07 junho 2016

Resenha - Par perfeito





Não está sendo fácil encontrar o homem dos seus sonhos? Pois bem, então pare de sair por aí batendo cabeça, entrando em roubadas homéricas e espatifando a cara a cada encontro. Está mais do que na hora de você procurar uma profissional na curiosa arte de encontrar o par perfeito. Alice Brown, até que provem o contrário, tem o melhor emprego do mundo. Ela é o que antigamente se chamava de casamenteira, uma profissional especializada em encontrar a tão sonhada “outra metade da laranja”, o amor da sua vida, o fogo e a paixão. Alice passa os dias ajudando mulheres a se apaixonar loucamente. Suas clientes, e… ELA TAMBÉM, é claro, estão ansiosas para conhecer um príncipe encantado. O problema é que é muito mais fácil encontrá-los para as clientes. E, por falar nelas, a última que apareceu, Kate, está a exatos 569 dias de fazer 35 anos e há exatos 5 anos atrasada nessa missão de vida. A dificuldade é que seu, digamos, padrão, está fora dos padrões. Desesperada, isso mesmo, desesperada para encontrar aquele gato, lindo, perfeito, romântico, carinhoso, bom de cama, atencioso, gostosão, charmoso, UFFFFFFA, ela sabe que sua última esperança recai sobre Alice. Enquanto isso, a própria Alice está tendo probleminhas para lidar com seu chefe, e problemaços para parar de se apaixonar pelo homem alheio. E se nada der certo? E se ela falhar com Kate? E se, ela mesma, estiver precisando de uma ajudinha profissional?

Livro: Par perfeito
352 páginas || Skoob || Editora:Valentina || OndeComprar








Você já imaginou a ideia de uma agência que forma casais? Essa é a proposta da Mesa para dois, uma das maiores empresas do ramo, que é procurada por Kate quando ela já cansou de encontrar caras errados. Mas é possível que casais surjam quando as próprias casamenteiras ainda não encontraram seus pares perfeitos? Alice Brown é apaixonada por seu trabalho, uma romântica incurável que ainda não encontrou seu príncipe encantado e ainda tem que aguentar Audrey, a chefe que não aceita muito bem seu estilo de vida.

A narrativa acompanha quatro mulheres completamente diferentes, mas que de alguma forma se relacionam com a agência. Audrey, a dona da agência guarda um segredo sobre sua vida pessoal, Alice, a tímida casamenteira, Kate, com o relógio biológico apitando para formar uma família e Lu, sua amiga que está sempre em busca de uma boa noitada. É possível encontrar um relacionamento perfeito? Essa e outras questões são levantadas por Eleanor Prescott nesse chick-lit romântico e divertido.


"Por mais que tentasse se concentrar em números, não podia evitar imaginar o rosto de um homem. Não qualquer homem. O homem. O perfeito para ela. Ainda não o conhecera, mas ele estava lá fora em algum lugar, disso ela tinha certeza."


Alice é uma eterna romântica, que com trinta e poucos anos está solteira, mas continua sonhando com o dia em que vai encontrar o homem de seus sonhos. A inocência que a envolve e sua forma de ver o mundo fazem dela uma casamenteira perfeita e também me fizeram gostar bastante da personagem. Não tem como não torcer para que ela encontre alguém especial e que não precise mudar para se adequar aos padrões.

Kate quer formar uma família e acredita que já passou da época de marcar mil encontros e nenhum dar certo e por isso decidiu procurar a agência. Lou já é completamente diferente, ela não vê sentido em estar presa a alguém e não se cansa de afirmar isso. As duas são opostos e a forma como se contrabalançaram, sem ter vergonha de dizer boas verdades uma para a outra, foi responsável por algumas ótimas cenas do livro.

"Mulheres de trinta e tantos anos, ou mais, eram atraentes precisamente por não serem inocentes; já tinham vivido um pouco. Tinham histórias, opiniões, cicatrizes de guerra e triunfos."

Além das três, os outros personagens também foram bem construídos e com características bem diferentes uns dos outros, apesar de em alguns momentos caírem em clichês comuns do gênero. Os diálogos são muito bem feitos, envolventes e com doses certas de humor, como a narrativa é em terceira pessoa, é através deles que o leitor fica mais próximo da estória. Além das protagonistas, em alguns capítulos, outros personagens também ganham espaço na narrativa, dando uma visão melhor sobre o que está acontecendo.

O ritmo da estória é rápido e os capítulos curtos tornaram a leitura fluida. Como um típico chick-lit, “Par perfeito” é uma estória boa para passar um tempo descontraído, mas também trouxe alguns questionamentos sobre relacionamentos, entre eles a necessidade de encontrar o homem perfeito. Não concordei com algumas atitudes das personagens que passaram em determinadas partes no qual a mulher precisa estar casada para ser feliz, mas isso não tornou a leitura pior, só não é algo que vá seguir ou que diga para alguém fazer.


"Ele está te mandando uma carta de amor, não está? Uma carta de amor em forma de flores."

Outro ponto que chamou minha atenção foi a diagramação da Editora Valentina. A capa chamativa laranja passa uma boa ideia da estória, mas foi o interior que realmente me encantou: o início de cada capítulo tem pequenas ilustrações, diferentes para cada personagem que foi acompanhada. As páginas são amareladas e as letras são confortáveis para a leitura, ainda que um pouco menores do que estou acostumada. Não encontrei erros de revisão.

Livro indicado para todos que procuram uma leitura fofa e divertida!


Resenha postada pela Colaboradora Eve ( Não faz mais parte da Equipe )


25 comentários:

  1. Oi Evelise, tudo bem?
    Eu também já li esse livro e concordo plenamente com seus comentários. Os personagens são muito bem construídos mesmo e também adorei a diagramação da Editora Valentina. É mesmo uma leituda bem divertida.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Essa diagramação é muito lindinha, me anima mais ainda para ler haha
      Beijos!

      Excluir
  2. Que capa mais fofa. Eu ainda não tinha visto esse livro e gostei de ver um pouco sobre ele aqui na tua resenha. Achei uma trama super gostosinha de ler, também não concordo com a mulher ter que estar casada para ser feliz mas se isso não chega a atrapalhar a leitura, não vejo problemas para a trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Realmente, esse foi um ponto que eu não concordei, mas não fez a leitura ser menos divertida :)
      Beijos!

      Excluir
  3. Que capa mais fofa. Eu ainda não tinha visto esse livro e gostei de ver um pouco sobre ele aqui na tua resenha. Achei uma trama super gostosinha de ler, também não concordo com a mulher ter que estar casada para ser feliz mas se isso não chega a atrapalhar a leitura, não vejo problemas para a trama.

    ResponderExcluir
  4. LI este livro ano passado e lendo a sua resenha, me deu uma saudade enorme das personagens que fizeram parte desta história. Existiram sequencias que eu dei tanta risada que me faltou o ar. Como você, também achei a amizade da Kate e da Lou bem equilibrada, mesmo as duas sendo opostas. Adorei a resenha, me deu vontade de ler novamente.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola Eve lindona eu amo click lit estou de olho nesse livro faz tempo, estou com ele só preciso arrumar tempo para ler, gosto da leveza do gênero a capa está linda. Fiquei curiosa com essa agência Mesa para dois nome sugestivo rsss. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Eve
    Adorei ler sua resenha. Deu para sentir o quanto o livro é fofo e divertido.
    Já fico imaginando as situações que os personagens passam. Formar casais não é fácil. kkkkkkk. Adoro esse gênero e já anotei a dica para ler em outra oportunidade.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adoro livros do gênero Chick-lit e esse me chamou muito a atenção por abordar questões como encontrar o cara perfeito, o que provavelmente vai se mostrar no livro que não existe. Adorei a dica e com certeza vou lê-lo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá Eve,
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei bem interessada. Tenho tentado ler mais chick-lits, mas falhado demais nessa ideia rs. Gostei muito da ideia de tentar juntar casais, sempre pensei que existiam pessoas que faziam isso, sabe os típicos cupidos? rs
    Outro ponto que me agradou foram esses questionamentos que levantamos, sabe?
    Anotei a dica e vou ler muito em breve *-*
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. OI Eve, quando vi a capa me lembrou muito os livros da Marian Keyes que tem o mesmo estilo e até o jeito de escrever é assim. Mas é legal que a sinopse seja diferente apesar de ser chick-lit divertido estilo comédia romântica. E o tema é cada vez mais atual já que as mulheres estão sempre buscando um marido ou encontros. É um livro bom quando a gente está com ressaca literária para poder se divertir.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Chick lits não fazem muito a minha estante, não consigo acompanhar o lado cômico dessas histórias um pouco mais forçadas, por isso acabo deixando passar esses livros.
    Mas achei bem interessante a autora questionar algumas coisas sobre relacionamentos e homens perfeitos (apesar de que eu preferia que ela falasse que a mulher não precisa de um homem para viver) e também de ser um livro mais divertido

    ResponderExcluir
  11. Oi, Eve, tudo bem?

    Acho que nunca li nenhuma resenha desse livro. Adorei a proposta. Eu adoro histórias assim, sou a louca das comédias românticas sobre casamento no estilo Noivas em Guerra, então acho que adoraria esse livro.
    As donas da agência cumprem direitinho o ditado que diz "casa de ferreiro espeto de pau", né? hahahahha
    Estou curiosa para saber como vai ser esse desenvolvimento, se todas vão encontrar um companheiro...também sou contra essa coisa de tentarem "impor" que a mulher só pode ser feliz se estiver acompanhada, mas essas histórias geralmente são gostosinhas de ler e eu até relevo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!!

    Eu sempre achei a capa linda! Simples, cor forte, bem a cara dos Chick lit mesmo né?!
    Eu não sou fã do gênero, na verdade li muito pouco dele.
    Amo capítulos curtos, amo diálogos bem feitos, que da aquela veracidade a trama! Parece um ótimo livro! Quem sabe um dia me arrisco mais no chik né!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  13. Olá Eve

    Já tinha visto esse livro mas nunca parei para ver sobre o que se tratava. Poxa o livro parece fantástico é muito bem trabalhado. Adoro quando os autores gastam mais tempo na construção dos personagens, deixa a estória rica e gostosa de se ler. Essa capa me lembra muito os livros da autora Melancia, achei linda mas parece uma identidade das obras dela. Enfim amei suas impressões e espero muito em breve poder ler.

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  14. Oiee Eve ^^
    Já faz um tempinho que estou de olho nesse livro, a capa sempre me deu a impressão de que seria uma história divertida e diferente, e, lendo a sua resenha, percebo que é isso mesmo. Estou doida por um livro assim ♥ Acho que o último chick-lit que eu li foi em março o.O preciso de outro urgentemente...haha' Fico feliz que você tenha gostado da história.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Acabei de ler After, e por ser um livro tão "pesado" no quesito relacionamentos, acho que o que preciso mesmo é de um chick-lit. Adorei a premissa desse e gosto de quando as histórias acabam por se focar em mais do que um personagem e depois as vidas deles vão se relacionando. Fiquei com muita vontade de ler.
    Beijinhos
    Fofocas Literárias

    ResponderExcluir
  16. A diagramação desse livro é linda, e amo a capa, mas as letras são um pouco menores do que o tamanho a que estou acostumada também, e isso dificultou minha leitura, mas não chegou a me atrapalhar. No geral gostei muito desse livro, embora minha opinião tenha mudado algumas vezes dependendo da vida de quem estava em foco no momento... rs... Também não concordo de jeito nenhum com isso de que é preciso estar casada para ser feliz, mas não foi algo que me incomodou de verdade isso aparecer. Curti a leitura e ela me trouxe bons questionamentos.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Olá...
    Mais que livro fofo... ah um tempo atrás eu estaria muito interessada em contratar uma casamenteira kkk agora nem tanto, gostei da resenha e do enredo, vou colocar o livro na minha lista de leitura rs a capa é mesmo chamativa, eu gostei muito...
    Beijocas..
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Parece ser um livro interessante e de leitura rápida, daqueles em que você começa a ler em um sábado e termina no domingo. Achei interessante a ideia da agência para formar casais, mas não sei se funcionaria muito bem na realidade. Acho meio chato também essa coisa de colocarem como se para ser feliz a mulher precisasse de um homem, afinal acredito que antes de ser feliz com alguém, você precisa ser feliz sozinho para ass ser capaz de um dia fazer alguém feliz e também ser feliz com essa pessoa. E claro, existem aquelas pessoas que não querem casar, mas nem por isso elas são infelizes. Gostei bastante da sua resenha e você disse tudo que era essencial.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  19. Oi querida, tudo bem?

    Antes de mais nada, eu preciso dizer que amei demais essa capa. Achei ela super fofa e simpática.
    E sobre a diagramação que foi muito bem citada por você, eu tenho plena certeza de que é de muita qualidade. A Valentina é uma editora incrível e sempre faz um trabalho excelente.

    E sobre esse enredo: achei incrível. Hahaha
    Parece mesmo ser uma história muito criativa e engraçada. Fiquei muito curiosa para saber qual é o segredo da chefe da Alice e saber se a Alice vai ou não encontrar o grande amor. Kkk


    Obrigada pela dica e parabéns pelo trabalho.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  20. O enredo já me encantou logo de cara e essa capa esta adorável, a estória em si é cheia de acontecimentos pelo que percebi, e conhecer cada uma das personagens deve ser engraçado em vista que todas trabalha em algo que não colidi com elas já que as mesmas não tem um relacionamento.

    ResponderExcluir
  21. Eu gosto muito dos livros da Valentina, todos os que já li até agora não me decepcionaram. Ainda não tinha ouvido falar nesse livro, mas fiquei bem curiosa para saber como funcionaria esse "projeto", que por sinal é bem curioso e acredito que renderá boas risadas.

    ResponderExcluir
  22. Acho que vou gostar desse livro, amo livros divertidos, e me identifiquei muito com a resenha, eu cheguei aos trinta então deu para entender o motivo né? Ainda não li nenhum livro da Valentina, mas achei o trabalho editorial desse livro bem bacana, a capa está bem fofa também! Vou anotar a dica, quero uma leitura leve e descontraída! Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  23. Oi Eve, eu estou a procura de uma leitura leve e divertida como essa. Fico feliz em ver que você gostou e que recomenda a obra, ela tem uma proposta bem diverente e contagiante né? Estou louca para conhecer esses personagens! Ótima resenha.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/?m=1

    ResponderExcluir