11 julho 2016

Resenha - A Caminho do Altar




Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.



Livro: A Caminho do Altar - Os Bridgertons #8
320 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Arqueiro || Onde Comprar



Resenhas Anteriores

Os Bridgertons #1 - O Duque e Eu
Os Bridgertons #2 - O Visconde que me amava
Os Bridgertons #3 - Um Perfeito Cavalheiro
Os Bridgertons #4 - Os Segredos de Colin Bridgerton
Os Bridgertons #5 - Para Sir Phillip, Com amor
Os Bridgertons #6 - O Conde Enfeitiçado
Os Bridgertons #7 - Um Beijo Inesquecível







Gregory sempre foi um romântico incorrigível. Ele acredita no amor, e não é por menos, todos seus sete irmãos estão devidamente casados e muito apaixonados por seus conjugues. Ele sempre acreditou que quando pusesse os olhos na sua futura esposa, teria plena certeza que tinha a encontrado, e foi exatamente isso que aconteceu.

Quando Gregory vai participar de um evento realizado por sua cunhada Kate, ele conhece a jovem Hermione Watson. Ele ficou perdidamente apaixonado no instante em que a viu, e ali, teve a certeza que ela seria sua esposa. Ele e todos os homens que conheciam Hermione. A jovem é dona de uma beleza sem igual, e Luci já perdeu as contas de quantos rapazes já se apaixonaram pela amiga, com Gregory não foi diferente. Ele só não contava que não aconteceria a mesma coisa com ela.

“Era o paraíso. Esqueça os anjos, esqueça São Pedro e harpas brilhantes. O paraíso era uma dança nos braços do seu verdadeiro amor. E quando a pessoa em questão estava a apenas uma semana de se casar com outro, era preciso agarrar o paraíso com força, com ambas as mãos.”

Hermione estava apaixonada pelo funcionário de seu pai, Luci sabia que ela nunca poderia ficar com ele já que isso não seria adequado. Então, Luci resolve ajudar Gregory a fazer com que Hermione se apaixonasse por ele. O que Luci não esperava é que no meio do processo fosse se apaixonar por ele, pois além de estar noiva de outro, pensa a cada dia mais em Gregory e as circunstâncias pegam todos de surpresa, então ela vê que ele também a deseja com a mesma intensidade.



[ - Minhas Impressões - ]

Demorei um certo tempo para poder fazer essa resenha após ter lido. Tenho um apego muito grande com essa série e é bem difícil pra mim simplesmente dizer adeus. Não é somente mais um livro, é o encerramento da minha série favorita e chega até mesmo dar uma dorzinha no meu coração. Ao longo dos oito livros, Julia Quinn passou lições inestimáveis. Mostrou que mulher não é o sexo frágil, que nem todo homem é igual, e que somente com a pessoa amada podemos ser feliz.


Depois de Julia Quinn mostrar inúmeros libertinos que se apaixonam perdidamente e mudam pela amada, somos agraciados pela sensibilidade e o coração imenso de Gregory Bridgerton. Fiquei bem surpresa em ver algo diferente daquilo que a autora já nos mostrava, princialmente por Gregory ser um romântico incorrigível. Ele é tão másculo como os outros, mas vemos uma sutileza louvável em suas atitudes. No mínimo o que se pode dizer, é que ele realmente fez loucuras por amor.

Gregory sempre teve consciência de que um dia se apaixonaria, e não tinha como ser diferente já que todos seus irmãos são casados por amor. Essa ideia faz com que ele confunda atração com amor, o que vemos claramente no decorrer da estória. Ele sempre viu seus irmãos felizes, mas não viu o perrengue que enfrentaram para estar com o parceiro amado. Era como se ele esperasse que tudo fosse perfeito. Gostei muito dele como pessoa, ele luta por aquilo que realmente quer e não mede esforços para ser feliz. Também por ser o mais novo, não é tão próximo dos seus irmãos, já que a diferença de idade é de oito anos entre eles. Sempre foi independente para mostrar que já é um homem evitando ao máximo precisar deles, mas os ama muito e sabe que se precisar todos irão ao seu socorro.

"Ele simplesmente queria que ela fosse dele. Ele queria olhar para ela e saber. Saber que ela carregaria seu nome e teria os seus filhos e olharia apaixonadamente para ele todas as manhãs sobre uma xícara de chocolate quente."

Lucy está noiva há muito tempo. Tudo foi arranjado pelo tio a muito tempo, no qual viveu até ir para escola de garotas. Ela é a melhor amiga de Hermione e sempre foi ofuscada pela beleza extraordinária da amiga, mas nunca se importou. Ela me deu a impressão de ser uma mistura de Kate com Hyacinth, impetuosa e intrometida (risos). Mas o coração que essa menina tem é enorme, se for preciso colocar a sua felicidade de lado para que a outra pessoa seja feliz, assim o faria. Algo que gostei bastante foi o fato dela ter TOC. Teve vários momentos em que demostrava ser perfeccionista em planejar as coisas, ou simplesmente arrumar um sapato no chão porque estavam desalinhados, foi bem engraçado até porque na época ninguém entendia que isso era um transtorno.

"...isso é tão ela. Querendo que todos sejam felizes. Experimente este. E se você não gostar, tente este aqui ou este ou este ou este outro aqui. E se não funcionar, fique com o meu.”

Os personagens secundários fica por conta de Hermione e alguns membros da família Bridgerton. Hermione tem os mesmo pensamentos que Gregory sobre o amor, mas no seu caso foi "amor a primeira vista" com o secretário de seu pai. Achei ela muito indecisa e imatura. Ela acha que ama certas pessoas, mas um olhar diferente vindo de outro cara faz com que ela estremeça. Em contrapartida é uma amiga extraordinária e faria de tudo por Lucy.

A aparição da família Bridgerton, ou melhor, a não aparição foi minha grande decepção e razão de ter tirado uma estrela.

Somente Kate, Anthony, Colin, Hyacinth e Violet aparecem. Como metade do livro se passa na casa de Kate, ela é a que mais tem interação com os personagens. Na minha cabeça eu imaginava que por ser o último livro da série teríamos uma reunião com todos os membros, mostrando o quanto Violet estava feliz por ter finalmente casado todos os filhos. Mas isso não acontece, eles aparecem bem de relance, mas em cenas de grande importância que foram cruciais no desfecho de boa parte dos acontecimentos.


“Ela era dele. Eles pertenciam um ao outro. Ela sabia disso. Deus do céu, ela sabia disso.”

Lucy e Gregory formam o casal mais difícil de toda a série. Foi muito complicado os dois estarem juntos já que Lucy estava prestes a se casar. Eles se apaixonam aos poucos já que nenhum esperava que isso acontecesse, mas quando ocorre vemos que terão muitas lutas para enfrentar. Com o decorrer dos fatos eu não sabia o que esperar dos personagens, tudo parecia impossível e somente por Gregory ser um doido, as coisas de certa forma acabaram que dando certo.

“Ele a beijou com tudo o que tinha, com todo seu fôlego, com cada batida de seu coração. Seus lábios encontraram seu rosto, sua testa, suas orelhas, e durante todo o tempo, ele sussurrou seu nome como uma oração. Ele a queria. Ele precisava dela.”

A edição está maravilhosa. A Editora Arqueiro soube muito bem escolher a arte da capa do último livro sendo uma das mais belas de todas. Internamente também está impecável assim como seus antecessores. Algo que achei bem legal é que a narradora em todo começo de capitulo trazia uma fala de algo que os personagens iriam descobrir naquele capítulo, fiquei bem mais curiosa pois isso me deixou apreensiva pra saber do que se tratava.

Eu sei que essa resenha ficou imensa, mas não teria como deixar partes de fora. Os Bridgertos foram uma das melhores séries que já li e vou morrer de saudade dessa família que faz tudo por amor. Achei o encerramento muito satisfatório mas realente queria um pouco mais de interação da família. Por fim... A Caminho ao Altar foi uma leitura maravilhosa que fala de grandes amores e de fazer de tudo para ser feliz. A leitura é muito recomendada, para aqueles que já são fãs da série e também para aqueles que nem ao menos começaram, porque tenho certeza que irão se apaixonar assim como eu me apaixonei.

20 comentários:

  1. Olá
    Julia Quinn é maravilhosa né? Eu tambem já li esse livro e fiquei completamente apaixonada pelo enredo, desenvolvimento e personagens. Para mim, Os Bridgertons também foi uma das melhores séries que eu já li. E assim como você também achei essa conclusão maravilhosa. E como sempre, a edição está linda! Adorei a sua resenha e fico feliz que também tenha curtido a leitura.

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. oi!!

    Ainda não tive a oportunidade de ler essa série, embora ouça falar muito da mesma. Realmente depois de 8 estórias alucinantes deve ser depressivo ver tudo acabar, tudo ter um fim. A editora Arqueiro realmente acertou na escolha, pois muitas blogueiras, assim como você falam maravilhas da mesma, então Lucy e Gregory fecharam com chave de ouro. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oie...
    Adorei sua resenha, acho que nunca li uma tão apaixonada assim ;)
    Infelizmente nunca li nenhum livro da autora, mas, fico impressionada com o sucesso dessa série. Tenho muita curiosidade de ler, pois, já devo ter lido zilhões de comentários bons rsrs...
    A capa está mesmo linda.

    ResponderExcluir
  4. Oi Stefani, tudo bem?
    Eu sou completamente apaixonada pela série dos Bridgertons e estou super ansiosa pra ler A Caminho do Altar.
    Estou só aguardando meu exemplar chegar para que eu possa iniciar essa leitura.
    Ao mesmo tempo que estou ansiosa estou triste pelo encerramento de uma série tão querida.
    Poxa que pena que nem todo os Bridgertons fizeram parte da história, fico triste em saber disso já que acho que a presença de todos em algumas cenas seria perfeito para o encerramento dessa série.
    Espero gostar muito e não me decepcionar com esse último livro.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie, stéfani, adorei essa resenha e acho que ficarei triste também quando essa série acabar. Estou só no terceiro livro mas já estou bem apaixonada. Adorei saber que o gregory é um pouco diferente dos outros, e é bem romântico, mas acho que eu desanimaria também sobre não aparecer toda a família, é o maior problema que eu vejo nessa série, eu gostaria de ver mais reuniões de família. Espero chegar nesse logo, amei os quots.

    ResponderExcluir
  6. Ai, gente, sério que é o último???? Eu ainda não li os livros dessa série mas já amo e sei o quanto é difícil ver o fim de uma série que amamos tanto, mas vendo pelo lado positivo, a série está completa na estante e sempre que bater a saudade já pode reler =D

    Eu gostei da sua resenha, eu acompanhei as anteriores e sei o quanto a série lhe agrada, deu pra sentir a intensidade em suas palavras e eu não vejo a hora de ter uma promo super louca no submarino e ter um mega desconto para a série completa <3

    ResponderExcluir
  7. Este ano lerei Julia Quinn!!!! Isso já está decidido e sacramentado!!! Não é possível que com tantos elogios e enredos que realmente me interessem, eu me mantenha longe disso... Fiquei um pouco perdida em relação aos personagens que você cita, mas e porque não li nada ainda da série, mas ainda assim, pretendo ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Eu ainda não li essa série, mas tenho vontade de conhecer. AMO romances de época, e NUNCA vi criticas negativas! Acho que é muito bom ver que a autora evoluiu e criou uma obra diferente e bem trabalhada.
    Fiquei triste por sua saudade e espero que releia em breve!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá Stéfani,
    Li apenas até o quarto volume e sou extremamente apaixonada por essa série. Acredito que será muito difícil dizer adeus para essa série. Achei muito legal essa diferença no relacionamento entre os dois, pois é bem diferente dos outros livros por Lucy estar noiva. Estou pensando em como a autora lidou com isso e como acontece e acredito que gostarei disso.
    Adorei sua resenha e estou fascinada *-*
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Stefani, tudo bem?

    Que decepção saber que no último livro da série não há uma reunião da família. Nossa, fiquei muito de cara. Como assim?!?!?!?!?! Eu ainda tive pouco contato, quase nenhum com o Gregory, então não o conheço bem. Espero ler e gostar, mesmo já decepcionada com esse fato que citei acima. To bem ansiosa e espero terminar a série logo (ao mesmo tempo que não quero terminar, não quero ficar órfã haha).

    bjs =)

    ResponderExcluir
  11. Hey Stefani! Sua resenha ficou ótima! É mesmo difícil colocar em palavras o quanto gostamos de uma leitura, em especial de uma série tão amada. Eu li apenas os dois primeiros livros até agora, mas já pretendo continuar a leitura esse ano... mas bem aos poucos, pois não quero que acabe. Que pena que a autora não fez uma reunião com toda a família! Com certeza seria maravilhoso. Mas acho que Quinn ainda pode nos surpreender com um conto... Espero!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Durante toda essa resenha, eu percebi o carinho que você tem pela série. Eu só li o primeiro livro até agora, mas fiquei simplesmente apaixonada pela escrita da Julia desde o primeiro parágrafo. Não conheço muito Gregory, mas percebi que ele é bem diferente dos irmãos, acredito que gostarei muito dele. Só fiquei chateada de não ter uma reunião final dos Bridgertons, mas acredito que a Julia soube encerrar a história de uma boa maneira.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    A edição da série é realmente incrível, a coleção reunida na foto ficou realmente muito bonita. Eu sei que é bem complicado se despedir de uma série principalmente uma que se torna a nossa favorita como no seu caso com essa, acabamos criando várias expectativas e é realmente bom quando a conclusão nos satisfaz. Já adicionei a série a minha lista de leitura, tenho curiosidade em saber mais sobre todos os personagens e todos os romances envolvidos na história, além disso, todos elogiam muito a escrita da Julia Quinn, logo eu preciso conhecer em breve.
    Beijos
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  14. Oi Stefani,
    a cada resenha que leio dessa série, sinto uma vontade imensa de me jogar contra a parede, não paro de me perguntar PORQUE NÃO LI ESSES LIVROS AINDA? Mentira, li os três primeiros, e por isso não tenho muita ligação com Gregory que é apenas uma criança onde estou, nem acredito que essa série já acabou e todos estão com suas famílias e eu aqui ainda apaixonada pelo Collin kkkkkk Infelizmente vou ter que adiar a leitura dessa série por mais algum tempo.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Oie, nossa esse é o primeiro enredo diferente que leio da série toda, já que o Gregory já é um romântico nato que não precisa ser mudado.
    Mesmo assim não me interessei muito pelo enredo mas é por causa do meu gosto particular mesmo. Romance de época não me agrada embora eu tenha certeza que para quem gosta do gênero essa série está sendo maravilhosa....bj

    ResponderExcluir
  16. É bem ruim quando chegamos ao fim de um livro que gostamos muito e entendo esse sofrimento que dá dizer adeus. Imagino mesmo como que deve ter sido difícil o romance entre o Gregory e a Lucy, e que bom saber que a autora não correu na paixão entre eles e tudo foi acontecendo naturalmente. Sua resenha ficou ótima!
    http://www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, confesso que sempre escutava falarem sobre essa série e nunca a tinha lido até que peguei Um beijo inesquecível e me apaixonei perdidamente. Logo já fui e adquiri os outros que, infelizmente, ainda não tive tempo para ler! Confesso que essa história chamou e muito minha atenção, quero saber como irá ocorrendo essa paixão e como eles acabarão juntos finalmente se rendendo ao amor que surgirá um pelo outro! Também achava que haveria uma maior aparição da família, mas quem sabe não venha um livro extra apenas para isso, certo? Já estou louca para ler e conhecer a Lucy e o Gregory, espero não demorar para conseguir realizar a leitura!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu tenho os primeiros livros dessa serie em casa e tenho vontade de ler, mas ainda não me rendi kkkkk Bom, esse livro tem uma premissa bem bacana mesmo, achei interessante todo esse romance dos personagens e gosto quando acontece assim, os personagens se apaixonando por quem não imaginavanam. Enfim, imagino que eu seria conquistada facilmente por essa historia, a Lucy parece ser uma personagem ótima, assim como Gregory.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Oi Stefani, tudo bem?
    Todo mundo fala sempre tão bem dessa série que minha vontade em ler vêm aumentando cada vez mais, eu vou correr para conhecer a escrita dessa autora tão bem comentada. Ainda mais por se tratar de um romance de época já me deixa bem suspeita de falar, porque eu amo. Então tenho certeza que irei amar esse livro e a série. Meus parabéns pela resenha, adorei saber que você continua adorando os livros!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  20. Acho que eu já falei isso por aqui em alguma das outras resenhas dos livros... Eu morro de vontade de ler os livros da Julia, mas ainda não li nenhum. Já me disseram que dá para ler fora de ordem, mas mesmo assim eu queria ler a serie certinha sabe? E pensar que são oito livros me deixa com uma certa preguiça de começar....rs
    Que pena que a família não aparece tanto quanto você gostaria. Pensar nisso me deixou achando que fica faltando alguma coisa, mesmo tendo uma história boa e completa acho que seria interessante o último livro ter uma participação maior de todos os personagens. Mesmo assim, não é algo que me faz ter menos vontade de conhecer essa história - e eu espero que deixe a preguiça de lado e embarque logo nesses livros!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir