04 novembro 2015

Resenha - Em Busca do Amuleto de Aloni






Daniel não imagina que depois de viver anos em uma metrópole, vai encontrar em uma pequena cidade, a grande aventura de sua vida! Juntamente com seus dois melhores amigos, Júlio e Marcelo, descobre a Mata do Anatema, cercada de lendas e mistérios.
Mas será possível que tudo o que falam sobre esse lugar seja verdade? Chegar um pouco mais perto não vai fazer mal nenhum... ou vai?
Uma aventura cheia de desafios, coragem, criaturas fantásticas e, principalmente, superação de limites! “Em Busca do Amuleto de Aloni”, o primeiro livro da série “As Quatro Portas do Tesouro”, traz aos jovens leitores uma história bem humorada e cheia de emoção, aventuras e fantasia, que vai capturar a atenção de jovens e crianças de todas as idades.

Livro: Em Busca do Amuleto de Aloni
235 páginas || Skoob || Autora Parceira: E.Samuel || OndeComprar ||










Daniel, Marcelo e Júlio andavam de bicicleta em uma estrada de terra e aos poucos estavam se aproximando da misteriosa Mata de Anatema. Ao se aproximarem, Júlio tenta de alguma forma voltar atrás, pois não queria seguir adiante. Marcelo por outro lado o compreende e também pára, pois sabia que ali já haviam acontecido muitos desaparecimentos de pessoas que nunca mais foram vistas.

Havia muitos boatos sobre isso pela cidade, principalmente sobre um homem que enlouqueceu e nunca mais voltou a ser o mesmo. Mas o lugar ainda continuava sendo um mistério, porque as pessoas tinham muito medo.

Já Daniel achou estranho o comportamento dos amigos e ficou bastante curioso sobre todo o mistério que estavam fazendo, então depois que eles resolvem lhe contar tudo que já havia acontecido, o menino simplesmente não acredita e de alguma maneira se sente o tempo todo atraído para adentrar naquela mata e saber o que esse lugar esconde.

"Daniel olhou novamente para a floresta. Parecia que ela brotava no meio do nada, destoando de todo o resto da vegetação ao seu redor. Ele se virou e viu o olhar apreensivo dos amigos. Sorriu ao perceber que ali havia algum mistério, algo não estava certo. Sentiu os pelos dos braços se eriçarem."

Então assim que tudo lhe é contado os garotos resolvem ir embora, mas Daniel, assim que retorna para casa, não conseguia de modo algum tirar o lugar de sua cabeça e tinha vontade de saber mais e descobrir o que realmente existia lá. Ele era diferente dos amigos e apesar de serem somente estórias contadas pelas pessoas, não o fariam mudar de ideia.

‘’Aquele lugar é muito estranho’’ – pensou – ‘’e, obviamente, Júlio e Marcelo levam muito a sério aquela história de assombração. Mas não pode ser tão ruim assim, o que pode ter ali dentro além de um monte de mato?"

Então um dia, após a escola, Daniel e Júlio foram almoçar na casa dos avós de Marcelo que havia lhes contado que seu avô Nonô sabia de algumas estórias sobre a Mata de Anatema e então assim eles descobrem algumas coisas interessantes, mas não o suficiente. Então, seu Nonô os aconselha a procurar uma senhora que vivia em uma casa que todos tinham medo de se aproximar, mas que era a única pessoa que sabia sobre as estórias por estar vivendo há mais tempo ali.

Eles acabam tomando coragem e se aproximam da casa e lá eles conhecem e conversam com D. Aida e assim que vão embora combinam de dar uma espiada no dia seguinte na Mata. Só que o problema é que assim que começam a entrar para dar explorada no local, eles não conseguem mais encontrar o caminho de volta e é a partir daí meus caros leitores que a nossa aventura realmente começa, onde eles terão que se UNIR para poder cumprir com uma missão muito importante se quiserem realmente retornar para casa.


Já fazia um bom tempo que estava curiosa em ler esse livro que apesar de ser uma literatura juvenil, conseguiu me agradar muito pela narrativa bem desenvolvida que é feita em terceira pessoa. Também pela maneira que a autora consegue logo nas primeiras páginas nos prender na estória. Foi uma leitura leve e descontraída que estava precisando bastante.

A trama é muito bem desenvolvida e os personagens muito bem elaborados. Cada um com sua personalidade que os tornam bastante especiais. Os lugares descritos foram muito bem detalhados para que eu pudesse me imaginar dentro do livro, mas confesso que sendo um livro de fantasia, apenas senti falta de mais seres mágicos durante a caminhada dos meninos pela floresta e seria muito bom se a autora tivesse dado mais tempo com eles perdidos para que houvesse mais acontecimentos que os levassem ao local onde toda a estória realmente se inicia. Enfim... Não tenho do que reclamar e por isso indico esse livro para todos os jovens que querem começar o hábito da leitura com um bom livro que com certeza fará esse hábito se tornar uma paixão. É realmente interessante o misto de mistério e fantasia que a autora aplicou. Pra quem gosta do gênero é um prato cheio.

Esse livro será uma trilogia, mas mesmo assim fiquem tranquilos, porque nesse primeiro livro já temos um desfecho bastante satisfatório que dá abertura a uma continuação sem aquela sensação de “quando sai o volume 2?”

Quanto à diagramação do livro, eu achei a arte da capa ficou muito linda, até porque chama nossa atenção, possui uma fonte de um tamanho bastante agradável. Contém páginas brancas e foi feito com bastante simplicidade, um belo trabalho, mas que ainda pode ser melhorado com ajuda de alguma editora que com certeza não vai se arrepender em conhecer a estória e o talento da Autora E.Samuel.

A lição que o livro ensina é bastante importante, principalmente nos dias de hoje, porque além de falar de amizade e coragem, também nos é mostrado o efeito que a ambição e o egoísmo do homem causam a ele mesmo. Quem quer TUDO para si, acaba ficando com nada. Vale muito apena vocês estarem conferindo!



******




E.Samuel nasceu na cidade de São Paulo em 1974. Seu gosto pela leitura começou cedo, quando por volta de oito anos de idade, leu seu primeiro livro. A partir daí, nunca mais parou e a leitura passou a ser uma parte constante de sua vida. Com cerca de 12 anos se enveredou em sua primeira aventura literária, onde escreveu seu primeiro conto, que no futuro daria origem ao que é hoje o livro “As Quatro Portas do Tesouro – Em Busca do Amuleto de Aloni”.

Aos 18 anos ingressou no curso de Engenharia Agrícola na UNICAMP, onde se formou em 1997.  Morou em Campinas por alguns anos até voltar para São Paulo em 2001. Durante o período que esteve em São Paulo, começou a reescrever o seu conto de infância. Em 2002 mudou-se para o Canadá, onde viveu por 12 anos.  Durante sua temporada no Canadá, E. Samuel fez o curso de “Advanced Fiction Writing” no “Centre for Extended Learning and Professional Development” da “University of Waterloo”.

Durante esses anos, E. Samuel continuou trabalhando em seus livros, além de ser colaboradora eventual em revistas e blogs brasileiros locais. Em 2014, lançou no Canadá e no Brasil o livro “Em Busca do Amuleto de Aloni”, o primeiro livro da série “As Quatro Portas do Tesouro”.
Atualmente, E. Samuel mora com seu marido e seus filhos no estado de New Jersey nos EUA.

27 comentários:

  1. Amo ler livros juvenis porque normalmente são mesmo leituras leves e descontraídas, e gosto de utilizá-los para fazer pausas entre leituras mais complexas. Que bom que a história te prendeu desde o início, e que a trama e os personagens foram bem trabalhados. Adoro seres mágicos e com certeza acho que quanto mais deles melhor, mas de repente ainda aparecerão mais deles nos outros volumes. Gostei de saber que o final não é desesperador, e com certeza leria.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga o livro é muito gostoso de ser lido
      Acho que você iria ler em uma sentada.
      Eu já leio aos poucos, mas vale muito a pena viu?
      Acho que é uma boa mesmo para você ler após alguns livros assim cansativos.
      Enfim...

      Excluir
  2. Eu não costumo ler seguidamente livros juvenis. Nos últimos anos, li mais os infantis, por ter criança em casa. Mas agora, com a proximidade da pré-adolescência, terei que começar a mudar isso. Gostei muito dessa dica, pois parece ser uma história bastante dinâmica, sem contar que a meninada adora um misteriozinho. Para falar a verdade, eu também gosto! Como não li o livro, não posso ter muita ideia sobre a quantidade de seres mágicos na floresta. Mas uma coisa posso dizer: em se tratando de fantasia, seres mágicos nunca são demais. Me agradou o fato de os personagens serem bem elaborados. Sou do tipo que cria vínculo com os personagens. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha pode ter certeza que seus pequenos vão gostar bastante desse livro.
      Além de ter mistério, contém muitas aventuras que vale a pena viu?
      Tenho certeza que irão adorar.

      Excluir
  3. Olá

    Não conhecia o livro e nem a autora,mas gostei da premissa, você citou na resenha que a estória te prende,quando você começa a ler,mas acho que até a resenha já começa a prender o leitor, porque você quer saber o que tem na floresta, a capa realmente é bonita,quanto a continuação não sei,tem livros que a continuação não é legal,só que no caso só lendo pra saber,adorei a resenha.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o fato que eu adorei a leitura.
      É um livro bem gostoso de ser lido e acho que todos deveriam dar uma chance, ainda mais em se tratando de uma autora nacional né? Eu acho que vale super a pena. Leia,porque é muito bom até para descansar um pouco de outras leituras =]

      Excluir
  4. Olá Silvana,
    Não conhecia nem a autora e nem o livro, gostei bastante da sua resenha e me deixou intrigada com ele, pois é bastante dificil encontrar um livro que nos prende e ainda aquele gostinho de quero mais.
    Beijos
    Eu e meu vício chamado Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amiga tenho certeza que o livro vai te prender assim que começar a leitura.
      Já fiquei bastante curiosa com a tal da mata assim que iniciei a leitura.
      Tenho certeza que vai gostar bastante. LEIA!

      Excluir
  5. Olá!

    Conheci o livro e a autora através do seu blog. A premissa até é interessante, mas não curti muito, enfim, não é um livro que leria, esse gênero de fantasia não faz muito meu estilo.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amiga você não sabe o que tá perdendo viu?
      Mas eu acho que isso é de gosto mesmo, mas quando tiver oportunidade dê uma chance, porque é sempre bom conhecer autores nacionais e suas obras. Acho que vale a pena. Eu adorei a estória e quero muito ler a continuação, porque quero saber o que virá pela frente =D

      Excluir
  6. Olá Sil,
    Adoro livros juvenis, sempre os devoro em pouco tempo.
    Gostei muito de o livro trazer uma lição sobre amizade, pois, hoje em dia, muito pouco se vê disso. Fiquei curiosa para conhecer a D. Aida e saber o que acontece quando eles estão na Mata. Também é bacana saber que, mesmo sendo uma trilogia, o livro possui um final, pois é muito ruim ficarmos desesperados pela continuação rs.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Ah... eu adoro livros juvenis e quando eles tem uma grande mensagem junto não tem como não querer ler. E olha que no começo da resenha eu já estava achando que o livro não iria entrar na minha lista, mas fiquei bem curiosa depois de terminar a resenha.
    Gostei de saber que mesmo sendo trilogia o livro conta com um final... detesto quando as histórias ficam em aberto...

    Beijinhos,
    Lica
    amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá Silvana!!!!
    Amei (quase) tudo o que eu li aqui.
    Me encantei pela estéria, pela fantasia, que eu amo, só não gostei das páginas brancas!!!
    Não consigo gostar dessas benditas páginas brancas e o único que li assim foi HP...
    Concordo contigo em relação à capa. É uma graça!
    Anotada tua indicação para os jovens....hehehe...mas eu vou atrás dessa obra também! É bem o estilo que eu gosto, apesar de tu ter me enganado um pouco...no início da resenha imaginei um livro tenso, mas ao longo da tua narrativa vi que estava errada e me parece aquele tipo de leitura que flui com naturalidade!
    Bela resenha,
    Beijinhos,

    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  9. Olá Sil!!

    Nunca tinha visto esse livro, que capa linda!! Até pensei que era uma publicação da Galera ou da Benvirá!
    Eu não gosto desse tipo de leitura, mas eu anoto tudo do gênero para ler para meu filho (assim que ele tiver um pouco mais de idade rs) Esses livros que trazem mensagens para formação de caráter são extremamente importante par aos pré adolescentes!
    Obrigado por nos apresentar! <3

    Bjus!!
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  10. Oiiie
    Sua resenha está ótima, não conhecia o livro mas parece ser interessante apesar de não ser meu gênero, vou recomendar a alguns amigos haha que bom que a leitura te agradou

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não sou muito de ler livros juvenis Silvana, mas fico feliz de saber que há livros de qualidade sendo feitos para as crianças e achei essa capa encantadora. *-* Ao concluir a sua resenha fiquei até com vontade de conferir a história de Em Busca do Amuleto de Aloni.
    Desejo muito sucesso para a autora E.Samuel! *-*

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    A capa está belissima mesmo! Nisso a Editora caprichou, mas o fato de ser páginas brancas deu meio que uma desanimada. Sua resenha foi clara, porém contida, o que é legal! Mas, a premissa do livro não me prendeu, acho que por ser um infanto-juvenil, ando procurando ler coisas mais na minha faixa etária.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Sei que não devemos julgar o livro pela capa, mas essa me conquistou e me chamou atenção leria por ela sério rs.
    Diante de sua resenha e da premissa da obra, fiquei ainda mais interessada, gosto de livros juvenis.
    Outro ponto que foi além das minhas expectativas sobre esse livro é a lição que ele passa aos leitores, que hoje em dia é tão importante como você mesmo mencionou, sempre gosto de livros que faz além, que nos faz viajar pela história e que nos agrega algo.
    Parabéns pela resenha, dica anotada.
    Beijos Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  14. Oi Silvana!
    Menina, eu estou doida para ler esse livro já faz um tempinho. Eu adoro livros infanto juvenis, eles conseguem curar uma ressaca literária rapidinho. Sem contar que histórias com com personagens mais jovens são sempre mais divertidas, né verdade?
    Não sabia que ele tinha continuação, achava que era livro único. Mas se tem um final fechadinho é legal, eu fico morrendo com livros que terminam em uma parte crítica e a gente tem que esperar continuação. Sou extremamente ansiosa! hahaha
    Vou ficar de olho em promoção, vou colocar como meta para 2016. ;)
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Eu não conhecia o livro, mas como leio quase tudo e adoro livro infanto-juvenil fiquei curiosa para ler.
    Li uns meses atrás um com uma história parecida e gostei bastante
    Lindas as fotos!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Silvana ❤
    Já tinha visto esse livro em outro blog e não tem como esquecer essa capa tão chamativa.
    Não curto muito o gênero mas se tivesse filhos certamente compraria. Parece uma historia incrível e bem desenvolvida e autora construiu bem os personagens e cenários.

    Abraço e Bons Livros

    ResponderExcluir
  17. Olá. Gosto de livros juvenis e que contém tipo alguma lição de moral. A graça desses livros é ação e o mistério e eu gosto muito disso em um livro. Confesso que fiquei um pouco receosa em ser uma trilogia, mas com certeza irei marcar nos desejados e quem sabe um dia eu dê uma chance.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Silvana,

    Livros com esse tipo de capa já me chama atenção. Em busca do amuleto de Aloni, por ser um livro de fantasia, merece um destaque na minha estante. Sua resenha me deixou curioso para saber qual é a personalidade de cada um dos personagens que estão na capa do livro.

    Abraços!
    http://surpresasnaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Silvana, tudo bem?

    Adoro livros juvenis, principalmente quando são de fantasias. Acho que eles são tão gostosos de se ler, e mesmo assim nos ensinam tanto. Eu baixei esse livro quando estava de graça na Amazon e fiquei bem curiosa, adoro personagens bem desenvolvidos e é ótimo que mesmo sendo uma trilogia, dá um bom desfecho e não ficamos totalmente desesperados pelo próximo. Eu realmente amo criaturas mágicas, e é uma pena que não vimos tanto delas.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  20. Ooi,
    Não conhecia o livro mas achei a capa muito bonita, mesmo sendo infanto juvenil sua resenha fez parecer que a leitura é muito leve e agradável, gostei da dica.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Eu particularmente não gosto desses finais com gostinho de quero mais sabe? Pq acabo sempre ficando na vontade e séries não estão na minha prioridade.
    Sobre o enredo fiquei feliz que tenha te agradado mesmo não sendo seu gênero favorito é ótimo quando isso acontece.

    Não é uma leitura que faria no momento mas quem sabe um dia!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi Sil!
    Que livro fofo! ♥
    Capa linda, enredo interessante e ainda sobre aventuras, é tudo o que estou precisando ler. Ando tão cansada de romances, que estou louca por algo assim, e ser nacional só aumenta minha vontade de ler.
    Bjs!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir