16 junho 2016

Resenha - Beleza Perdida




Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.
Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.
Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.


Título: Beleza Perdida
 336 páginas || Skoob || Editora: Verus || Onde Comprar









"- Eu adorei os seus - Fern se apressou em dizer, as palavras se derramando como se um dique tivesse se rompido. - Sei que não eram para mim, mas adorei. Você é engraçado. E inteligente. E me fez rir. Até me fez chorar uma vez. Queria que tivessem sido para mim. Por isso fiquei curiosa para saber se você gostou das coisas que eu escrevi. Os olhos dele se suavizaram, atenuando um pouco o olhar tenso e envergonhado que ele exibia desde que vira Fern parada no corredor. - Por que isso importa? - ele perguntou com a voz baixa.Fern se esforçou para encontrar as palavras. E importava, sim. Querendo ou não, ele sabia que tinha sido ela quem escrevera os bilhetes, e, se ele tivesse gostado, significava que gostava dela. Em alguma medida. Não era? - Porque... fui eu que escrevi. E fui sincera. - Ali estava. Suas palavras encheram o corredor vazio, repicando nos armários vazios e no piso de linóleo como uma centena de bolas saltitantes, impossíveis de ignorar ou de evitar. Fern se sentiu nua e fraca, completamente exposta na frente do garoto por quem tinha se apaixonado."

Fern Taylor era uma menina tímida que estava terminando o ensino médio ao lado de seus melhores amigos, Rita e seu também primo, Bailey, e que amava passar o tempo acompanhada por romances que a faziam sonhar e também a faziam escrever outras histórias que gostaria que fossem conhecidas no mundo, até o dia em que seu caminho aproxima com o do lindo Ambrose Young, um garoto por quem Fern sempre foi secretamente apaixonada. Rita, a amiga de Fern se viu atraída por Ambrose e pediu para que Fern escrevesse alguns bilhetes para que Ambrose a visse como alguém inteligente, além de linda, e logo Ambrose também começa a enviar correspondências para Fern, imaginando que ela fosse Rita. A medida que ambos vão colocando seus sentimentos no papel, surge um interesse ainda maior mas logo Ambrose percebe que a autora dos bilhetes tão cheios de sentimentos não é Rita, e quando descobre que a autora verdadeira era Fern, fica com muita raiva da garota.

"O sr. Hildy era um velho veterano do Vietnã, não media as palavras e não tolerava política. Estava assistindo, com os alunos, aos Estados Unidos serem atacados, sem piscar, mas tremia por dentro. Ele sabia, talvez melhor do que ninguém, qual seria o custo. Vidas jovens. A guerra estava a caminho. Não tinha como não estar depois de algo assim. Não tinha como."

Nesse meio tempo acontece uma tragédia que abala todo o mundo: o atentado as torres gêmeas em 11 de setembro de 2001. Ambrose, após ter assistido com todos os seus colegas de turma a queda das torres pela televisão, sente que antes de se estabelecer e fazer faculdade precisa fazer algo a mais por seu país, e então resolve se alistar para a guerra do Iraque e convence seus quatro melhores amigos a irem junto. Deixando uma cidade com os corações batendo forte, com medo do que acontecerá com os cinco garotos, eles partem para a guerra, e alguns para nunca mais voltar.

"- Então o senhor não teria ido se tivesse escolha? - Não. Mas também não mudaria o que aconteceu. As coisas pelas quais eu lutei? Lutaria por elas novamente. Lutaria pela minha família, pela liberdade de dizer o que diabos eu quiser e pelos caras que estavam lá comigo. Isso, acima de tudo. A gente luta pelos caras que estão servindo ao nosso lado. No meio de um tiroteio, é a única coisa em que a gente pensa."

Quando Ambrose volta, ferido física e emocionalmente, a leal Fern está lá para ajudá-lo de alguma forma e quebrar a barreira que o garoto criou em torno de si, enquanto ambos constroem uma amizade e outros sentimentos belos e intensos.

Com uma escrita cativante e uma história maravilhosa e indescritível, vemos o valor da amizade, da perda e da lealdade, e nos sentimos emocionados com toda a trajetória de força e de dor de cada personagem.

"Era possível pertencer a alguém que não nos queria? Fern decidiu que sim, pois seu coração era dele, e, se Ambrose o queria ou não, não parecia fazer muita diferença. Quando terminava de escrever, ela enfiava a carta na gaveta. Fern se perguntava o que Ambrose pensaria se, de repente, ela enviasse uma. Ele provavelmente pensaria que ela era maluca e lamentaria ter finalizado o pedido de desculpas com um beijo. Ele ficaria preocupado que Fern pensasse que o beijo havia significado mais do que era. Ele pensaria que ela estava delirando."


[- Minhas Impressões -]

Estou ainda chocada, triste e cativada por essa história maravilhosa. Eu sempre ouvia falar muito bem dela e recebia diversas indicações de pessoas que diziam que haviam se emocionado com todo o enredo mas eu tinha certa resistência em ler, pois imaginava que era só mais uma modinha. Porém dia desses sem saber o que ler abri o primeiro capítulo e logo fui sugada para dentro do livro. Chorei, sorri, me emocionei e aprendi muito, e também em vários momentos meu coração doeu por todos os personagens que sofreram tanto e por aqueles que não conseguiram voltar da guerra. É uma história sobre a qual desejamos muitas outras continuações, mesmo que o final tenha sido satisfatório, mas os personagens são tão cativantes que queremos mais histórias e momentos com eles.

O diferencial desse livro para mim está no fato de que é uma história que traz como protagonistas vários adolescentes, mas são adolescentes maduros, que querem fazer algo a mais por si e pelo mundo, adolescentes que tem seus momentos de descontração, de brincadeiras mas que também sabem ser adultos quando necessário. Também gostei muito do fato de se passar em uma cidadezinha pequena. Todo o clima que envolve a trama é de cumplicidade, amizade e de uma grande família.

Não possuo pontos verdadeiramente negativos a destacar, só senti falta de conhecer ainda mais sobre os amigos de Ambrose que o acompanharam para a guerra.

Os personagens são cativantes. O que mais me fez aprender foi Bailey. Ele é um primo de Fern que nasceu com uma doença e que tem uma curta expectativa de vida, mas mesmo com isso e andando em uma cadeira de rodas ele é bem-humorado e passa uma dezena de lições para as pessoas ao seu redor, como a de aproveitar a vida ao máximo. O pai de Fern também passou muitos ensinamentos, pois ele é um pastor e tem muito a ensinar sobre fé e sobre Deus, mas apesar de termos esse tema religioso abordado no livro, ele não é nada impositivo ou chato e não faz apologia a qualquer religião específica, apenas fala sobre fé, de uma forma reconfortante.

O casal principal, Fern e Ambrose são bem diferentes um do outro mas ao mesmo tempo se complementam. Ela tem tudo para ser a típica mocinha chata e sonhadora que sempre foi considerada sem beleza, mas se revelou uma menina cheia de personalidade e tranquilizadora, já Ambrose teria tudo para ser o adolescente convencido, pelas expectativas que todos depositavam nele e por todos o adorarem, mas também se mostrou alguém humilde e consciente de seus deveres e daquilo que era.

Os personagens secundários também são muito bem construídos e todos são cativantes a sua maneira.
O livro é narrado em terceira pessoa e dividido em 37 capítulos de tamanho razoável e mais um epílogo. Não encontrei nenhum erro de revisão no ebook. O título Beleza Perdida é muito significativo e fala sobre não focarmos apenas na beleza exterior, e sim focarmos na beleza da vida e dos momentos.

Recomendo esse livro para todos os leitores que gostam de um livro recheado de romance, dramas e amizades, um livro que ficará na memória muito tempo depois do término da leitura e uma história que desejamos reler.

23 comentários:

  1. Eu já quero muito ler esse livro desde que tomei conhecimento sobre ele. Acho ótimo quando vemos adolescentes maduros e dispostos a fazer a diferença na vida das pessoas. A resenha está linda!
    Abraços.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Tamara eu ja tinha lido, mas queria ver a sua opinião e tudo que você falou na sua resenha é isso mesmo que senti nesta história, também acho que todos deviam ler, muito lindo

    ResponderExcluir
  3. Oi Tamara,esse livro é amorzinho. Tô até com vontade de reler, porque amo muito a história e os personagens. Sua resenha ficou maravilhosa e concordo plenamente com suas palavras: esse livro fica na memória mesmo. Quem gosta de romance vai amar mesmo!!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Oi Tamara, nossa, você conseguiu expressar com suas palavras todos os sentimentos que você teve durante a leitura e ao terminar também. Eu ainda não li o livro mas tenho muita curiosidade, mas até hoje nunca li uma resenha dele como a sua. Eu já conhecia um pouco sobre a história mas adorei ver o seu ponto de vista e saber sua opinião sobre a obra.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tamara

    Já perdi a conta de quantas vezes já me indicaram esse livro. Eu acho a proposta do livro muito legal e até hoje, graças ao santo protetor do spoiler, ninguém me falou ou li sobre qual foi o ferimento de Ambrose.
    Quero muito ler, só não fiz isso ainda pq tenho algumas prioridades na frente e a grana é curta! Hahahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Tamara, sou fã da Mia, mesmo tendo lido apenas 3 livros e um ter me decepcionado um pouco. Mas este livro aqui, foi, na minha opinião, arrebatador!!! Mega concordo com você que quem curte romance, vai adorar esta leitura!!! Maravilhoso!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamara, tudo bem?
    Meu primeiro contato real com esse livro foi através do post que você fez sobre os quotes, eu o conhecia só pela capa e me surpreendi com os trechos que você selecionou. Agora, após ler sua resenha não tenho dúvidas que preciso lê-lo, a história parece ser linda e emocionante. Gosto dessa composição de livros com adolescentes maduros que querem agir e fazer algo pelo país. Além do fato do casal protagonista ir bem mais fundo do que os esteriótipos que imaginamos ao início da leitura. Preciso ler esse livro em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Nossa, que resenha bacana em? Eu já tinha visto alguns comentários mas nada tão mais o profunda do rsrs! Que bom saber que o livro te trouxe diversas emoções assim! Fiquei bem curioso para ele também, espero que não demore muito, até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Oiee Tamara ^^
    Eu sou doida para ler esse livro, só vi coisas positivas sobre ele, então minhas expectativas estão altíssimas! Fico feliz em saber que os personagens são muito mais do que aparentam, é tão bom ser surpreendida assim, né? O livro parece ser bem diferente de tudo o que eu já li, estou doida para conhecê-lo direito.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Tamara,
    Sempre vi muitos elogios para esse livro, mas nunca quis saber, ao certo, sobre o que se tratava a história, ainda bem que já solucionei isso.
    Não sabia que Ambrose ia para a guerra e fiquei muito contente de saber que Fern o ajudou a se recuperar, isso é uma prova de amor e tanto.
    Em relação ao primo de Fern, devo dizer que sempre esses personagens machucados e com doenças me ensinam mais que os saudáveis. Eles possuem um jeito de ver a vida, com uma pureza e de uma forma grata que me encanta.
    Preciso ler esse livro para ontem!
    Beijos.
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Ah, que bom saber que o livro mexeu tanto com você, que te proporcionou tantos sentimentos!! É o livro do mês no clube do livro que tenho com algumas amigas, então será uma das minhas próximas leituras, fico feliz de saber que mesmo com sua desconfiança de que era uma modinha acabou sendo completamente fisgada por ele, chorando, rindo, se emocionando e aprendendo com a história. Espero gostar tanto quanto você, mesmo que eu tenha certo receio por essa parte religiosa que eu não sabia que estava presente.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Já li tantas resenhas do livro, mas nunca fiquei interessada em ler.
    Apesar de você ter gostado e achado os personagens cativantes, tô tentando fugir do gênero romance e drama.
    Mas uma coisa que gostei bastante é de saber que os personagens secundários são bem construídos, isso faz toda a diferença, já que amo quando os autores têm esse cuidado!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  13. Oi Tamara
    Que lindeza é esse livro.
    Concordo quando você diz que esse livro fica na memória por um tempo. Foi exatamente o que senti. O ponto alto desse livro são as personagens e o drama que os unem.
    Com certeza é um dos meus romances favoritos.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Oi Tamara, tudo bem?
    Eu já tinha visto a capa dssse livro por aí e embora eu soubesse se tratar de um romance eu não sabia da premissa em si que o livro abordada. E fiquei surpresa ao ler que a história se passa na época do atentado as torres gêmeas e de amigos indo para a guerra. Deve ser uma leitura perturbadora!
    Fiquei com aquele gostinho de que preciso ler esse livro depois de ler sua resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu morro de vontade de ler esse livro, e o motivo é simples né: uma certa releitura de a bela e a fera, uma das minhas histórias prediletas.
    Minha amiga vive me recomendando esse livro e diz que vou amar, e pela sua resenha só pode ter mais certeza disso.
    Espero ler em breve

    ResponderExcluir
  16. Lembro-me de já ter lido algo sobre esse livro e de ter ficado muito tocada com a mudança que ocorre na vida desse jovem por conta da guerra. Parece ser uma história muito bonita, dessas que desidratam a gente (sou bem chorona). Eu não acho essa capa muito bonita, mas penso que talvez tenha muito a ver com a história narrada no livro. Adorei a sua dica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  17. Ooii, não conheço muitos livros da editora Verus, inclusive esse, achei bem interessante a parte dos adolescentes, sobre a confiança depositada neles, acho legal um livro com adolescentes maduros, pois é difícil achar isso em um livro, normalmente os adolescentes são "baderneiros", primeira vez que ouvi sobre esse livro, e gostei bastante... Bjooss, Louyse <3

    ResponderExcluir
  18. OI Tamara, eu só leio coisa boa deste livro e acho que seria como você em relação às emoções. Poxa, eu iria querer saber mais dos que estiveram com ele também e acho que tudo isto é muito emocionante para todos que passaram por esta tragédia porque realmente traumatiza. Este livro eu quero ler também e muito!
    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  19. Oie!!!!!!
    Sempre li muitos comentários positivos pra esse livro e pensei até que eram mais por modismo e por isso nunca tive sequer o interesse de ler a sinopse dele. Às vezes tenho esse pré-conceitos bobos...então agradeço muito por sua resenha, pois descobri que muito provavelmente eu gostaria da leitura e inclusive já o coloquei na minha lista de livros a serem lidos!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oii, tudo bom?
    Simplesmente amei a premissa desse livro! Fiquei curiosa para ver como o personagem volta da guerra e como ela o ajudará a se curar emocionalmente, simplesmente amo histórias assim! Gostei muito de saber que junto com o drama e romance, temos o desenvolvimento da amizade e que todos os personagens secundários são desenvolvidos e importantes a sua maneira - o que sinto falta em muitos livros!
    Enfim! Adorei sua resenha e após sua recomendação esse livro entrou para minha lista de futuras leituras!
    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Esses tempos eu vi muuuitos comentários sobre esse livro e pensei que se tratava de mais um "modinha" também, mas eu não tenho nada contra e por isso desde o primeiro momento já quis ler o livro. Só que a sua resenha foi a primeira que li sobre e fiquei realmente animada, a historia parece ter ótimos personagens e aborda temas bem interessantes. Enfim, acredito que me emocionaria muito com a história, então marquei a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Oi Tamara, tudo bem?
    Estou super curiosa com esse livro, na verdade desde o lançamento dele eu tenho vontade de conhecê-lo e ver que você gostou tanto do livro me anima mais. Meus parabéns pela resenha, você me deixou mais cativada ainda!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/?m=1

    ResponderExcluir
  23. Primeiro me apaixonei pela capa desse livro, depois pela sinopse e agora, depois de ler sua resenha, estou mais ansiosa do que nunca para fazer essa leitura :D
    bjs

    Blog As Aventuras da Ana

    ResponderExcluir