21 maio 2015

Resenha - O Círculo de Pedra





O que você faria se tivesse que guardar o maior segredo de todos os tempos e nunca... Nunca pudesse revelá-lo a mais ninguém? E se tivesse que conviver com um segredo tão incrível que mudaria sua vida para sempre? Cinco jovens estudantes descobrem um segredo guardado por quatrocentos anos que os fará viver a maior aventura de suas vidas. Eles serão levados a descobrir coisas inacreditáveis nessa fantástica jornada, desafiando constantemente suas habilidades, inteligência e coragem. E quanto a você, seria capaz de guardar o maior segredo de todos os tempos?





600 páginas || Skoob || Autor Parceiro: Ricardo Costac ||
 Classificação: || Onde Comprar ||










O livro começa em 1539 e somos apresentados a um naufrágio, onde o único sobrevivente acorda numa ilha misteriosa e se depara a uma cena que nunca esquecerá.

O silêncio foi quebrado por um grito apavorante que deveria vir de onde o seu nariz apontava. Ele correu e viu mais a adiante uma intensa luz emanando do que poderia ser a entrada de uma caverna. Seu impulso de aventureiro fez com que ele ali entrasse, apoiando-se nas pareces rochosas, sentindo estranhamente uma forte pressão nos ouvidos, que reduziu sensivelmente sua audição. Passo a passo, prosseguiu na direção da luz que lhe era mais e mais brilhante. Foi naquele instante que o capitão ficou estarrecido ao deparar-se com aquela coisa. Seus olhos se arregalaram diante da visão aterradora. Algo que ele jamais esqueceria enquanto vivesse.

Logo depois nós nos encontramos em 1932, onde Daniel, Margaret, Rafael, Marc e Chester são um dos aprovados para estudar na escola mais exigente do mundo que se localiza na Ilha da Coroa - um local no Brasil que só é possível chegar de navio.

Ao seu modo, alunos previamente selecionados estariam vindo de todas as partes do mundo para estudar em uma das escolas mais eficientes de todos os tempos, e seguramente, a mais estranha.

A viagem havia sido tranquila, mas quando eles colocam o pé na ilha esse pensamento muda. Eles formam um vinculo de amizade super forte, e juntos tentam desvendar os inúmeros mistérios que a ilha esconde. Mesmo sendo vigiados 24 horas por dia, isso não é motivo para deixar a curiosidade passar. Logo eles percebem que a floresta é um local onde ninguém jamais pode entrar, e lógico que eles não iriam deixar essa passar. Então eles embarcam numa aventura com vários mistérios e segredos com ajuda de grandes professores.

O que será que o grupo de amigos encontrará pela frente? Quais perigos eles terão que enfrentar? Será que as lendas vivem? O Circulo de Pedra é o livro perfeito para mostrar que sim. Lógico que eu não irei falar mais que isso porque o medo de passar spoilers é enorme!!

- Mas nunca é tarde, pois os nossos sonhos nunca morrem, eles vivem em algum lugar eternamente. Por isso, Daniel, eu disse que gostaria de viver com as lendas, pois só as lendas vivem para sempre.

Eu tenho que confessar que logo no começo do livro eu senti uma certa dificuldade, mas mesmo assim eu tentei deixar de lado e as coisas começaram a melhorar. E muito! O livro é repleto de aventuras e mistérios que nos deixam intrigados do começo ao fim! Fiquei criando várias teorias na minha mente, mas adivinhem? Nenhuma funcionou. Não dá para deduzir o que virá pela frente.

- Às vezes as nossas decisões são tomadas pelo que sentimos e não pela razão.

Os personagens são bem curiosos. Cada um tem a sua própria nacionalidade e característica, e acabam nos cativando. Você entra num mundo como se estivesse na mente dos personagens principais, e isso é bom porque deixa a leitura mais realista e cada vez mais interessante.

Margaret - ou Meg - e Daniel são irmãos. Meg é teimosa e odeia ser chamada de criança. Tem o poder de persuasão e é muito querida. Daniel não é diferente. Ele também é teimoso, e chega a fazer competição com a irmã de quem é o melhor; Rafael é o mais certinho do grupo. Tenta não se meter em confusões por causa da família, por isso é bem focado nos estudos; Marc é um francês amante da música. Sabe decifrar notas musicais de longe, e logo quando entra na escola é chamado para dar aulas de música; Finalmente Chester, o amante de animais; Esses personagens se tornaram grandes amigos, e percebi que o livro mostra bastante isso. A união e a importância de uma amizade verdadeira.

- Um dia essas lembranças estarão enevoadas em sua mente como um sonho distante mas nunca se apagarão. 

Claro que houve outros grandes personagens que me cativaram também, como o professor Roger. Não irei falar de todos porque são muitos, mas posso afirmar que cada um tem o seu jeito de ser. São misteriosos e não deixam a desejar, ao contrário, deixam a história com mais ação e você fica cada vez mais curioso para descobrir o porque que aquele personagem te deixa tão motivada para saber o seu segredo.

A diagramação é simples, mas mesmo assim é bem caprichada. Essa capa é bem linda em minha opinião, além de ser bastante curioso. A primeira vez que eu vi esse livro fiquei reformulando na minha mente "o que esse detalhe da capa quer dizer? Preciso descobrir". Além disso, não encontrei erros durante a leitura, mostrando assim toda a atenção e capricho a respeito desses detalhes.

- Lendas... Lendas tão antigas criadas por gentes ignorantes e supersticiosas. - Voltou o olhar para o mar azul-turquesa. - As pessoas adoram acreditar na veracidade dessas bobagens para tornarem as suas vidas menos monótonas.

Queria pedir desculpas pela demora, mas o livro tem 600 páginas e uma obra com essa quantidade deve ser degustada e lido com o maior cuidado. O livro é rico em detalhes e faz você viajar para outro mundo. Ele é grosso, mas sei que não irão se arrepender caso tenham interesse em ler, porque a quantidade de sensações que ele nos dá é interminável. O autor aborda vários temas místicos, e eu adorei porque amo isso!! E  também percebi que ele não se perdeu em nenhum momento na história. Tudo vai se encaixando conforme as páginas passam.



Queria muito agradecer o autor por ter disponibilizado o livro para que eu pudesse fazer essa resenha para o I LOVE MY BOOKS. Eu mais que recomendo o livro! Eu adorei e tenho certeza que vocês irão adorar se aventurar nesse novo mundo.

E você, seria capaz de guardar o maior segredo de todos os tempos?



******




Ricardo Costac nasceu na cidade do Rio de Janeiro no verão de 1961. É formado em História e em Geografia, e por alguns anos lecionou em cursos de pós-graduação que lhes foram particularmente gratificantes. Atua profissionalmente na indústria farmacêutica onde conheceu muitos amigos e pessoas interessantes. Desde muito jovem é um apaixonado pelas questões de Astronomia, Arqueologia e Geologia. Sempre foi um dedicado frequentador de museus de diferentes áreas do conhecimento e por toda a sua vida esteve rodeado de livros que o inspiraram a escrever a sua primeira obra. Casado e com dois filhos, mora atualmente em Curitiba no Paraná. O Círculo de Pedra é o primeiro de dois volumes de uma grande aventura que atravessa quatro séculos.




Escrita pela colaboradora: Ana Lima   ( já não faz mais parte da Equipe )


Nenhum comentário:

Postar um comentário