20 janeiro 2016

Resenha - O Duque e Eu



O Duque e Eu


Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.  Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Livro:
O Duque e Eu (Os Bridgertons 1)
288 páginas || Skoob || Editora: Arqueiro || Onde Comprar ||








Simon Basset agora é um duque respeitado por todos. Depois da morte de seu pai, ficou para ele o título de duque de Hastings; do qual não quer nem falar! Para ele, isso não é algo do que se orgulhar. Só ele sabe o que passou em sua infância. Os sofrimentos, xingamentos, falta de afeto. Tudo isso devido a um segredo que guarda à sete chaves. As coisas que poderiam o ter destruído, foram as mesmas que o tornaram o homem que é hoje. Forte, decidido, estudado e dono do próprio nariz. E isso é algo que não quer mudar nem tão cedo. Para ele, casar está fora de cogitação!

Porém sua vida complica quando volta à Londres, depois de passar alguns anos viajando pelo mundo, e descobre que seu novo título irá trazer ainda mais complicação: as mães da alta sociedade irão fazer de sua vida um inferno! Para um homem que treme só de ouvir a palavra casamento, isso se torna um pesadelo! Para se livrar das mães casamenteiras e desesperadas, ele precisa de um plano.

Daphne Bridgerton sofre nas mãos da mãe! Por mais amorosa que seja, a matriarca da família Bridgerton não irá deixá-la em paz até que arrume um pretendente e faça um bom casamento. São dezenas de festas e jantares que a pobre Daphne precisa ir para saciar a vontade da mãe. Ela não é contra a ideia de um casamento; aliás, sonha com isso. Mas seria sua culpa o fato de que nenhum dos homens que conheceu até agora despertou seu interesse? Casamento, sim, mas por amor. E o amor ainda não bateu à sua porta. Até agora.

"Você é uma mocinha muito irritante, sabia disso, Srta. Bridgerton? Ela deu a ele seu sorriso mais inocente. _A maioria das pessoas me considera um exemplo de gentileza e amabilidade."

Seria Simon louco o suficiente para se envolver, por mais que de "mentirinha", com a irmã de seu melhor amigo? Aquilo não acabaria nada bem, e ambos, no fundo, sabiam disso. O acordo entre Daphne e Simon se deu da seguinte forma: ele fingiria estar cortejando ela, o que tiraria boa parte das mães casamenteiras de seu pé, e ainda atrairia muitos pretendentes para Daphne. Afinal, se um Duque planeja se casar com ela, algo de especial ela deve ter.

Não, não daria nada certo!
A farsa tem inicio. Mas até quando esse acordo irá durar sem que ambos caiam apaixonados? A atração entre eles é palpável. Disso não há dúvidas. Mas a bela amizade que cativam só pode ter um desfecho: um lindo amor ou uma morte por duelo. Afinal Anthony Bridgerton não deixaria barato, deixaria?

Para dar um toque ainda mais divertido e dramático à estória, nada melhor que um jornal de apenas uma página onde uma autora misteriosa que assina como Lady Whistledown escreve sobre a vida das famílias da alta sociedade, sempre usando o bom e velho humor sarcástico.

"Esta autora nunca tinha presenciado um grupo de irmãos tão absurdamente parecidos. Embora a autora não tenha memorizado as cores de seus olhos, todos os oito tê estruturas ósseas semelhantes e os mesmos cabelos grossos e castanhos. É lamentável que a viscondessa, que está atrás de bons casamentos para a prole, não tenha tido filhos mais elegantes. Ainda assim, há vantagens numa família de aparência tão consistente: não há dúvida de que todos são legítimos." (Crônicas da Sociedade de Lady Whistledown, 26 de Abril de 1813)



Sabe aquele tipo de livro que você não consegue largar? Que a leitura é tão frenética que você sente que poderia abrir mão de suas 8 horas de sono apenas para terminá-lo? Que você esquece de tudo à sua volta e se entrega de corpo e alma à narrativa? Pois é esse é O livro!

O Duque e Eu é um romance de época. O segundo do gênero que li na vida, e com isso quero dizer que estava com muito, muito medo de não gostar da estória. Então o inesperado acontece: eu amei!

O livro, narrado em terceira pessoa, tem um ritmo tão alucinante que eu literalmente não larguei por um momento sequer até concluir. A autora possui uma escrita tão simples, gostosa e inteligente que me vi totalmente viciada nesse romance.

E falando em romance...

Daphne e Simon são dois personagens com personalidade forte. Bem construídos e com bom amadurecimento no decorrer do livro, eles realmente conquistam o leitor. Simon tem um passado bem pesado e um humor que oscila. Seu segredo, o qual esconde muito bem depois de anos tentando, ainda o lembra de sua infância perturbada pela avareza e crueldade de um duque autoritário. Para ele, amar é muito difícil, e mais ainda demonstrar o que sente. Daphne é uma mulher muito espirituosa, inteligente e decidida. Tem seus momentos de insegurança acerca do casamento e da vida à dois, mas esses aparecem em momentos oportunos e não são forçados.

Algumas atitudes deles, principalmente do mocinho, me irritaram um pouco, mas um toque de clichê nunca faz mal, não é? Na verdade, nenhuma cena do livro me pareceu forçada. A autora parece ter se divertido bastante escrevendo, e deixa isso transparecer para seus leitores :)

"Dizer que os homens podem ser teimosos como mulas seria um insulto às mulas." (Crônicas da Sociedade de Lady Whistledown, 2 de Junho de 1813)

Só para lembrar, esse é o primeiro livro de uma serie de 8 volumes. Cada um narra a história de um dos irmãos. Não encontrei erros de revisão que atrapalhassem a leitura. A diagramação é simples e bonita. As capas e lombadas de todos os volumes combinam entre si. A Editora Arqueiro mais uma vez fez um ótimo trabalho.



Já deu para perceber que amei o livro, não é mesmo? Quem gosta de romances divertidos, originais (mas com um toque de clichê bem-vindo) e super rápidos de ler, não pode, de jeito nenhum, deixar essa dica passar! Tenho certeza que, assim como eu, irão adorar essa instigante narrativa de Julia Quinn.

31 comentários:

  1. Gabi!
    Nossa, você me deixou com vontade de largar meu livro atual, que está ótimo, para conferir esse livro. Sério, sua resenha foi tão empolgante que tive vontade de conferir a história de Simon e Daphne agora mesmo. Está aqui separadinho e pretendo ler em breve. Bom que a série está quase toda publicada no Brasil então não terei problemas com a espera.
    Adorei a resenha e dica muito boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamara!! Que bom que gostou!!
      Quer uma dica? Largue esse livro agora e vá ler O Duque e Eu! hahaha. Tenho certeza que irá gostar também! E, mesmo se não gostar, a leitura é tão rapidinha que nem vai notar o tempo passar! Leia leia <3 <3
      Obrigada pelo comentário!
      Beijos linda!

      Excluir
  2. eu já li, e gostei muito, achei algumas partes intimas meio que desnecessárias, enfim, o livro tem aquele humor irônico que eu adoro!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Gabi ^^
    Então li vários livros de romance de época entre meus 15 aos 19 anos,muito antes do boom de Romances de Época, mas daí parei porque comecei a não aceitar mais coisas que me incomodavam muito, mas antes não ligava, por isso normalmente torço o nariz para eles, mas com o tempo acho que estou simpatizando com o clima divertido que muitos falam que essa série tem.
    Então quem sabe não dou uma chance para esse.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi, olha uma amiga me indicou esse livro e eu estava meio relutante, pois nunca li nenhum romance de época (a não ser que a série Perdida encaixe aí)...comprei esse primeiro e tudo, mas não peguei pra ler, até por que nunca tinha lido nenhuma resenha dele ainda e eu sou meio...quer dizer...muito chata!!!! hehehe

    mas tua resenha me conquistou!!! Ela está linda e super bem escrita!!!

    Vou dar uma chance à leitura!

    Obrigada pela maravilhosa resenha e pela indicação!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Já acompanho seu blog há algum tempo e como acabei de criar o meu, vim te convidar para visitar e se quiser também seguir o meu:
    http://leitoresapx.blogspot.com.br/
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. OIie,

    Ah, a Julia, sem dúvida alguma é a minha autora favorita <3 E essa família? O Bridgerton são uns amores, amo por demais essa família barulhenta e amorosa. Achei que a Daphne teve uma grande ousadia de ter esse acordo com o gato do Simon <3 Já li até o quarto livro e já sei quem é Lady HAHAHA Adorei a sua resenha e sei que você irá gostar dos outros volumes.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?
    Essa é a minha próxima leitura e sua resenha só me fez querer ler ainda mais rápido!
    Vejo muitas pessoas falando muito bem dessa serie tenho certeza de que irei gostar e prevejo que não irei dormir até ler os 3 livros que comprei e vou surtar esperando os outros chegarem kkk

    Beijos :*
    Jess*
    http://www.lovebooks2.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Gaby.
    Menina eu também estava morta de medo de não gostar desse livro, mesmo! Mas é como você disse, assim que você pega não dá mais para largar, eu o peguei numa manhã de sábado e só sai dali na tarde do mesmo dia, morta de fome, mas feliz da vida, quantas risadas!!!
    Adore, e mais que recomendado, esse casal me conquistou completamente.
    Bjokas e adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Adoro a série "Os Bridgertons", inclusive "O Duque e Eu" é um dos meus preferidos. Todos são muito bons e cada vez mais ficam melhores.
    Abs, Meyre
    http://agoraqueeusoucritica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Seeeeei como é aquele livro que não consigo largar! Adorei saber que você teve essa experiência com Duque e Eu, porque confesso que tinha esquecido dessa série. Preciso lê-la... Depois da sua resenha, percebo que vou amar os personagens, porque adoro quando têm personalidades fortes e são espirituosos como parecem aqui. <3 O enredo também me atraiu. Vou ver se a obra ainda está em promoção nas livrarias virtuais (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Gaby

    Apesar de não gostar de muito assim de romances de época, gostei muito de conhecer O Duque e Eu. Gosto de romances leves e divertidos e que nos prendem! E pelo que você demonstrou ao longa da resenha esse parece ser um bom exemplar. Gosto de escritas simples e personagens bons.
    O que me deixa meio assim é ser 08 livros! sei que são independentes e tal, mas ainda tenho um receio.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que me sinto um pouco culpa/deslocada de ver tantas resenhas positivas a respeito desse livro, pois eu não gostei muito dele rsrs. Mas depois de ver tantas resenhas positivas eu pretendo o ler de novo ou ler o próximo livro da série, quem sabe dessa vez a leitura não flui melhor?

    ResponderExcluir
  13. Oi Gaby, tudo bem?
    Eu sou apaixonada pela série dos Bridgertons!
    Li esse primeiro livro super rápido, pois amei a história.
    Eu amei o Simon e a Daphne, não são meus personagens favoritos da série, mas gosto muito da personalidade deles e de como a história deles se desenvolve.
    Já li os 6 primeiros livros e mês que vem lerei o 7° e espero amar.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Faz um bom tempo que quero ler essa série, comprei os 4 primeiros e estão só esperando eu começar rsrs
    Falam tão bem dessa série que preciso conhecer esse casal.
    Ele fugindo de casamento e ela querendo um amor verdadeiro... Já imagino como será o final dessa história rsrs
    Parabéns pela resenha
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  15. bem, já eu confesso que achei o livro clichê... em boa parte dos romances de época que já tive contato, a premissa é mais ou menos do mesmo jeito: ela não quer casar por conveniencia, aparece um cara bonitão e misterioso e pá, e quando vc pensa que não tem nada a ver os dois juntos, explode alguma coisa... a questão que me intrigou no livro foi o jornal publicando a vida das pessoas da alta sociedade, deve ser no mínimo curioso o que esse jornal aborda... hahaha

    me desanima um pouco o livro ser o inicio de uma série, coisa que tô evitando, porque tenho trocentas pra concluir esse ano TT_TT e me falta tempo... vai que eu acabe curtindo a história, mesmo com elementos clichês e não tenha tempo de concluir??? xD

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Sei bem como são essas leituras que você não tem nem vontade de dormir, só quer continuar lendo até acabar... rsrs
    Tenho lido diversas resenhas dos livros dessa série, e confesso que ainda nem iniciei o primeiro. Mas eu amo romance de época, então muito em breve vou comprar a coleção e ler todos!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Ola lindona estou para começar essa série semana que vem, as capas são lindas, essa premissa sempre me deixa suspirando adoro histórias dessas farsas onde os protagonistas passam a se conhecer mais e se admiram por sua personalidade. Estou doida para começar a ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  18. Olá
    Sou suspeita para falar desse livro pois se tornou um dos meus livros favoritos e Simon tadinho, sofreu tanto nas mãos do seu pai, mas Daphne vai trazer um pouco de luz para vida dele, mesmo que ele custe a ver isso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oiee ^^
    Essas farsas nunca dão certo, não é? E essa é a melhor parte, ver os personagens fingindo fingir, quando já estão doidinhos um pelo outro ♥ Essa é uma das minhas séries favoritas, e parece que os livros só melhoram. Todos os personagens da autora são bem construídos (graças aos céus) e de personalidades fortes, então os romances são maravilhosos ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Gaby, eu morro de vontade de ler essa série, todo mundo sempre me fala tão bem que eu fico cada vez com mais vontade, e com a sua resenha não foi diferente. Nunca li nenhum romance de época e por isso acredito que seja uma boa começar por esse, parece muito bom!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  21. Oii!

    Não há uma alma viva nesse mundo que não ame essa série. E eu ainda não tive oportunidade de ler, acho que o enredo é beeem legal e muito envolente, eu li um livro que havia um Simon e a personalidade era a mesma, será que é mal de nome? hahahaha
    Adorei sua resenha e as fotos!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Oi Gabby, tudo bem??
    Adorei a sua resenha... achei um máximo.... sou louca para começar a leitura dessa série e farei ainda esse ano... curti demais a proposta da autora... sou louca para conhecer o humor ácido da fofoqueira de plantão e saber como desenrola essa atração entre o casal... sei que vou ficar viciada afinal adoro um romance de época... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Curti bastante a premissa do livro, tirando esse toque clichê que você citou no final. Estou esperando há tempos poder ler um romance de época, talvez essa seja minha estreia!

    Abraços, Heitor Botti
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/novidades-de-janeiro-josy-stoque.html

    ResponderExcluir
  24. Oiii
    EU adorei a resenha! Me deixou louca para ler o livro!
    EU não tenho os livro,mas a minha prima tem,então... Vou ir na casa dela amanhã! kkkkkkkk
    Eu sou louca por romances de época e sempre quero ler mais,esse mundo me encanta.
    Pela sua resenha,vou ficar sem minhas 8 horas de sono,trocar o dia pela noite,mas feliz! kkkk
    Obrigada pela dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá Gaby,
    Adorei sua resenha. O Duque e Eu é um livro incrível, adorei fazer a leitura.
    Porque sou apaixonada pela Daphne e o Simon, acho que eles são meu casal favorito de Os Bridgertons.
    É tão bom quando nos apaixonamos pela leitura.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bem?!

    Eu nunca li um romance de época, mas acho que vou gostar muito do gênero... Quero muito começar com esse inclusive! Eu sempre vejo resenhas positivas e elogios sobre essa autora. Ah, também amei a forma como os livros estão relacionados por contar a história de cada Irmao... Muito criativa essa ideia!

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Adoro essa série! Já li os três primeiros livros e curti muuuuito, como você. Como você disse, as vezes um clichê é bom rs. Tô muito ansiosa para conferir o livro que tem o Colin como protagonista *-* Parabéns a Juilia Quinn por ter criado uma família tão incrível e divertida né?!
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  28. Olá!!

    Dessa série, eu li apenas o livro 6, comecei pelo final quase kkk, e gente, que bando de louca desesperada pra casas as filhas! kkk Devia ser complicado viver nesse época!!
    Amei a escrita da Julia, muito envolvente! E o chame dela é esse clichê, você começa adivinhando o final, mas mesmo assim termina feliz da vida!!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  29. Dizer que sou loucamente apaixonada pela autora seria eufemismo da minha parte, Julia Quinn foi uma das primeiras escritora do gênero que tive a oportunidade de ler, ainda quando os livros dela eram lançados em formato de banca por aqui. Gosto muitíssimo da série Bridgerton e já estou com um pesinho no coração por ela está acabando.

    ResponderExcluir
  30. Oi, tudo bem?
    Acho que sou uma das poucas leitoras desse mundo literário que ainda não leu Julia Quinn. Tenho bastante curiosidade em começar essa série, mas não sei o que acontece, quando vou a livraria sempre acabo passando outro livro na frente e procrastinando a leitura. Vou procurar saber se a série já foi finalizada aqui no Brasil e deixarei para ler quando todos forem lançados provavelmente. Espero que seja logo e que a série supere as muitas expectativas que tenho.

    Beijos,
    Andy!

    ResponderExcluir