trilogia The Game, de Anders de la Motte. Uma saga eletrizante que combina a escola sueca de suspense (vide Stieg Larsson) com o vazamento de informações no mundo pós Edward Snowden. Anders de la Motte é um ex-policial e diretor de segurança de informação de uma das maiores companhias de TI do mundo. Está desenvolvendo uma série para a TV americana com o produtor executivo de Homeland e 24 Horas. Um thriller dos tempos de hoje, onde tudo o que acontece numa tela touchscreen já não pode mais ser considerado virtual.

Livro: The Game - Volume #1
272 páginas || Skoob || Editora: DarkSide || Onde Comprar








O livro de hoje é da editora DarkSide e muitos tem falado muito bem dele, então como sou extremamente curiosa, fui dar uma conferida para falar a minha opinião pra vocês. Vamos lá?

Henrik Petterson (HP) tem uma vida totalmente desregrada e sem limites, ele não tem alvos e simplesmente leva a vida com empregos na média, o que chamamos de "bicos". Usa drogas, bebe e vai a mais festas do que pode contar e sempre acompanhado por alguma mulher. Mas tudo muda quando HP encontra um celular com uma mensagem que muda o rumo de tudo.


VOCÊ QUER JOGAR?

SIM x NÃO


No começo ele acha que é engano e decide colocar a segunda opção. Até que a mensagem volta a aparecer e com o nome dele no final, ele acha que é tudo uma brincadeira e levado pela curiosidade decide fazer parte daquela brincadeira. Mas nessa ''brincadeira'' as coisas são levadas bem a sério, pois no começo são bem tranquilas, algumas pegadinhas, mas nada demais, mas a medida que você vai realizando as tarefas, tudo vai se complicando e ficando ainda mais perigoso.

Então, ao mesmo tempo que conhecemos HP, Também conhecemos Rebecca Normém, uma Guarda-costas recém promovida que vive em meio ao mundo masculino e machista. Rebecca é coberta por segredos até que as tarefas de HP acabam evoluindo para um nível maior e ele acaba sendo desafiado a jogar uma pedra de um viaduto. O que HP não sabia é que a pedra iria acertar um carro de policia, que coincidentemente estaria a Rebecca.

Logo ele fica confuso e nervoso por quase matar Rebecca e assim acaba quebrando uma das regras do jogo que é não contar sobre o jogo a ninguém. Logo, HP é expulso do jogo. Ele fica bravo e decide investigar esse ''JOGO''  junto com seu amigo, Manga, um gênio da informática. Assim eles acabam descobrindo que na verdade o jogo não é tão inofensivo como eles pensavam, que pode conter informações que ninguém nunca descobrirá.

" Entre milhares de outros vagabundos, O Jogo o havia selecionado especificamente. Todos haviam visto seu potencial, avaliaram seus talentos e o colocaram em ação."

O livro é narrado na perspectiva de duas pessoas, mas sempre em terceira pessoa. Então em um capitulo vemos pelos olhos do HP e também da Rebecca, mas o ruim é que sempre que está para entrar em algo interessante na história, o capitulo muda mostrando a visão do outro personagem e é aí que você fica naquela agonia esperando chegar o próximo capitulo para saber o que aconteceu - confesso que pulei algumas partes só para descobrir o que iria acontecer logo - .


A história é focada nos dias de hoje, então tem muitas referências a filmes, músicas e até ao fastfood e aplicativos que temos hoje em dia. Anders de La Montte faz uma critica clara ao que estamos vivendo hoje, jovens que não estão interessados em nada além da telinha do celular. Além disso ainda somos puxados para a temática das conspirações e sociedades secretas, o que é obviamente um prato cheio para o gênero do suspense.

Muitas vezes fui surpreendida, as vezes ficava até brava porquê pensava estar fazendo papel de boba por achar várias coisas e no final não ser nenhuma delas.

A Narrativa do autor é bem eletrizante e fluida, quando você começa a ler você não quer mais parar até ler tudo.Uma das coisas que deixa tudo mais interessante é o conhecimento sobre tecnologia e informações, então o livro fica bem mais intrigante. Os capítulos são pequenos e ficam o tempo todo alternando entre os personagens.

Quantos aos personagens, todos foram muito bem desenvolvidos para a história. HP faz jus aquilo que é prometido, ele tem pensamentos tão idiotas e insanos, mas que são na dosagem certa para o livro. Quanto a Rebecca, ela é uma personagem que nos deixa no mínimo intrigados. Tanto por conta de seu passado, quanto pela sua vontade de tentar esconder tudo e nos deixando curiosos e com a mente fértil pra imaginar o que ela guarda.


A Editora DarkSide mais uma vez mostrou sua excelência através do capricho e do cuidado com o exemplar físico, a capa dura, as folhas de rosto contendo ilustrações, pois tudo é feito de maneira impecável e consegue encher os olhos dos leitores mais aficionados por edições de luxo. Gostei bastante do livro, apesar de não ser muito chegada ao gênero de suspense, sou muito ansiosa e na maioria das vezes costumo até a pular paginas para saber logo o que acontece, mas essa foi uma leitura maravilhosa - pulei algumas partes sim e também fiquei muito ansiosa, mas a gente supera.- 

Adorei e recomendo a todos que são fãs de suspense misturado com a realidade e um humor ácido sensacional. E para aqueles que amaram o livro, posso falar pra se animarem porquê todos os livros já foram lançados, tanto que o terceiro e ultimo livro é lançamento.

22 comentários:

  1. Olá
    eu não conhecia esse livro, mas só por ser da Darkside meus olhos já brilharam de emoção rs A edição deve ser íncrivel, sem contar que a premissa parece ser ótima. Suas impressões me deixaram bem motivada mesmo!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Giovanna,
    Eu ainda não tive a oportunidade de fazer essa leitura, mas conheço o livro.
    Acho a capa bonita e a premissa bem interessante, mas esse é um dos livros da Darkside que menos despertam o meu interesse, mas ainda assim faria essa leitura pra tecer melhores impressões, gostei de ter um pouco do seu ponto de vista em relação a estória, isso despertou um pouco mais a minha curiosidade pela leitura.
    Beijos
    Conversas de Alcova ♥

    ResponderExcluir
  3. Adoro suspense e tô interessada nesse livro há um tempo. Já sabia que é um tipo de leitura que me agradaria assim que li a sua sinopse. E graças a Deus todos os livros já foram lançados pela amada Darkside, o que seria da nossa vidinha sem essa editora maravilhosa? Nadinha.
    Beijos!

    Amanda, colaboradora do blog DLDS.

    ResponderExcluir
  4. Olá Gio,
    Ainda não conhecia o livro, mas fiquei super curiosa com a história, e por ser ambientada nos dias atuais, aproxima ainda mais o leitor com a história, facilitando o envolvimento com o enredo. Amei saber também que ele é capa dura. Amo! Adorei a dica é já foi anotada.
    Bim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  5. A capa do livro não me conquistou a principio, mas as fotos que você fez do interior do exemplar me deixaram bem curiosa, porque eu valorizo quando a editora capricha nas edições. Mas se tratando de Darside, é bem comum vermos esse diferencial em seus livros. Faz tempo que não leio um bom suspense e acho que esse aqui, vai me agradar muito.
    Valeu pela dica
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Gi, gente do céu eu ainda não conhecia esse livro mas com sua resenha tenhona certeza de que preciso ler ele imediatamente. Fiquei muito, mais muito curiosa para saber quem está por trás desses jogos e a verdadeira motivação deles. Amo suspense e tenho certeza que ficaria que bem você agoniada para descobrir os segredos do livro.
    Ótima resenha.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Já havia visto este livro antes e não sabia que se tratava de uma história tão impactante. Gosto muito de suspense e já estou curiosa para saber todas as reviravoltas na vida do protagonista. A darkside realmente faz um excelente trabalho com a capa e diagramação e isso me anima ainda mais a comprar o livro. Diferente de você eu gosto de apreciar cada detalhe, antes das grande revelação em livros desse gênero, não pularia páginas, pelo contrário ia absorver cada detalhe, mas é difícil segurar a ansiedade mesmo haha.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  8. Ola Gi a premissa do livro em si não chamou minha atenção, mas toda edição da Editora merece estar em nossa estante tamanho carinho e dedicação aos livros, quem sabe em outro momento eu leia. beijos

    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Giovanna,
    Lembro que quando a DarkSide lançou esse livro não fiquei curiosa em relação a leitura e continuo sem vontade de ler. Achei sua resenha muito bem escrita e dá para ver que o livro te agradou e que a história até é um pouco interessante, mas, ainda assim, não me sinto convencida. Já vi a edição e ela está linda, como praticamente todas as edições da DarkSide.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi Giovanna, tudo bem?
    É a primeira vez que ouço falar do livro e pela sua resenha achei ele bem interessante. Adoro histórias que abordem assuntos como jogos perigosos e com uma boa pegada de mistério, então com certeza o livro iria me agradar. Provavelmente eu ficaria o tempo todo com você, apostando o que vai acontecer e acabar me enganando, mas me divirto bastante com leituras desse gênero então espero ler um dia.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Gente, que instigante.
    Eu ainda não tinha visto o livro e já me interessei por essa proposta super inusitada que ele traz. Adorei conhecer e fiquei com uma baita vontade de ler. Tenho um livro chamado Fim do Jogo e me lembrei bastante dele, não é muito parecido não mas o foco principal é semelhante e como gostei muito de Fim do Jogo, é provável que eu goste ainda maisd esse pois parece ser muito melhor elaborado.

    ResponderExcluir
  12. Oiee Giovanna ^^
    Minha irmã comprou este livro na última Black Friday, mas ninguém aqui em casa chegou a lê-lo...haha' Não sei se é por que o livro faz parte de uma série, ou se precisávamos de um incentivo. Bom, eu não sou muito fã de suspense, mas até leio alguns livros que tenham suspense de vez em quando...haha' é que histórias com muito suspense ou mistério me deixam tensa demais *-* Fico feliz em saber que você gostou do livro, me animou para ler também... Só preciso de um tempinho agora...hehe'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  13. Pulou páginas? Menina, como vc consegue? E se você pulou uma arte importante? hhahahahhahah'
    Não curto essa capa e HP, pra mim, sempre será Harry Potter! hahahahaha
    Eu gosto de narrativas eletrizantes e até curto ser enganada. Gosto de errar a teoria, de ser surpreendida, sabe?
    Acho que faria essa leitura sim, não agora, mas um dia!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    A editora DarkSide sempre arrasa com seus exemplares ricos em detalhes.
    As vezes costumo pular alguns parágrafos quando está em uma parte super empolgante e de repente começa a enrolar um pouco para dar continuidade aos acontecimentos, mas páginas nunca consegui.
    Embora tenha gostado bastante de sua resenha, pelo fato de não ser o meu gênero favorito, não sei se leria o livro.

    Olá,
    Já ouvi falar muito bem de ambos os livros da série, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Acho muito interessante a mescla de personalidades que podemos encontrar na trama e acredito que isso prenda bastante a atenção do leitor.
    Gosto muito quando a diagramação está impecável e o fato de a editora ter mantido a capa original é bem legal, pois as achei lindas. Adorei a resenha e ela me deixou com mais vontade de conhecer a obra do que já tinha antes.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Os livros da DarkSide são sempre muito bem falados, mas ainda não tive oportunidade de conferir nenhuma obra do catálogo da editora. Esse parece ser ótimo e adorei ver sua opinião, o autor com certeza deve ter uma escrita ótima para um livro com uma proposta bem intrigante e diferente como essa. Sua resenha me deixou super curiosa para ler!
    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  17. Olá...
    A Darkside vem inovando e caprichando cada vez mais em seus exemplares, infelizmente, ainda não tive oportunidade de ler algum exemplar deles, mas, pelo que vejo com meus amigos e pela blogosfera vejo que a editora tem tudo pra crescer cada vez mais.
    Sobre o livro resenhado, achei a premissa muito atrativa e é exatamente o que precisava ler no momento...
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  18. Olá, também não sou muito fã de suspense, mas os que li (Caixa de pássaros e A garota no trem eu gostei). Essa edição é realmente linda e faz qualquer um, fã de suspense ou não, querer ter na sua coleção. É um livro que quero ler um dia, mas não é prioridade sabe? Gostei muito da sua resenha, acho legal que você tenha se envolvido assim na leitura e conseguido despertar sentimentos durante a experiência.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Essa série está nos meus desejados faz tempo, quero muito ler! Eu gostei da premissa, mas já me deu agonia esse negócio de mudarem a narrativa bem quando chega numa parte boa, confesso que sou dessas que dá uma espiada também, hahahaha.
    A edição da editora está linda, como sempre. Eu babo nos livros da DarkSide, minha coleção já está ficando grande aqui na estante. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, essa série foi uma que me deu muita vontade de ler, mas que quando eu comecei a realmente fazê-lo eu não consegui ficar presa na história... Não sei se no momento eu não estava inspirada, porque eu estava repleta de leituras para ler, ou se eu estava em uma ressaca pesada literária... Mas vendo sua opinião me deu vontade de ler novamente, então acho que darei uma segunda chance, mas queria dizer que realmente você soube descrever essa obra cheia de mistério e com um "q" de diferente de uma forma incrível! Parabéns.
    Um beijo
    www.brookeebells.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Giovana,
    estou doida pra ler esse livro, a premissa e bem parecida com a de Nerve, que será lançado esse mês juntamente com sua adaptação e que estou igualmente ansiosa pela leitura, achei a proposta muito interessante... Como covarde que sou jamais teria aceitado participar de um jogo como esse e por isso já prevejo meus nervos a flor da pele quando eu finalmente conseguir ler.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  22. Oi Giovana!

    Você disse que tem muita gente falando desse livro e eu aqui, da minha caverna, ainda não tinha ouvido falar dele. hahaha
    Bem, vamos começar por essa diagramação que eu tenho certeza que está maravilhosa, pois a Darkside é um luxo que só.
    Quanto a esse personagem, o HP, fiquei doida para conhecê-lo. Adoro personagens que são o extremo oposto de mim, pois assim posso experimentar situações que jamais me atreveria viver por conta própria. Que loucura é esse jogo, hein?! Ficou doida quando você disse que o jogo não é tão inofensivo assim e esconde segredos. Pronto, já me encontro curiosa demais para não ler o livro.

    Obrigada pela dica e parabéns pela resenha incrível.
    Abraço. Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir