03 novembro 2015

Resenha - Paris do Oriente





Em um bairro da cidade chinesa de Harbin, um refugio para famílias russas que fugiram da Revolução Comunista, Alina Koslova tem que tomar uma decisão importantíssima se quiser que sua única filha, Anya, sobreviva. São os últimos dias da Segunda Guerra Mundial e a situação da cidade é tensa. Mãe e filha se veem tragicamente separadas: Anya com apenas 13 anos, vai para Xangai, enquanto Alina é levada de volta para a Rússia. Para Anya o que poderia ser a salvação acaba se tornando o início de uma montanha-russa de descobertas, emoções, tragédias e mudanças intensas, quase inacreditáveis. Entre alegrias, tristezas, uma paixão avassaladora, fugas e recomeços, a única coisa que não muda em Anya ao longo dos anos é a certeza de que um dia ela e sua mãe vão se reencontrar. Paris do oriente é uma saga rica sobre as transformações do mundo no século XX e uma celebração do amor e da esperança, sobre a incerteza e a distância. Apaixone-se por este livro comovente e poderoso!
Livro: Paris do Oriente
446 páginas || Cortesia: Editora Fundamento || OndeComprar ||