19 maio 2016

Resenha - Cat: Meu amigo psicopata


Um estudante de psicologia, um estudante de medicina, uma garota albina, e um psicopata. Ou talvez uma gangue deles. Logan Davis sabia que aquilo não ia dar certo, sempre soube, mas como ele mesmo diz: a carne é fraca. Então quando o jovem estudante de medicina William Miller pede sua ajuda para um projeto no mínimo impossível, ele acaba aceitando, e ambos agora são responsáveis pelo psicopata mais perigoso da cidade. O propósito? Fazê-lo se apaixonar, valendo o diploma do jovem médico e uma vaga preciosa em um famoso hospital. Uma experiência que vai acabar trazendo de volta velhos inimigos, criando novos deles, derramando um pouquinho de sangue e virando suas vidas de cabeça para baixo.






                                                                     Livro: Cat - Meu amigo Psicopata
                                                Páginas: 440 || Skoob || Cortesia: Arwen || Onde comprar
                                                       
        






Eu tenho que confessar que tenho uma pequena queda por livros que envolvam Psicopatas, Serial Killers, etc. Então eu adorei saber que o "Cat" falava disso, e o melhor é que o foco é exatamente o assunto que eu gosto.

O livro é narrado em primeira pessoa, em maioria por Logan, um estudante de psicologia que se mete em um projeto que é no minimo insano. Ele é convencido por Willian, a ajudá-lo a provar que um psicopata pode amar, e juntamente com Megan, eles falsificam o alvará de soltura do psicopata mais famoso do estado. Agora, eles vão morar na mesma casa que ele e irão observar se ele consegue se envolver com Megan, porém as coisas começam a complicar quando uma amiga de Logan aparece na casa e começa a morar lá sem saber do plano, e para complicar ainda mais, vários assassinatos começam a ocorrer.

Eu optei por não contar muito da historia, pois várias reviravoltas que vão acontecendo e acredito que o legal do livro é você tentar descobrir o que estar por vir.

"Ser preso por abrigar um psicopata e acobertar uma jovem na fuga de casa. Se não íamos ser acusados de sequestro por causa de Elijah, agora iríamos com certeza."

Logan é o mais "normal" da historia. É o melhor estudante de psicologia da faculdade e nunca foi de se misturar com quem fazia psiquiatria, até porque ambos os cursos tem uma rixa, mas por causa de uma confusão ele vira amigo de Willian.  Podemos ver que o Logan é um rapaz bem responsável e que quer o bem de todos, principalmente por ser muito apegado aos amigos que aliás faz de tudo para defendê-los.

Willian é o melhor aluno do curso de psiquiatria, porém ele tem um projeto insano para apresentar a seus professores. Apesar de parecer meio louco no inicio do livro, no decorrer do mesmo, percebemos o motivo por trás de suas ações.

Megan não tem um grande destaque na trama, eu acreditei que ela iria ser uma das principais juntamente com outros personagens, mas ela acabou tendo apenas algumas participações ao longo da trama. Elijah é o psicopata que os rapazes libertaram, ele é descrito como tendo uma aparência muito bonita, mas seus olhos são frios e perspicazes. No decorrer da historia, percebemos que ele é calculista e consegue manipular as coisas a seu favor.

Temos muitos outros personagens secundários que ganham destaque no livro, e cada um tem sua própria personalidade, apesar de todos terem algo em comum.

"Não foi só a Amy quem apareceu de madrugada e ficou até o amanhecer. Uma incrível onda de assassinatos apareceu junto, logo no jornal da manhã. Como se uma matilha de lobos tivesse percebido que seu macho alfa havia acordado e estava de volta a caçada."


A leitura do livro fluiu muito rápido, eu até fiquei muito surpresa pois o li em ebook, e normalmente as leituras para mim, acabam fluindo mais devagar. A diagramação interna está muito bonita, principalmente os inícios de capitulo, tenho certeza que a edição física está um arraso. Contudo, eu não gostei muito da capa do livro, acredito que ela poderia ser diferente, pois ela não passa a essência da história.

Gostei de ter feito a leitura, apesar de em alguns momentos ter ficado meio cética em relação a personalidade e a ação de alguns personagens, mas apesar desse detalhe, a leitura do livro é mais do que recomendada.

21 comentários:

  1. Oi Giovana, também tenho uma queda por livros que tratam sobre serial killers e afins, e é por isso que me interessei bastante para fazer essa leitura. Foi bom mesmo você não ter contado muito da história, pois acho que, nos, leitores temos muito que nos surpreender com esse enredo e por conta propria.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Este livro da Arwem tinha chamado a minha atenção mas não li justamente por ser em e-book e como você disse para mim vai mais lento também, mas chama atenção o enredo ser com um psicopata e eu também adoro este tema e ser um teste né. Quero saber como ele acabou se saindo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!!!
    Eu acho que já tinha visto essa capa por aí mas nunca me chamou atenção, quando entrei aqui nesse post eu fui ler a sinopse e já me interessei totalmente. Ao ler a sua resenha eu fiquei super curiosa com o livro, parece ser muito instigante e que durante a leitura eu ficaria grudada para saber o final.

    ResponderExcluir
  4. Comecei a ler a sua resenha dando risada do fato de você ter uma queda por psicopatas e serial killers... hahahahaha
    Achei interessante o projeto em provar que um psicopata pode amar e acho que nunca li nada desenvolvido sobre esse plot.
    Fiquei muito curiosa e espero poder conferir em breve!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Que trama bem interessante! Fico a imaginar tudo o que vai acontecer para comprovarem a teoria que foi proposta. E sabe que eu tenho um gosto semelhante ao seu, eu teno uma queda com os vilões, pois normalmente eles fazem bem mais que todos os personagens do livro ahah
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada relacionado mas achei a trama super interessante.
    Gostei do fato de personagens secundários se destacaram bem no livro e acho que isso ajuda muito na leitura.
    Me interesseibastante pela leitura e gostei de você não ter falado muito sobre o livro, trazendo um suspense maior para os leitores.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    O tema nunca me atraiu, mas a sinopse e sua resenha me deixaram muito curiosa para ler o livro e saber tudo o que vai acontecer. Vai para a minha lista de livros "quero ler".

    ResponderExcluir
  8. Já conhecia o livro e a premissa, mas é sempre bom ler mais uma resenha pra ter certeza se queremos ler ou não, né?
    O título por si só já me chama atenção, pois amo livros com temáticas de psicopatas, mas sabe que você leu em e-book e mesmo assim a leitura foi fluída me fez adicionar ele na minha lista definitivamente, pois acontece o mesmo comigo, não consigo me prender às estória lendo em e-book.
    Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Oie! Quando vi o lançamento desse livro, não fiquei muito entusiasmada ao conferir a capa e a sinopse. No entanto, sua resenha me deixou bastante curiosa, pois nunca li algo com uma trama assim e acredito que seria uma boa forma de começar a me aventurar pelo gênero. Achei interessante o modo como os personagens se envolveram e quero muito saber como ele lidarão com os problemas ocasionados por suas atitudes. Não sei se eu leria por se tratar de um livro digitar. Não tenho nada contra, mas, por melhor que o enredo seja, ler pelo celular ou notebook sempre acaba sendo enrolado demais. Se um dia a oportunidade de adquirir a obra física aparecer, com certeza vou realizar a leitura. 3

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  10. Oi Giovana!

    Eu tenho a impressão de que esse livro trata a psicopatia de forma romantizada e idealizada. Posso estar enganada, mas pela capa e o título passou essa impressão para mim. Mesmo eu tendo lido a sua resenha e achando o livro com uma história interessante, não sei se o leria justamente por sentir essa romantização em volta de um assunto muito sério. Enfim, pelo menos a história fluiu bem! :) Parabéns pela resenha!

    beijo!

    ResponderExcluir
  11. Essa capa realmente não está muito bacana, e olha que a editora tem capas lindas! E eu também tenho queda por tramas com psicopatas! Eu gostei da premissa, com certeza farei a leitura. Gostei que você contou pouco da trama, me deixou com gostinho de quero mais, rs.
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Olá... Achei a premissa ótima e sua resenha esta muito boa, a estoria parece intrigante e bem psicologia do tipo que entra na sua cabeça de verdade, mesmo me deixando curiosa este não é um livro que me interessa muito, mesmo assim obrigado pela dica...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Giovana. Adoro também livros que envolvam esse tema. Inclusive, comecei a ler o diário de Jack, o estripador. Tô amando. Gostei e achei bem interessante a história, até leria, sim. Como você mesma disse: só não curti muito a capa. Achei bem amadora. Espero que eles revejam e numa futura proxima edição, tragam uma capa melhor. Fora isso, anotei aqui o nome do livro.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, a minha primeira impressão do livro foi que ele iria se tratar de um garoto psicopata que foi excluído pela sociedade. Mas pelo visto eu me enganei, o livro conta a história de amigos (E um Psicopata, lindo mais com um olhar insano).

    Não sei se eu leria pois livros assim não me atrai muito. Adorei a sua resenha, pois explica o conteúdo do livro, e fala que a leitura flui bem e isso ajuda bastante.

    XoXo, Alice
    blogmixbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia o livro, mas fiquei curiosa com o tema que ele aborda, adoro livros de psicopatas e talz, gostei do fato de você não se aprofundar muitos nos detalhes do livro em sua resenha. Achei que a capa deixou um pouco a desejar, mas mesmo assim pretendo ler o livro o mais rápido possível

    ResponderExcluir
  16. Oi Gi
    Não conhecia o livro, mas adoro livros com psicopatas.
    Sua resenha apresentou muito bem o livro, mostrando um pouco a característica das personagens, mas sem aprofundar e entregar o desfecho.
    Gostei de saber que é uma leitura fluida e que valeu a pena.
    Anotei a dica e espero ler em breve.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Oi, flor.

    Ao contrário de vc, eu já não gosto de tramas envolvendo serial killers rsss. Eu morro de medo desses tipos de livros e não curto o gênero. Mas fico feliz que vc tenha curtido a leitura e que tenha achado bem fluida. Eu também achei a capa nada agradável rssss mas vejo que a trama supera isso. Creio que esse livro seria indisponível para todos os amantes do gênero terror.

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  18. Eu já não gosto de leituras com serial killers ou com qualquer desordem mental, pois fico meio confusa nos propósitos da história e achei a proposta muito teen com algo bem sério no meio e acho que essa não é uma leitura para mim, até porque fujo de coisas que envolvam clima mais hospitalar.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Giovana, desde que eu vi o lançamento desse livro eu já fiquei bem curiosa para ler ele, ainda mais por se tratar desse assunto de psicopatas e serial killers que eu também amo! fico feliz em ver que você gostou do livro e que recomenda, isso me anima mais ainda para ir atrás dele o quanto antes!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oiee Giovana ^^
    Eu não tenho bem uma queeeda por livros assim, mas acho muito interessante. Estou curiosa para ler este livro, achei a premissa dele diferente de todos os outros livros que eu já li, e imagino que seja surpreendente. A capa não conquista muito mesmo, acho que poderia ter sido um pouco melhor *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Você gostou do livro, gosta do estilo e do genero, a leitura fluiu e curtiu os personagens... (chateada com a Megan sendo apenas figurante).
    To pensando aqui pq ele não ofi umn 5 estrelas. hahah.
    Eu gosto de filmes assim, livros não d´´a pra mim não. Que bom que gostou do livro.

    Bjs

    ResponderExcluir