23 abril 2015

Resenha - Mundo Cão




Unindo elementos de literatura marginal com sentimentos altruístas, surge Mundo Cão, que narra, em primeira pessoa, a história de Pedro Contino, um jovem que so­fre desde cedo por conta das peripécias da vida, e, por mais que busque o melhor, vê, em sua sombra, o caos. Morador da favela Roda Vida, Pedro poderia ter traçado qualquer caminho, mas a vida escolheu um em especial. Mesmo em meio à ausência de recursos, é apresentado à literatura por um vizinho mais velho, e, por conta dela, cria uma importante consciência social. Guiado por músicas e livros, ele logo percebe como tudo funciona. Indigna-se e, amargamente, percebe que não tem poder para realizar uma mudança no mundo... O caos já faz parte dele, envolvendo-se com drogas, álcool, e, para completar, com as mais belas e loucas mulheres.


166 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Século || 
Classificação: || OndeComprar ||










Pedro Contino é um jovem que foi criado por seus avós, ele mora na favela Ronda Alta em Salvador onde não é um lugar privilegiado para se viver, e por isso, desde cedo teve diversas oportunidades para entrar no mundo dos crimes. Mas ele sempre viu o mundo de uma forma diferente, ele tem o desejo de poder mudar seu futuro e fazer sua história novamente.

Sempre incentivado para a leitura por seu vizinho Luís, um ex professor de Sociologia na Universidade de Bahia, Pedro se encontrou nos livros e a esse novo mundo em meio às páginas, onde ele poderia viver qualquer história que ele quisesse. Ele se apaixonou pela maneira como Bukowski escreve, assim o tornando sua inspiração.

Com essa visão de um mundo melhor, Pedro vai em busca de melhorias para sua vida, ele procura um emprego e uma casa nova. Se sentindo realizado financeiramente e espiritualmente, ele acredita que tudo está ao seu favor... até que as coisas começam a virar de pernas para o ar.

"Afinal, o mundo não é uma maravilha. O mundo é muito pior. Ele não é uma caixinha de surpresas. O mundo é ação, reação e lógica. Ele não vai pegar leve na hora de reagir, afinal, não é completamente belo, devemos saber disso. O mundo é um cão raivoso prestes a lhe devorar. E você deve conquistar uma parte dele antes que seja tarde demais e ele lhe tenha engolido por inteiro."

Com uma escrita em primeira pessoa, podemos ver em primeira mão a visão de Pedro sobre a sociedade, sobre suas revoltas e seus medos. Ele nos conta sobre a favela onde vive e sobre os demais moradores, pude imaginar o cenário em minha volta e tomei um choque de realidade, pois é tudo muito real, essa é a realidade de muitas pessoas.

Mundo Cão é uma leitura excepcional, o autor está de parabéns por ter me proporcionado uma leitura que fugiu dos meus padrões, mas que se tornou essencial. Com uma narrativa simples, o leitor consegue refletir sobre os padrões de vida, a questionar nossos próprios medos e superá-los.  


Se você procura uma história de amor com um final feliz, não aconselho a leitura. Mas se você está a procura de uma história com um drama de vida e a dura realidade, vá em frente que você vai gostar de conhecer mais sobre a história de Pedro, mas já vou avisando que o livro está recheado de palavrões, o que não me incomodou. Com um final que eu nunca teria previsto, o autor me surpreendeu com suas escolhas, mas que de certa forma, fez jus ao livro.

19 comentários:

  1. Fiquei interessada! Você conseguiu gerar curiosidade na resenha.
    Já estou querendo.
    Nuito bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamara, fico feliz que você tenha gostado. O livro realmente é bem curiosa, vale a pena a leitura :D

      Excluir
  2. Estou com medo desse final aí heim. Só consegui pensar em uma coisa que eu não deveria ter pensado pois perde a graça de ler, mesmo eu gostando de finais desse tipo kkkkkkkkkkk.
    Acho que eu leria o livro sim, pois as vezes é bom encarar a vida real.
    Adoro esse tipo de história onde o personagem quer alcançar um objetivo, crescer na vida.
    Não conhecia o livro. Parabéns pela resenha Kétrin, ficou perfeita.
    Beijos

    Coleções Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, fico feliz que tenha gostado! O livro nos da uma dura realidade, tudo nele é muito real e nos faz pensar, principalmente que realmente existem pessoas que passam por tudo o que acontece com o personagem principal, todos os dias.

      Excluir
  3. Kétrin, parece ser uma história bem chocante.
    Acho que é porque lembra muito do nosso meio.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre o livro, acho que leria sim.
    Acredito que até mesmo os palavrões dão mais proximidade com o nosso dia a dia.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déborah, concordo com você que os palavrões existentes no livro nos faz encarar mais a realidade, pois é tudo muito próximo. Se você ler, tenho certeza que vai adorar!

      Excluir
  4. Kétrin pra começar tenho que confessar que gostei bastante da sua resenha, até porque eu achei a trama bastante interessante, embora não tenha me chamado tannnntaaaaa atenção assim, mas eu acho que só vou saber se é bom ou não lendo, porque não tem outro jeito. Mas achei que você abordou muito bem tudo sobre a história e foi bastante direta. Parabéns amiga e continue assim viu?

    ResponderExcluir
  5. Oie Kétrin ^^
    Uau,esse livro parece ser um "back" e tanto ne? To curiosa para saber o que aconteceu com Pedro! E esse final? To super curiosa! Adoro/odeio finais imprevisíveis ><
    Se eu achar em promoção por aqui,com certeza irei comprar!
    Beijos

    Visite:Cantinho da Bruna || Participe do Top Comentarista de Abril || Sorteio rolando, vem participar ^-^

    ResponderExcluir
  6. oii
    não conhecia esse livro, a premissa dele parecee ser interessante e tocante, pela resenha leria esse livro, as vezes é bom fugir da zona de conforto.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Kétrin como sempre suas resenhas são incríveis, pela capa e sinopse o livro não me atrairia! Mas lendo sua resenha me senti contagiada! Adoro finais assim, que nos tiram dos eixos!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu não tinha me empolgado para ler o livro, mas sua resenha me deu outra visão sobre a obra, sabe?
    Adoro histórias dramáticas, então acho que essa é bem minha cara!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Kétrin, o livro parece ser interessante e abordar uma história realista e triste.
    Não estou num bom momento para ele agora. Mas, sua resenha me despertou curiosidade. Vou anotar a dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oláaa,
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro, e achei a história muito interessante.
    Eu gosto muito de romance, mas também gosto de poder encarar um pouco da realidade, sabe? Então acho que esse livro será uma ótima leitura, porque é algo real que está acontecendo toda hora no nosso país.
    Bem, eu já imagino o final. Espero que não seja isso que eu estou pensando... Mas estou com medo, haahah
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oieee, eu simplesmente amei esse quote que você escolheu para colocar na resenha <3 Eu adoro livros que me desnorteiam e me façam pensar e reagir a algo que se passa na nossa realidade de mundo mesmo. Mundo Cão parece ser intenso e verdadeiro, vou dar uma chance de leitura sim \o/

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  12. Oie Kétrin! :D
    Esse não é o tipo de leitura que estou acostumada a realizar, mas acho que é importante ler livros que mostrem um realidade mais dura e direta sobre o mundo!

    Beijos e até logo!
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    não tinha ouvido falar sobre o livro, mas além de ter uma premissa interessante, sua resenha me deixou curiosa quanto ao final.
    Mesmo que o livro seja escrito em primeira pessoa e eu prefira em terceira, acho que me arriscaria.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha ouvido falar deste livro antes, mas acredito sim que seria de grande utilidade na vida de todos, drama não é minha leitura preferida, porém gosto sempre de estar em contato, pois mesmo essas histórias serem fictícias nos dão uma visão de um mundo de muitas vezes não conhecemos. Final felizes? As vezes é muito bom sair da rotina e conhecer a dor e a angústia dos outros, sempre tento tirar muito para mim desses livros, tento trazer para meu cotidiano como uma lição de vida, e creio que a vida de Pedro possa trazer-nos isso.
    Sou leitora a aproximadamente 8 anos, leitora assídua, e sem dúvida alguma mudei completamente minha forma de viver a vida, como já disse tento trazer à realidade o que está apenas nas páginas de um livro e na nossa mente!
    Obrigada pela dica de leitura!
    Tenha uma ótima semana, beijos
    www.moradadolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. OI Ketrin!!
    Conheci esse livro em um evento da editora e já fiquei curiosinha para ler, com a sua resenha agora, estou ainda mais. Adoro livros cheio de palavrões com essa coisa de realidade!!
    Quero poder ler logo esse livro *---*
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  16. Opa, boa noite Ketrin!! Fico agradecido com a resenha! :) Fico feliz em despertar esse choque, meu objetivo foi justamente esse, criar uma ficção de acordo com a realidade, com cenário musical independente e etc. Tentei reverenciar muitas coisas boas do Brasil, e muitas coisas lamentaveis tambem... Fico feliz com a resenha, muito obrigado, um abraço!
    Se quiser ler mais sobre, escrevo nessa pagina... https://www.facebook.com/espirituosoetragico

    ResponderExcluir