13 julho 2016

Resenha - Querer Amar




Quem nunca sentiu o poder do olhar? Que preenche o nosso ser de uma intensa e borbulhante emoção e faz o coração acelerar atribuindo um sentido maior? Será que tais sentimentos podem ser controlados quando aparecem? Porém, nem sempre isto acontece de forma esperada e no momento correto.
Lize acredita estar desfrutando o melhor de sua vida. Sucesso profissional e pessoal. Está noiva de Thomas, um homem maravilhoso que a ama muito. Tudo estava perfeito. Como sempre sonhara... Até conhecer Richer, o irmão de seu futuro marido. Seus olhares se cruzam... Uma magia acontece e os prendem no tempo por alguns instantes... Unindo-os em uma força estranha.
Temerosos de suas reações, Lize e Richer criam um escudo contra o novo sentimento. Entretanto, o destino coloca-os à prova do amor. Até quando o desejo de querer amar é ignorado?


Livro: Querer Amar
208 páginas || Skoob || Cortesia: Novo Século || Onde Comprar







Lize está em sua festa de noivado quando um misterioso homem entra. É impossível não notar o quanto ele é lindo e ainda mais com a conexão que sentiu ao olhá-lo. Até descobrir que ele é na verdade Richter, irmão mais velho de seu noivo Thomas. Richer é capitão do exército e acaba de ser transferido para cidade onde sua família vive e ao se deparar com Lize, seu coração bate mais forte.

"Quando seus olhares se encontraram, ambos ficaram presos em uma atração mágica, completamente hipnotizados." Página 17.

A conexão que sentem é forte e perigosa. Thomas é tudo que Lize sempre sonhou, totalmente oposto ao capitão rude e grosso. Mas Richer mexeu com ela de uma maneira que nenhum outro homem jamais mexeu. Cada dia que passam juntos fica visível que será impossível negar essa paixão que cresce desenfreada. Como viver esse amor, quando está noiva de Thomas? Isso pode destruir a relação que Richer tem com a família. Mas quando o amor chega, ele não pede licença, Richer e Lize sentem isso na pele.



[ - Minhas Impressões -]

Eu amo um bom romance e tudo nesse livro me atraiu, principalmente essa capa maravilhosa. Então foi bem decepcionante o livro não atingir minhas expectativas. Algumas coisas ao decorrer da estória me incomodaram e isso fez com que as pouquíssimas 208 páginas se torna sem muitas.


Querer Amar é narrado em terceira pessoa mostrando as visões de Lize e Richer ao decorrer da estória. Esse foi um dos fatores que mais me incomodaram. Geralmente a escrita em terceira pessoa é rica em detalhes e descrições, mas aqui as coisas foram corridas e pouco detalhadas. Vou dar um exemplo. Uma cena no qual o personagem está no carro ele milagrosamente é transportado para dentro do seu quarto em questão de quatro palavras. Creio eu, que a narrativa em primeira pessoa teria funcionado muito mais, pois coisas que ficaram vagas teria feito mais sentido em outra narrativa.

Lize tem 28 anos, é médica e ama muito sua profissão. Conheceu Thomas em serviço e por muita insistência dele acabaram namorando e por fim,  terminaram no noivado. Ela sabe que o ama, mas não da maneira com o qual ele merecia. Apesar da idade dela, em vários momentos dava a impressão de ser uma menina de 16 anos e isso acabou por me irritar, mas em contrapartida o amor e a dedicação que ela sente pela sua profissão foi louvável. Ela fez, e faz, tudo que pode para seguir com seus sonhos e nisso percebi a mulher guerreira que é.

Já Richer não me conquistou. Ele é todo grosso e rude há todo momento. Pareceu uma criança birrenta querendo um doce que não podia ter quando era contrariado. Ele se martirizava sempre por estar se apaixonando pela noiva do irmão, isso que ele nem se quer fez nada para desrespeitá-lo. Senti que faltou um pouco mais de amadurecimento no personagem, ele é muito inconstante e precipitado, e sua melhor defesa é ser rude com as pessoas.

Gostei que a autora não fez com que os personagens de fato, traíssem o noivo de Lize. Eles não tiveram nenhum envolvimento enquanto ela era comprometida. Eu teria ficado muito indignada se tivesse acontecido de outra forma, assim mostrou que ambos são pessoas de caráter.

"De repente, abraço-a fortemente. escondendo seu olhar de paixão e desejo sobre a cabeça dela. "Estou apaixonado pela noiva do meu irmão!", desesperou-se Richer, fechando as pálpebras."

Thomas, noivo de Lize, foi me decepcionando aos poucos. Comecei morrendo de amores por ele e terminei achando que ele merecia tudo que lhe aconteceu. Ele tem um pensamento bem arcaico em relação a como sua esposa deve ser. Lize ama a medicina e por isso trabalha bastante em turnos doidos, mas ele se incomoda por ela preferir a profissão a ele, e isso fica bem evidente quando ele da um ultimato a ela. Fiquei perplexa, eu jamais desistiria de um sonho por um homem, e isso mostra que ele não respeita.

No meio de toda essa bagunça, por incrível que pareça, Lize e Richer tem uma senhora química, porque as melhores cenas de fato são as as que eles realmente estão juntos e mesmo sem se tocarem é palpável a tensão e desejo que sentem.

Isolados não tiveram um bom propósito, mas juntos fez toda a estória fazer sentindo. Para mim foi o ponto alto da leitura.

A parte física do livro deixou a desejar em alguns pontos, como o fato das folhas serem um tanto quanto transparentes e finas. As letras são bem grandes, bem mais do que o habitual em livros, porém deixou a leitura ligeira. Mas com toda certeza a capa supera em tudo. Como disse antes, esse livro me ganhou pela capa e não é por menos, essa arte é linda e entrou para as mais bonitas das minha estante.

No geral o livro é razoável. Trás algumas inconstâncias que podem desagradar aos românticos de plantão, mas mostra que o amor supera tudo. É difícil encontrarmos o amor, e Lize e Richer tiveram o azar de ter tantas coisas impedindo, princialmente questões morais. Mesmo com as coisas que me desagradaram quando cheguei ao final da leitura eu simplesmente não consegui deixar de sorrir, é um final bonito e faz com que a leitura tenha valido realmente a pena. Recomendo o livro para aqueles que procuram algo despretensioso, pois ele não é profundo ou trás grandes lições, mas com toda certeza é gostosinho de se ler.

25 comentários:

  1. Adoro livros de romance, mas não gosto quando é muito clichê ou previsível, como esse parece :/

    É uma pena, porque essa capa é simplesmente maravilhosa, to apaixonada por ela <3

    Bjs!
    www.escritoriando.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Que capa mais linda, e a premissa parece ser ótima também. Pelos seus comentários, compreendi que é melhor não ter muitas expectativas sobre essa leitura, ainda mais por não trazer nada muito profundo, mas eu leria pelo fato de apresentar uma história mais despretendiosa, porque as vezes, nós leitores, precisamos ler algo mais leve. Adorei sua resenha <3

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi!

    Vamos começar por essa capa linda. Com certeza ela chama muito a atenção de qualquer leitor, gostei demais.
    Eu esperava uma história mais trabalha quando li a sinopse, momento este que em agradeci por não estar na pele de Lize ou Richer. Imagina se apaixonar pelo irmão do noivo? Eu enlouqueceria.

    Bem, seus comentários me fizeram perceber que o livro poderia ser melhor, certo? E que o aproveitamento do enrendo também poderia ter sido maior, mas de qualquer forma, a leitura foi proveitosa, né?

    Bem, obrigada pela indicação e pelas ressalvas.
    Abraço, Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Achei a capa do livro linda, e como venho não criando expectativas com nenhum livro, eu leria esse livro fácil, fácil. Estou um pouco sensível com minhas leituras, nem tudo estou conseguindo ler, e como esse livro é leve, tenho quase a certeza que leria rapidamente!

    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ual, que boazinha você foi na sua avaliação! Não li esse livro mas por sua resenha, que está super legal, já digo que nem lerei. E se eu tivesse lido minha nota seria bem mais baixa hehe.
    Esse tema já está muito clichê mesmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. O dizer das fotos divas que você fez pra ornamentar a resenha???? Compraria o livro só por causa deste capricho!!!
    Mas acho que teria uma senhora decepção porque as coisas que te incomodaram na narrativa, incomodariam a mim também, como por exemplo, a voz narrativa em terceira pessoa e poucos detalhes.
    Anotei a dica, mas não pretendo ler em breve. Talvez mais pra frente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Stéfani,
    Achei essa capa linda, mas não gostei de algumas coisas. Veja, acho que a história é bacana e tem alguns pontos legais, mas não achei legal os personagens funcionarem apenas juntos, sabe? Acho que os personagens tem que funcionar isoladamente.
    Mas, apesar desses pontos negativos, esse é aquele tipo de livro que dá gosto insistir, pois te agrada no final.
    Adorei a resenha e as fotos e anotei a dica.
    Beijos,

    Assessoria em gestão comercial ou industrial; serviços de marketing; gestão de negócios; administração de negócios

    ResponderExcluir
  8. Personagens com essa características não me agrada, apesar de ter gostado de certa forma do enredo, a parte em que vc descreve que o livro faltou detalhes me desanimou, pois o que prezo em uma leitura é aforma que é narrada.

    ResponderExcluir
  9. Oiii Teh....
    Mas que decepcionante, quando vi a capa e li a sinopse eu já criei grandes expectativas, mas depois da sua resenha, aff agora fiquei triste, e sempre bom um romance gostoso, mas esse parece mais uma escapada, o noivo e um fdp que quer se por acima de tudo e o irmão e um grosso, bom se eu fosse ela eu largava os dois e corria pra bem longe o mais rápido possível kkk também acho que uma escrita em terceira pessoa e mais agradável por conter mais detalhes e acho que se for do jeito que você disse então tinha é mesmo que ter sido escrito em primeira pessoa para não confundir a mente dos leitores... bom gostei da sua resenha, bem explicativa, pelo menos não vou me decepcionar indo com muita sede ao pote kk
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Stefani! Eu estava namorando essa capa faz tempo, ela realmente é muito linda e compraria o livro só por causa dela (sou dessas! rsrsr). Mas, nossa, sua resenha me abriu os olhos, e diante de vários pontos acho que a leitura não me cativaria. No entanto, só posso formar uma opinião completa depois de ler. Ainda continuo desejando conhecer a história, mas já sei que não posso ir com muita fome ao pote, é melhor diminuir as expectativas do que se decepcionar. Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Dai | Blog Virando a Página

    ResponderExcluir
  11. oie stefani, que bom que o final acabou valendo a pena apesar de tantos problemas no decorrer da trama. Acho que eu me sentiria atraída pelo capitão rude, mas apenas isso, ah e me sentiria admirada pela profissão de médica da protagonista, mas certamente as personalidades deles principalmente a dela de agir como uma menininha me pertubariam, e também a falta de detalhes na narração também seria um empecilho. Acho que eu não daria uma chance para o livro.

    ResponderExcluir
  12. OI Stefani, eu já ia falar sobre a questão de ser feio um livro em que a personagem ama o noivo e logo fica atraída pelo irmão, mas aí você disse que logo em seguida ele dá razão, porque aí pode ter motivos, mas mesmo assim ainda fica algo meio estranho, mesmo ele não sendo traído.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  13. Nossa, a trama parece ser boa e a capa é linda mesmo, pena que tem tantos pontos negativos.
    Não gosto de quando a trama acontece rápido demais, ainda mais, como você disse, sendo na terceira pessoa.
    Essas inconsistências atrapalham muito também. Eu não leria, mas adorei a mensagem que o livro traz, que o amor supera tudo, é verdade!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  14. Oie! Não conhecia a obra, mas, apesar de alguns pontos negativos, fiquei muito curiosa para descobrir como tudo isso será resolvido. Confesso que, na maioria das vezes, tenho aversão a obras onde há qualquer insinuação de traição, mas algo nesse enredo me chamou a atenção, pois é perceptível o quanto eles não queriam praticar essa traição, mesmo o desejo pelo outro sendo forte. Mas a coisa que mais me deixou curiosa foi o seu comentário sobre o noivo talvez merecer tudo o que aconteceu. 'o' A edição interna da obra parece ser meio estranha mesmo, pelo que vi através das fotografias, mas amei o trabalho feio na capa. *-*

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  15. Olá. Confesso que fiquei muito interessado pelo livro. Parece ter um enredo muito bom. Além de ser romance com pegada clichê que eu amo. Esse livro até me pareceu um pouco com outro livro que li da autora nacional Iasmine, chamado Reflexo. Ele segue essa mesma linha.

    Literatura News

    ResponderExcluir
  16. Oie Stefani!!!
    Assim como você, também adoro um bom romance. Na verdade estou até tentando ler outras coisas kkk, para não ficar muito massante. Ainda não conhecia o livro em questão, mas achei a capa lindíssima! Apesar das suas ressalvas, fiquei bem curiosa com a história. Fiquei sim, muito interessada em lê-lo. ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Stefani,
    Uma boa dica de romance para passar a tarde hehehe
    Mas confesso que não me animei muito lendo a sua opinião, prefiro histórias mais intensas mesmo. :)
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Que livro decepcionante, normalmente livros com menos de 300 páginas são bem fluidos, mas pelo que percebo o livro é bem cansativo, concordo completamente que em alguns casos o autor deve optar pela narrativa em 1° pessoa, assim me envolvo mais com o personagem, é um romance bem mais ou menos, que eu não me indico, já que até a personalidade dos personagens chateia o leitor

    ResponderExcluir
  19. Olá!! Gostei da resenha...Passou todo o contexto da história. Eu amo romances clich

    ResponderExcluir
  20. Olá! Parabéns pela resenha...Amo romances e ainda mais esses cliches, mas esse não me chamou a atenção, seja pela forma que construiu os personagens, como voce disse, amei o blog. Bjinhos. :*

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Confesso que de cara não fiquei animada com esse livro, a premissa dele não chamou a minha atenção e então fui lendo seus comentários negativos e desanimando mais ainda. Eu não gosto quando a narrativa é muito detalhada, mas acho pior ainda quando é tudo muito rápido como é o caso desse livro. E os personagens não me agradaram, eu iria me irritar muito com Richer kkkk Enfim, gostei bastante da resenha, mas deixo passar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Oi Stéfani, tudo bem?
    Sabe que eu não conhecia esse livro ainda e para ser sincera não chamou minha atenção, não é um livro que eu passaria na frente dos outros para ler. Uma pena que você se decepcionou com o livro, é muito ruim quando esperamos algo bom e não gostamos. Então eu não leria ele ainda, mas talvez um dia daria uma chance, já que gosto de um romance despretensioso.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi Stefani,
    Achei a capa do livro bem bonita, e a sua resenha muito bem escrita, mas infelizmente não me animei em fazer essa leitura. Não sou romântica e até leio livros do gênero e curto, mas não me sinto animada a no momento encarar um triângulo amoroso, ainda mais com dois irmãos, na verdade acho essa premissa até bem batida. Por isso acho que não leria o livro, Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oie!!!
    Assim que vi esta capa pensei: "Que linda!Deve ser um baita romance!".
    Aí li a sinopse e pensei: "Uau que triângulo amoroso complexo!". E fiquei perplexa ao ler sua resenha e perceber que não é nada disso e te entendo por não ter gostado da leitura; eu também teria ficado mega desapontada! :/
    Valeu pea sinceridade!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi Stefani,
    que pena que o livro foi corrido, são raros os autores que conseguem desenvolver uma história completa em poucas páginas, muitas vezes são muitas informações pouco trabalhadas que acabam incomodando. Fiquei um pouco incomodada com a desconstrução que o noivo da protagonista sofreu, está claro que a autora negativou sua personalidade para dar espaço a Richer, sinceramente não sei se leria.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir