23 outubro 2015

Resenha - Separada e Dividida





Alice, uma assessora de imprensa de 32 anos, decide dar a volta por cima em sua vida, logo após enfrentar a crise do término de seu casamento. Com a tarefa de cuidar de um bebê de um mês e das filhas gêmeas de cinco anos, ela reavalia seu papel no mundo atual, onde a mulher tem que dar conta de inúmeras funções sem borrar o batom, quebrar o salto alto ou descabelar-se no processo.
No melhor estilo mulher moderna era pós-industrial, na qual o aspirador de pó prometia ser o símbolo da solução para as tarefas domésticas, Alice reconhece que está sobrecarregada e que necessita, antes de tudo, olhar para si, para então reiniciar sua caminhada de forma mais leve, feminina e feliz.
Alice não vive no País das Maravilhas... Mas sabe que pode sim sentir-se num conto de fadas, se assim desejar, desde que seja responsável por suas escolhas. Alice não é biônica, perfeita e nem uma super-heroína. Alice é apenas uma... nova mulher!

Livro: Separada e Dividida
192 páginas || Skoob || Autora Parceira: Clélia Gorki || OndeComprar