20 janeiro 2016

Resenha - A filha






"A NOITE DO DESAPARECIMENTO
Ela me contava tudo.
A polícia, a foto dela. Isso vai ajudar.
Mas a foto não mostra como seu cabelo brilha como ouro sob o sol.
Ela tem uma pintinha bem embaixo da sobrancelha esquerda.
Ela tem um leve perfume de limões.
Ela rói as unhas.
Ela nunca chora.
Ela ama o outono, quis dizer aos policiais. Ela coleciona as folhas que caem, como uma criança. Ela é só uma criança.
POR FAVOR, ENCONTREM MINHA FILHA.
UM ANO DEPOIS
Naomi permanece desaparecida. Jenny, sua mãe, está obcecada. A família se despedaçou.
Será que descobrir a verdade sobre Naomi é a única forma de salvar a família Malcolm?
Ou a verdade vai destruí-los de vez?
“Tenso e instigante.” — Sunday Mirror
“Emocionante.” — Sunday Express
“Inteligente.” — The Sun
“Viciante. Um suspense instigante que mantém a tensão até o fim devastador. — Main On Sunday
“Se na superfície este é um suspense sobre o desaparecimento de uma adolescente, a estreia de Jane Shemilt vai mais a fundo e explora o sentimento de culpa que assombra as mães que trabalham fora, algo bastante familiar para muitas de nós.” — Woman & Home
“Complexo e impressionante. Jane Shemil constrói a tensão camada por camada. Você não vai conseguir parar de ler.” — Tess Gerritsen, autora best-seller"

Livro:
 A Filha
320 páginas || Skoob || Editora: HarperCollins || OndeComprar








É fácil culparmos os outros por nossos erros ao invés de assumi-los. É fácil fingir que não viu, que não ouviu, que não teve tempo. É fácil se isolar, deixar os dias irem embora, as coisas voltarem para seus lugares por conta própria. Mas é preciso fazer o difícil. Prestar atenção, falar e ouvir. É preciso dar espaço, dar a mão, o coração, se necessário. É preciso fazer, qualquer mínima coisa antes que seja tarde. Fazer mesmo que isso pareça inútil, que pareça ser loucura, que pareça uma estrada sem volta.


"Mas, pensando bem, havia meses ela não queria mais conversar direito. Ted falava para eu não me preocupar. Ela é adolescente, está crescendo, ele diria. A água fria gelou minhas mãos e fechei a torneira. Crescendo ou se afastando? Preocupada ou retraída? As perguntas giravam em minha mente enquanto eu caçava o descascador de batatas na gaveta.''

Jenny Malcolm é uma médica que trata de pessoas carentes em uma comunidade e se dedica muito a seu trabalho, quase não tendo tempo para a família. Em um dia aparentemente comum, enquanto tenta empurrar para fora de sua mente os problemas que seus filhos podem ter, Naomi, a filha adolescente acaba desaparecendo sem deixar qualquer rastro.


"É difícil saber exatamente quando começou a mudar. Volto, passo e repasso pontos diferentes no tempo, para descobrir em que instante eu poderia ter alterado o destino. Poderia escolher quase qualquer momento da vida e lhe dar um formato diferente. Se eu não tivesse decidido ser médica, se Ted não tivesse pegado os livros de minhas mãos na biblioteca anos atrás, se eu não estivesse ocupada no consultório naquela tarde, se eu tivesse tido mais tempo. O tempo estava acabando, mas eu não sabia disso na época."

Enquanto Jenny se desespera e procura investigar junto com a polícia por todos os lados, acaba descobrindo também uma série de segredos que seus dias atarefados não lhe permitiam perceber. Segredos envolvendo Ted, seu marido, problemas com seus filhos gêmeos e uma vida que sua filha construiu para si sem a presença da mãe. Jenny então percebe, após tanto tempo que não tinha o controle da família e faz uma busca dentro de si e para entender tudo o que aconteceu e o que poderia ter mudado.


"Mas eu fazia, sim. Fazia muitas ideias. Todas estavam perto de mim por muito tempo. Fecho os olhos e me lembro da última vez em que estive no quarto dela. Mesmo naquele momento, eu poderia ter visto as pistas."

Jane Shemilt trás até o leitor a história da busca por uma adolescente, uma investigação para saber onde e com quem Naomi está, mas também nos mostra uma mãe culpada pela falta de atenção para os filhos, uma mulher cercada por segredos que não desiste de concertar sua família em pedaços.


"É assim que funciona na medicina às vezes, o pensamento me ocorre quando tiro o carro da garagem. É preciso olhar de novo, ou alguém pode olhar e conseguir o diagnóstico quando todo mundo já desistiu. Às vezes, é a coisa mais óbvia que ninguém pensou em fazer. O rosto de Jade parece flutuar no espelho por um segundo. Sempre vale a pena olhar de novo."

É fato é que eu adoro livros que envolvam mistérios como desaparecimentos e segredos de família, e os dois temas combinados me deixaram muito curiosa para conferir essa obra e a expectativa não me decepcionou. Defino esse livro como surpreendente e eletrizante. Ele intriga já pela sinopse e na minha opinião a história é ainda melhor. É um livro cheio de suspense, romance e drama e prende o leitor desde a primeira até a última página.

O que mais me chamou atenção foi o mistério que é mantido até o fim do livro e o leitor se surpreende de certa maneira com o que aconteceu com Naomi, eu não esperava. É possível também acompanhar de uma maneira muito intensa o sofrimento da mãe com a perda e os problemas surgidos na família, e isso é sentido de forma clara durante a leitura, enquanto o leitor dá várias voltas junto com Jenny para entender em que momento tudo se deteriorou.

Um dos pontos negativos é o fato do livro ser em primeira pessoa, o que nos impossibilita de conhecer o ponto de vista de outros personagens, E ver um pouco toda a situação pela visão de Naomi que foi algo que desejei muito.

Jenny foi o tipo de personagem que acabei amando e odiando. Por um lado ela tentou fazer o melhor que podia por todos depois do desaparecimento de Naomi, e por outro antes de tudo ela tentava ignorar os aparentes problemas, achando que isso passaria. Já Naomi era uma adolescente rebelde e insegura, pelo que podemos conhecer através da visão da mãe e pelas descobertas que aparecem no livro, só uma menina tentando se localizar e ser alguém em meio a um mundo adulto novo que lhe vai surgindo, e em vários momentos tive um sentimento de tristeza por ela.

O livro é dividido em 31 capítulos e narrado em primeira pessoa. Os acontecimentos passam em duas épocas distintas: em 2009 quando Naomi desaparece, e em 2010, um ano depois, quando Jenny relata como está a sua vida e reflete um pouco sobre os acontecimentos do passado. Essa mudança de tempos trás uma perspectiva ótima e faz com que consigamos entender todos os pontos, a parte do desaparecimento no calor do momento e depois ela sendo explorada de forma mais fria. A cada momento que trocava de época a curiosidade era aguçada ainda mais.

Não gostei tanto do título "A filha". Achei-o pouco instigante e se não tivesse lido a sinopse ele não teria me chamado atenção.

Esse é um livro que trata sobre perdas, não só perdas físicas mas também perdas quando se convive com uma pessoa. Perda por não haver diálogo e perda por falta de tempo. Recomendo muito, faz refletir e ansiar para saber o fim.

50 comentários:

  1. Olá Tamara.
    Também adoro um bom mistério e segredos, o relato que você fez do livro ne deixou bem animada, mas quando você falou da narrativa deu uma esfriada U.U
    Concordo com você quanto ao nome do livro não foi uma boa escolha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Por que você achou que esfriou seu interesse quando falei da narrativa? Por causa da primeira pessoa? Mesmo assim acho que vale muito a pena a leitura.

      Excluir
  2. Oi Tamara, tudo bem?
    Adorei sua resenha!
    Eu também amo esse tipo de livro que envolve mistério, suspense, desaparecimentos, segredos e tudo mais então fiquei muito curiosa com esse livro.
    O fato de ser narrado em 1° pessoa pra mim não é problema, já que eu até gosto desse tipo de narrativa.
    Espero ter oportunidade de ler em breve.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fico muito feliz em saber que você gostou da resenha, é um livro ótimo que não consegui largar até terminar.
      Boa leitura!

      Excluir
  3. Olá Tamara,
    Eu também não gostei muito do título, ficou sem graça.. acho que nem ia ler a sinopse!!
    Mas lendo sua resenha, imagino como a história é boa, daquelas que nos prende desde o começo. Eu fujo um pouco de drama, só leio por indicação e já imagino como devo ficar rsrs
    Eu imagino como a mãe ficou com o sumiço da filha, como ela deve ter si culpado :(
    Fiquei curiosa para saber que mistérios ela descobriu e como terminou essa história.
    Gosto bastante quando intercala o momento atual e o passado, ficamos imaginando tantas coisas *--*
    beijos e parabéns pela resenha, ficou show!!
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha.
      Pois é, esse título deixou um pouco a desejar, e parece que o pessoal não gostou muito da capa... Eu no geral vou por sinopses e quando encontrei essa imediatamente sabia que precisava ler.
      Esse tem drama, romance e mistério na medida certa. Vale a pena. Boa leitura!

      Excluir
  4. Oi,

    Minha nossa!!! Que trama interessante essa!!! Fiquei pra lá de curiosa para ler... Confesso que pela capa e título não me chamou atenção, nenhum pouco aliás. Mas tua resenha me fez mudar totalmente de opinião!

    Achei o tema bem original, apesar de ser comum, e estou super curiosa para ler!!!

    Ótima resenha!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise. Fico feliz que tenha gostado da resenha...
      Pois é, eu também gostei bastante da trama. Adoro thrilers psicológicos, e o fim é ainda mais diferente.
      Boa leitura.

      Excluir
  5. Gente, que livro é esse!
    Adoro thriller psicológicos e assim como você, adoro segredos de família. Sempre deixam a obra mais instigante. Gostei da intensidade da narrativa, bom sentir o que os personagens sentem. Também acho que se tivesse outros pontos de vista enriqueceria a obra.
    Mas gostei muito de conhecer e com certeza entrou na minha lista.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou meio viciada em Thriles psicológicos, penas que eles são pouco publicados, ao menos não encontro tantos.
      Que bacana saber que o livro interessou você, espero que goste.

      Excluir
  6. OOiiie,

    Como você também não achei o título do livro tão chamativo rs Adorei o livro, são temas que gosto, principalmente o tema, ai vem a questão de dos pais que não dão amor e nem importância aos filhos e isso acho que acaba fazendo o adolescente ficar com raiva :/ Gostei muito do livro, e dica mais do que anotada.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana saber que o livro te interessou. É, ele tem uma temática que nos faz pensar na nossa própria vida.
      Espero que você goste da leitura.

      Excluir
  7. Oiie *-*
    Sua resenha me deixou super curiosa! Adoro livros que me prendem e me deixam louca tentando descobrir o que aconteceu com os personagens na maioria das vezes eu erro, mas é bom criar algumas teorias né?! hehe Sem nem ter lido já estou pensando nos segredos que o marido pode estar escondendo pois uma esposa ausente coisa boa não deve dar, e ainda com filhos adolescentes em casa despertou ainda mais minha curiosidade.
    Confesso que se fosse pela capa e titulo eu não compraria (pois tenho essa mania de alem ler a sinopse ver a capa) pois achei ela bem simples, mas pela sua resenha vi que a estória é maravilhosa!
    Com toda certeza já entrou na minha listinha :)
    Obrigada pela dica :)

    Beijos :*
    Jess*
    http://www.lovebooks2.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jess. Adorei saber que minha resenha despertou a sua curiosidade. Pois é... são segredos bem fortes e alguns que eu nem imaginava. Esse livro vale muito a pena, mas parece que o pessoal não se atraiu muito pela capa dele.
      Tenha uma boa leitura.

      Excluir
  8. Olá.
    Tudo bom?
    Assim como você adoro um mistério e drama familiar. Achei legal a autora conseguir manter até o final esse mistério e fiquei curiosa para saber o que aconteceu com a filha dela.
    Assim como você acho que me chatearia com a narração em primeira pessoa, pois gosto de conhecer o que pensam os outros personagens nesse tipo de livro.
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mih.
      Fico feliz em saber que você gostou da resenha...
      é um livro ótimo, vale a pena a leitura.

      Excluir
  9. Oi, flor. Concordo com você sobre o título! Menina, não dava nada para o livro, mas achei a história bem instigante. Como você, gosto de mistérios e "casos de família", haha. Então, imagino que a situação do desaparecimento dessa garota provoque emoções e situações bem complicadas. Pena que a narrativa fica centrada ao ponto de vista de apenas um personagem.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fran.
      Pois é, mas mesmo sendo em primeira pessoa vale muito a pena a leitura.
      Parece que esse título e capa não chamaram muita atenção do pessoal, mas ainda bem que a resenha muda a opinião, né, risos.
      Vale a pena conferir!

      Excluir
  10. Oiii!

    Eu não conhecia esse livro mas com toda certeza sua resenha me deixou curiosa, acho que uma das possibilidades era deixar o livro narrado em primeira pessoa, mas com alguns capitulos com outros personagens pq isso daria uma visão maior e melhor da obra.
    Faz tempo que não leio livros em primeira pessoa. Gostei da obra, parece ser muito bom e bem escrito! Sua resenha está ótima ;)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, ana, fico feliz em saber que gostou da resenha.
      A ideia de ser mesclado alguns em primeira e outros em terceira é ótima.
      Mas de qualquer forma vale a pena conferir, é um ótimo livro.

      Excluir
  11. Oii, tudo bem?
    Eu gosto muito de livros de Suspense/Policiais. Eu confesso que a sinopse e capa do livro não me chamaram a atenção, mas a sua resenha está maravilhosa, fico muito feliz que você tenha gostado do livro. Com certeza ele está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Adorei saber que você gostou da resenha e que o livro entrou para a sua lista de desejados. É uma ótima história, espero que goste.

      Excluir
  12. Oi, Tamara!
    Ainda não conhecia essa obra, e se não fosse por sua resenha, não ia dar nada pelo livro, que capa mais estranha. :/
    Eu também adoro histórias com mistérios, por isso fiquei muito curiosa sobre o que aconteceu, ainda mais sabendo que a autora só desvenda no final. É meu tipo de leitura favorito!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie... Bom saber que a resenha conseguiu despertar a sua curiosidade... acho que a maioria dos leitores não gostaram tanto da capa, rs.
      Vale a pena a leitura!

      Excluir
  13. Ola Tamara lindona a cada dia vejo pessoas fazendo justamente isso ignorando problemas, empurrando com a barriga e quando eles surgem apontam os erros a outras pessoas, não podemos viver nessa correria absurda e deixar de lado nossa família, menina estou curiosa com o desfecho dessa trama e saber da filha que sumiu. Não conhecia o livro vou pesquisar para comprar. ótima resenha. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Joice. Que bom saber que você gostou da resenha... Verdade, a trama que o livro nos mostra acontece muito. Espero que tenha uma boa leitura.

      Excluir
  14. só pelo título, confesso que tbm não leria o livro... mas pelo desenrolar da história, acho que iria gostar dele... gosto de dramas desse tipo, e filhos desaparecidos mexem bastante comigo...
    fiquei curiosa se a protagonista consegue reencontrar a filha, ou não... e curiosa tbm, claro, com todo o processo de busca da mãe pela garota...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... desaparecimentos no geral são histórias que me deixam bastante intrigada, e esse livro me despertou desde o começo, porque li a sinopse dele.
      Espero que se tiver a oportunidade de ler, que goste muito!

      Excluir
  15. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, e mesmo não gostando muito de livros desse gênero, fiquei curiosa. É incrível como só percebemos o que temos após perder tudo, não é mesmo? Espero que os arrependimentos da Jenny não tenham sido em vão, fiquei curiosa para saber se a Naomi vai aparecer, e para saber o que aconteceu com ela.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Dri... pois é, as vezes é tarde demais para algumas coisas, mas para outras ainda é tempo.
      Se tiver a oportunidade de ler espero que goste.

      Excluir
  16. Oi Tamara, eu não conhecia o livro ainda e confesso que a sua resenha me animou bastante para ir atrás dele. Eu também tenho uma queda por livros de mistérios e segredos de família, por isso esse me parece um prato cheio. Já peguei a sua dica e com certeza vou tentar lê-lo!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Kétrin. Muito bom saber que o livro te deixou curiosa. Espero que consiga ler e que goste tanto quanto eu.

      Excluir
  17. Olá... Tamara, tudo bem???
    Menina que resenha maravilhosa é essa??? Adorei a premissa e a parte que acontece um suspense até os momentos finais do livro... isso aguçou a minha curiosidade, porque adoro um mistério para desvendar... gosto das pistas que o autor dá de forma sutil rs... bom o título também não gostei e pelo que contou da resenha, não achei tão pertinente a história, mesmo que conta sobre o sumiço da filha... bom essa é minha opinião inicial de quem não leu ainda rs... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, diana. Bacana saber que você gostou da resenha.
      Bom, a história é ótimo, caso resolva conferir espero que goste.

      Excluir
  18. Olá!

    Achei a premissa do livro bem interessante, gostei do final da sua resenha, pois acabei me identificando com as perdas de pessoas com qual você tem muito convívio. Vou procurar ler!

    Abraços, Heitor Botti
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/novidades-de-janeiro-josy-stoque.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Heitor!
      Fico feliz que gostou da resenha! Essa é uma história que vale muito a pena, espero que você goste!

      Excluir
  19. Oiii
    Eu não conhecia o livro,concordo com o que você disse sobre o titulo não ser chamativo. Mas sempre decido minhas leituras pela sinopse e a desse livro não deixa a desejar.
    Sua resenha me fez ver todo sentimento,romance e emoções envolvidas no livro.
    Foi bem estruturada e muito explicativa.
    A mãe deve ter ficado louca,né?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isabela. Bom saber que gostou da resenha. Eu também sou do tipo que vai por sinopses, nada mais me chama tanta atenção do que ela. ee.

      Excluir
  20. Olá!
    Esse título, como você disse, não foi muito atraente mesmo e eu não me sentiria tentada a ler o livro caso conhecesse apenas o título e não houvesse lido sua resenha.
    Gostei muito da sua opinião, pois acho muito bacana o mistério ser preservado até o final, torna tudo tão emocionante.
    Já anotei o título e espero gostar da leitura.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Bacana ver que minha resenha conseguiu te deixar curiosa. Espero que possa lê-lo em breve e que goste.

      Excluir
  21. Heey

    Gostei bastante do enredo e da forma como o livro propicia um questionamento sobre nós... A capa e o título nunca me chamariam a atenção, concordo contigo a respeito do título!

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Bacana saber que minha resenha te levou a se interessar pelo livro. Caso venha a ler, espero que goste!

      Excluir
  22. Oie Tamara!
    Não conhecia o livro, e confesso que se o visse em uma livraria iria passar reto por ele. Porém sua resenha me deixou muitíssimo intrigada, pelo que entendi o livro vai trazer uma forte carga emocional, e eu adoro livros assim. Principalmente se envolver conflitos familiares. Parabéns pela resenha muito bem pontuada ;)
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Fico feliz que tenha gostado da resenha e que ela tenha te deixado curiosa.
      Espero que goste da leitura.

      Excluir
  23. Oi!
    Adorei a resenha, ela até me deixou com vontade de ler esse livro! Não sou muito chegada ao gênero, mas como você disse que é um livro instigante fiquei curiosa para saber o que acontece com os personagens. Também não gostei do título e nem da capa, achei bem sem graça, rs.
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andy. Que bacana saber que você ficou intrigada. Caso venha a ler, espero que goste

      Excluir
  24. Olá Tamara!

    Sabe o que eu mais gosto nesse blog de vocês? Sempre encontro resenhas diferentes, livros que não conhecia, e isso é o mais legal de um blog!!

    Realmente, o titulo não é nada chamativo, eu não leria apenas de olhar para a capa. Mas a sinopse também me chamou a atenção. Como você, eu tb gosto de suspenses e tramas familiares, achei interessante a mudança de tempo, e pelo que notei, a filha permanece desaparecida após um ano. Muito bom, vou procurar saber mais sobre ele!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Andréa... Que bacana saber que gosta dos livros que trazemos. Procuramos sempre cobrir os livros das parcerias mas também trazer coisas que lemos e gostamos que valem a pena serem compartilhadas com os leitores.
      É um livro que vale muito a pena, espero que tenha a oportunidade de ler e que goste.

      Excluir
  25. Oi, tudo bem?
    Concordo com você sobre a questão do título, não daria nada pelo livro vendo só ele, provavelmente nem pararia para ver a sinopse. Também gosto muito de livros de suspense e, pelo que você falou, esse é um livro que iria gostar logo de inicio. Adoro livros instigantes, tenho a impressão que eles colocam o leitor ainda mais dentro da estória. Esse é um livro que lerei assim que possível, espero muito gostar.

    Beijos,
    Andy!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, andy! Que bom que você se interessou pelo livro, espero que curta muito a leitura.

      Excluir