12 abril 2016

Resenha - O Fio do Bisturi




Aquele parecia ser apenas um procedimento cirúrgico de rotina. A dra. Kate Chesne injetou duzentos miligramas de sódio pentotal na linha endovenosa de sua paciente e colega de equipe, e aguardou até a anestesia pegar. Mas logo o monitor disparou o alarme. O coração da enfermeira Ellen O’Brien havia parado. Um óbito estúpido e absolutamente inesperado. E todas as suspeitas recaem sobre Kate. Afinal, tudo indicava que ela havia avaliado erroneamente o eletrocardiograma de Ellen.
Para David Ransom, o caso começou encerrado. Má prática. Como advogado da família O’Brien, ele iria condenar a anestesista em um estalar de dedos. Afinal, essa era sua especialidade. Mandar para a cadeia médicos incompetentes. Mas ele não esperava ter seu escritório invadido por Kate, tampouco ser desafiado a buscar a verdade. Kate estava certa de que fora usada. Quando um médico e uma enfermeira são encontrados com os pescoços lacerados, David começa a dar crédito a ela. Um assassino anda a solta entre os pacientes e a equipe do Hospital de Honolulu. Agora David busca respostas para as mesmas perguntas de Kate. Quem será o próximo? E por quê?
Considerada uma das vozes mais versáteis do suspense, em O fio do bisturi Tess Gerritsen apresenta mais um enredo com todos os elementos de suspense e mistério que a consagraram pela crítica especializada como a rainha do thriller médico.

Livro: O Fio do Bisturi
240 páginas || Skoob || Editora: HarperCollins || Onde Comprar








"- Gostaria de poder admitir que cometi um erro... - murmurou. - Gostaria de dizer apenas: “Sei que sou culpada, e pagarei por isso.”. Juro por Deus que gostaria. Passei a última semana relembrando. Perguntando-me como aquilo pôde ter acontecido. Ellen confiava em mim e eu a deixei morrer. Isso me fez desejar nunca ter me tornado médica, ou mesmo uma servente ou recepcionista. Qualquer outra coisa. Eu amo meu trabalho. Você não faz ideia do quão difícil foi, do quanto abri mão para chegar aonde estou. E agora parece que vou perder o emprego... - Ela engoliu em seco e baixou a cabeça, derrotada. - E me pergunto se serei capaz de voltar a trabalhar algum dia..."

Kate Chesne é uma anestesista muito competente, esforçada e que tem uma carreira em Ascensão, até o dia em que em uma cirurgia de rotina, enquanto Ellen, uma enfermeira do hospital onde Kate trabalha, , é quem está sendo operada para uma retirada de vesícula. Sem que ninguém espere, as coisas começam a dar muito errado e Elen morre sem que Kate possa fazer nada para reverter esse quadro. Mais tarde, descobre-se que Kate deixou passar um dado importantíssimo presente no Eletrocardiograma de Ellen, não reconhecendo seu problema de coração e causando assim de maneira indireta sua morte.

"Agarrada ao pneu, esticou a cabeça devagar e olhou por baixo da van. E o que viu a fez recuar aterrorizada.

Ele estava do outro lado do veículo, caminhando em direção à traseira. Em sua direção."

Sendo processada por imperícia por David, um advogado muito competente, Kate vai ao escritório do advogado tentar explicar a situação e fazer com que ele acredite que o eletrocardiograma da paciente estava em perfeito estado quando ela o checou, mas tudo o que recebe é incredulidade. Porém quando Kate recebe um recado desesperado de Ann Richter, a  outra enfermeira que trabalhava com ela no dia da cirurgia, dizendo-lhe que tem algo a contar sobre a morte de Ellen,  Kate logo segue para a casa da moça, mas chegando lá é surpreendida por um cenário de sangue e morte, e também por alguém a espreita, pronto para persegui-la.

Após conseguir fugir e um pouco ferida, Kate é levada para o hospital, e  a partir disso David passa a ter dúvidas se Kate realmente seria a culpada pela morte de Ellen, ou se havia um assassino a solta, passando a ter certeza quando  mais pessoas começam a morrer e outras pistas começam a aparecer, enquanto Kate corre sérios riscos de vida.

"- “Carótida esquerda cortada. Instrumento bastante afiado.” - Ele ergueu a cabeça. - E daí?
- São as mesmas palavras que ela usou em outro relatório de necropsia há duas semanas. Só que a vítima era um homem. Um obstetra chamado Henry Tanaka.
- Ann Richter era enfermeira.
- Certo. E a parte interessante é a seguinte: antes de entrar para a equipe cirúrgica, ela fazia plantão noturno na obstetrícia. Há uma possibilidade de ela ter conhecido Henry Tanaka."

Em um suspense com pitadas de romance, Tess Gerritsen nos mostra a fúria de um assassino com um objetivo inesperado, e uma corrida contra o tempo para que Kate não seja a próxima vítima.

"- Todos somos violentos. Especialmente no que diz respeito àqueles que amamos. Amor e ódio estão intimamente relacionados."


[ - Minhas Impressões - ] 

Gosto muito de suspenses, principalmente os envolvendo casos médicos, e desde que fiquei sabendo sobre o lançamento de O fio do bisturi ele me interessou, porém mesmo quando já o tinha na estante comecei a ficar em dúvida se leria, devido a críticas que vinha recebendo, mas resolvi arriscar e tive um ótimo resultado.

Esperava um pouco mais de descrições médicas, o que temos apenas no início do livro quando está sendo feita a cirurgia em Ellen, mas mesmo com isso o suspense que veio logo depois e as pistas que a autora nos dava para depois mostrar que era falsa e nos dar outro suspeito sobre quem pensar foi sensacional. Confesso que ao fim do livro me surpreendi com o assassino, e mesmo durante a trama não gostando especialmente dele, jamais imaginei que era o responsável por todas aquelas mortes e a motivação por trás de tudo o que fez.  Um outro ponto nesse livro que está muito presente junto com o suspense é o romance que se desenvolve entre Kate e David. Apesar de toda a história deles ter acontecido um pouco depressa, ela acabou sendo uma parte que me fez gostar ainda mais do livro e em nenhum momento achei um romance meloso ao extremo. O epílogo foi a parte que mais me cativou e me fez definitivamente dar as quatro estrelas para o livro.

Sobre os personagens todos foram bem  desenvolvidos. Kate é uma pessoa que foi muito injustiçada ao ser acusada pelo crime e mesmo com isso é forte e busca descobrir a verdade, ainda que isso a coloque em risco. David também é um homem muito problemático em termos pessoais, porém ao conhecermos sua história passada, entendemos as motivações de toda a sua dureza no presente, e é o tipo de personagem que nos cativa e o qual temos vontade de conhecer. A mãe de David também foi outra personagem de quem gostei muito. Os outros que fizeram parte da trama foram bem desenvolvidos mas ficamos com certo sentimento ambíguo em relação a maioria, não sabendo se eles podem ser suspeitos ou não.

O livro é dividido em prólogo, dezesseis capítulos e mais um epílogo, são médios e a leitura flui muito rapidamente. A revisão da editora HarperCollins também ficou ótima.

Esse livro é independente, ao contrário de uma boa parte dos lançados pela autora que fazem parte de séries,  podendo então ser lido por qualquer pessoa. É uma ótima trama para poder conhecer a escrita da autora e um suspense que prende e surpreende até a última página, embora os que não gostam de romance possam se incomodar com o que foi desenvolvido entre Kate e David.

18 comentários:

  1. Oi Tamara, fiquei com um livro desta autora na minha estante por um tempão e acabei trocando no Skoob porque não me despertou o interesse. Porém, esse aqui já me deixou mega curiosa quanto ao suspense, que você mencionou que prende do inicio ao fim. Confesso que a capa dá um pouco de medinho, mas acho que vou tentar encarar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamara, então, eu não lembro se já tinha ouvido falar desse livro, mas de qualquer maneira achei a premissa muito interessante, ainda mais depois de ler suas considerações sobre a obra. Que bom que é uma leitura independente e pode ser lido por qualquer pessoa, é ainda melhor para que nós, leitores, tenhamos a oportunidade de conhecer o estilo da escrita e as principais características da história. E pelo que percebi, é uma leitura bem rápida mesmo, ainda mais para quem curte o gênero. Ah, ainda bem que amo romance, além do suspense em si <3
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu amo coisas que envolvem tramas médicas... sou fã de |Grey's Anatomy, House entre outros... agora imagina misturar isso com suspense? Fica demais! Com certeza, eu já saquei algumas coisas só pela sua resenha, e claro, estou ansiosa pra ler este livro, do qual eu nem tinha ouvido falar. Acho que Kate não é a culpada, então agora quero saber quem afinal assassinou Hellen.... um filme que trata disso é aquele que se chama a vida por um fio, vc já viu? adorei a resenha, e fiquei ainda mais empolgada com sua ótima avaliação.
    beijokas

    ResponderExcluir
  4. Sou louca pra ler os livros da autora, amo trillers médicos, pois sou formada como enfermeira, geralmente leio os livros do Robin Cook que se não me engano é o autor que inspira Tess, fico feliz que esse seja um livro independente, estou fugindo de novas séries e vou aproveitar que tem esse em uma livraria aqui perto pra matar minha curiosidade e dar uma conferida na escrita da autora.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  5. Oi Tamara, eu sou super suspeita de falar pois sou apaixonada por um bom suspense, e ver que você gostou desse livro me anima muito a ir atrás dele o quanto antes. Eu também adoro um suspense que envolve cenas médicas, parece que deixa tudo mais tenso, né? Espero mesmo ler o livro uma hora dessas!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi *---*

    Confesso que sou super medrosa e me impressiono fácil então ler algo de suspense ou terror está fora de questão. Mesmo você não ter achado tão impressionante as cenas médicas eu por outro lado me impressionaria com uma gota de sangue que caisse ahhahahah. Mesmo assim vou mostrar sua resenha pra um amigo meu que adora o genero.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Tamara,
    Adorei sua resenha e a forma como você abordou o livro.
    Que eu me lembre, ainda não li nenhum suspense que envolve essa parte médica, mas gosto muito de assistir filmes sobre o tema. Fico chateada que a cena médica tenha sido apenas no começo, pois parece que foge um pouco da premissa do livro.
    Fiquei bastante curiosa para ler o livro, apesar disso. Espero ter a oportunidade para formar minha opinião.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. OI, Tamara
    Estou doida para ler esse livro. Não me lembro de ter lido algum suspense com temas médicos, mas pelo que ouvi o pessoal falando foi que tinha um excesso de descrições médicas, acho que isso não te incomodou, pelo contrário parece que faltou para você..rs
    Que bom que o livro atendeu suas expectativas e que recomenda. Espero ainda fazer a leitura desse livro.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Nossa, devo confessar que não fazia ideia que tinham suspenses envolvendo médicos kkkkkkkk To muito por fora desse gênero né.
    Adorei o fato de envolverem médicos, pois quando perdem um paciente por erro deles ou de alguém da equipe, devem enfrentar grandes processos, então imagino o quao dificil deve ser até pra um advogado condenar o culpado.
    Fiquei super curiosa para ler essa obra e com certeza vai para os meus desejados

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Tamara :)
    Não conhecia o livro mas já me conquistou de primeira por ter mistério e envolver médicos e tals, tudo isso me conquista. Vou ver se tenho a oportunidade de ler esse livro para tirar minhas conclusões.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Tamara, tudo bem?
    Uau, a premissa desse livro me chamou muito a atenção. Pelo título do livro, também esperava que fosse recheado de descrições médicas, tipo a série Grey's Anatomy, mas que bom que não é pois acabaria deixando o leitor confuso e desanimado no decorrer da leitura. Acredito também que todo suspense tem que ter um toque de romance para que a história fique mais completa, e adoro livros assim. Quando tiver oportunidade, com certeza irei lê-lo, sua resenha despertou minha curiosidade.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  12. Sou louca por esse gênero. Faz um tempinho que eu descobri esse livro e sou muito curiosa para realizar essa leitura. A sua resenha está muito completa, me deixando ainda mais interessada. Acho que só essa capa já dá uma certa agonia mas que, certamente, não chega aos pés do que se passa em todo o livro.

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu só li um livro dessa autora, que foi lançado pela Harlequin, e lembro que achei a trama bem fraca. Mas era um dos primeiros livros escritos pela autora, então não levei muito em consideração rs. Quanto ao livro, estou curiosa para conferir, mas minha pilha está tão grande que vou deixar para outra hora. Não que a história não tenha me chamado a atenção, apenas que está impossível para mim no momento.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Oiee Tamara ^^
    Como eu não gosto muito de suspenses, esse não é um livro que eu quero loucamente ler, mas como a sua é a segunda resenha positiva que eu leio dele (mesmo que você não tenha gostado 100%), fiquei curiosa para ler. Parece ser interessante, nunca li nada que seguisse essa mesma premissa, então me é algo diferente. Ainda não conheço a autora...hehe'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oláa!
    Eu amooooo os livros da Tess,já li a serie do Cirurgião quase toda,e fiquei muito feliz em saber que esse é um livro único e posso ler sem me preocupar com continuação ou se preciso ler um antes,,Tess arrasa nesses livro amo demais e fiquei claro muito interessada nesse e saber qual a desse assassino,o pq e matar a Ellen e tal,e também de saber quem é esse assassino ai gente me perco nesses livros...hahahahaha... já super incluido na minha lista anual ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Não conhecia esse livro antes e nem a autora. Acho bem interessante livros de suspense e fiquei curiosa para saber sobre qual a resolução da morte de Ellen e ao que parece de outras pessoas que também acabam mortas no meio do caminhos. Gostei bastante da sua resenha falando desde o enredo, o que gostou, falando dos personagens e os destacando, realmente muito boa. Me deixou com mais vontade ainda de ler.


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  17. Ola Tamara adoro essa mistura de suspense bem trabalhado que surpreende o leitor com uma dose de romance, leio muitos elogios a escrita da autora ainda não li nada dela, mas gostei muito dessa premissa do livro e já estou curiosa para desvendar quem será o assassino. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  18. Olá Tamara! Vou te confessar que logo no início da sua resenha já fui me interessando pelo livro. rsrsr Gostei do gostinho de suspense. Agora que cheguei ao final estou louquinha para ler o livro. srsr Quero saber o que mais acontece nesta história! Você arrasou na resenha! Me cativou!

    Bjus!

    ResponderExcluir