16 abril 2015

Resenha - A Lista de Brett




Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis.
Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

364 páginas || Skoob || Editora: Verus ||
 Classificação: || Onde Comprar ||









Brett tem uma vida que qualquer mulher sempre sonhou. Uma mãe extraordinária e incrível, um namorado maravilhosamente lindo e uma família prestes a se formar. O que mais ela iria pedir?? Ela pensa que está feliz, mas percebe o quanto esteve errada o tempo todo. Brett sente sua vida desmoronar quando recebe a notícia de que a sua querida mãe morreu, ela era tudo na sua vida. Para piorar a sua situação, todos, até mesmo seu namorado, esperam que ela seja presidente da empresa de sua mãe, mas isso não ocorre. Surpresa, Brett não consegue raciocinar direito e tenta achar a resposta para suas perguntas através de seu advogado Brad Midar.
Mas ela não entende o que esse homem tem a ver com a sua mãe, mas acaba descobrindo que é com ele está a sua única herança. Uma lista de coisas para cumprir. Mas não é uma lista simples, é uma lista de quando Brett tinha 14 anos. Seus sonhos mudaram, e suas metas de vida agora são outras.

Será que ela conseguirá cumprir os itens da lista dentro do prazo para conseguir o que sua mãe deixou de melhor??

Ela sente sua vida virar de cabeça para baixo e não tem a mínima ideia por onde começar, e, além disso, tem a insegurança de não ser capaz de cumprir tudo aquilo. A lista mudou totalmente a sua vida. Se redescobriu e amadureceu diante dos seus atos. Estava presa e focada em apenas uma coisa na sua vida, mas isso abriu a sua cabeça, fazendo com que descobrisse outras coisas.

Eleanor Roosevelt certa vez disse: "Todos os dias, faça algo de que você tenha medo." Continue se obrigando a fazer coisas que lhe dão medo, querida. Assuma os riscos e veja onde você aterrissa, pois são eles que fazem a jornada valer a pena.

Brett precisou de ajuda durante esse processo, começando por seu advogado, pois ele ficou responsável em acompanhar o seu progresso.  E Sempre quando ela cumpria alguma das metas uma carta era aberta e isso foi tarefa dele que sempre lia a mensagem da mãe em voz alta. Amei o Brad logo de cara. Torci para os dois ficarem juntos, mas não podemos realizar todos os nossos desejos. Infelizmente! Mas, mesmo assim, eu não o deixei de amar. Foi um personagem muito fundamental no livro. Ele era atencioso e fofo, ri muito com ele.

Brad também acabou ficando muito amigo da Brett, e então, lhe ajudava com casos extremos no qual ela vivia passando.

Inúmeras pessoas passaram na vida de Brett, e todos a ajudaram a amadurecer, porque é como se cada pessoa fosse uma meta e uma lição de moral.
Uma das pessoas que me fez ficar emocionada e ganhou o meu coração foi Sanquita, uma menina jovem grávida que tinha uma longa vida pela frente. Morava em uma casa de mulheres desabrigadas, então não tinha uma condição boa para cuidar do filho e tinha falência renal no qual prejudicava na sua gravidez de risco. Uma das metas que a Brett tinha que cumprir era "Ser uma professora maravilhosa", então, foi aí que ela conheceu a Sanquita.

Sanquita é uma menina de ouro. Ela queria que o filho tivesse orgulho de sua mãe, e por isso queria se formar e mostrar que era uma mãe inteligente. Brett a ajudou em situações extremas e logo as duas viraram amigas. Várias coisas acontecem, e eu não irei contar quais são, mas eu posso afirmar que me emocionei bastante.

- Não, Brett, você não precisa de remédios. Só precisa de mais amor na sua vida... seja do seu pai, seja um relacionamento amoroso, talvez até de si mesma. O que está faltando para você é uma necessidade humana básica. Acredite ou não,  você ainda é uma pessoa de sorte, porque admite que precisa disso. Tem um monte de pessoas infelizes por aí que sufocaram as próprias necessidades. Buscar o amor deixa a pessoa vulnerável. E só pessoas saudáveis se permitem ficar vulneráveis. (Dr. Garrett Taylor ♥)

A Brett é uma mulher batalhadora. Teve muitas situações do qual a colocou no penhasco, desafiando os seus limites. Mesmo assim, ela batalha e se levanta, não deixando aquela etapa interferir no seu caminho.

O livro é repleto de detalhes, então não tenho muito o que dizer. Tenho medo de soltar aqui algum spoiler, porque isso iria acabar com toda a graça do livro. Então, uma dica, fujam de qualquer spoiler, porque minha amiga leu esse livro antes de mim e ela acabou falando uma coisa que me matou exageradamente.

Estava indo para a reta final do livro e tinha algumas coisas que não tinham sido resolvidas e pensei seriamente que iria me decepcionar, mas ainda bem que isso não aconteceu. A Lori conseguiu colocar tudo nas últimas 5 páginas.

Passei um sufoco enorme, mas isso foi bom, porque fazia muito tempo que eu não me sentia assim.

 A capa é maravilhosa. Essa cor de verde deixa um ar mais leve, nada tão pesado. Mostra exatamente o que a história quer passar. As cores formam uma sintonia muito boa, dando até uma certa tranquilidade. A escrita da Lori é magnífica e deu para perceber que a história foi muito bem desenvolvida, nada artificial, longe disso. 

Tive muitas sensações com esse livro e posso dizer que morri de rir, chorei em algumas partes (sim, sou uma manteiga derretida), e tive vontade de matar certos personagens ~Oi Andrew~  

O livro transmite uma boa mensagem entre uma mãe e a sua filha. Acho que todos deveriam ler, porque será uma leitura bem gostosa e, claro, original!!

 - Sou uma pessoa de muita sorte. Mas há um limite para o que as fadas madrinhas podem fazer. Eu acho que cada um tem o poder de realizar os próprios desejos. Só precisamos encontrar coragem para isso.

36 comentários:

  1. Amiga olha eu ouvi falar muito bem desse livro e sinceramente não tive como não comprar ele para fazer a leitura. Lógico que ainda não li, porque são tantos livros que adquiri que até tenho dúvidas de qual começar a ler, mas depois de ler sua resenha, tenho que confessar que fiquei bastante curiosa, porque você abordou muito bem tudo sobre a história e amei. Você está de parabéns amiga. Continue assim viu? Espero que os outros leitores também gostem da sua resenha como eu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaa, eu fico muito feliz que esteja gostando :D Leia sim, eu acho que irá gostar. Qualquer coisa comente comigo, hein? Mas eu sei como é isso de ter um moonte de livros, hahaha Entendo!!

      Excluir
  2. A resenha foi muito bem feita, fiquei até com vontade de ler e saber como ela vai terminar a lista.
    Assim que eu puder vou comprar este livro e devorá-lo.
    Bjss
    http://jessyle03.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou com esse livro tem tanto tempo na estante esperando para ser lido! Depois de ler sua resenha fiquei me perguntando por que ainda não fiz isso! Tô precisando de uma coisa leve, um livro que vai me prender e me deixar ansiosa até as ultimas páginas, como parece que esse faz, né?! Vou tentar dar uma chance esses dias! Beijos,
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá a chance sim, se é isso que está procurando, é perfeito! Digo isso por experiência própria, hein? hahaha Espero que tenha uma boa leitura :D
      Beijos!

      Excluir
  4. Ana, eu não conheci o livro e me lembrou um filme "As 7 regras do amor".
    A menina também tinha uma lista, mas era meio doentia para fazer e quase estragou a própria vida amorosa.
    Mas essa história é diferente e muito bonita e pelo que você disse também é muito apaixonante.
    Fiquei com muita vontade de ler o livro e me emocionar também.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vi esse filme, mas se lembrou deve ser bom, né? Vou ver se pego para vê-lo qualquer dia desses. Leia, leia, eu acho que você irá gostar :D

      Excluir
  5. Realmene a capa é maravilhosa, eu já tinha escutado falar nesse livro, e só escuto coisas boas dele, deu ainda mais vontade, resenha maravilhosa! também sou manteiga derretia todo livro que leio eu choro kkk

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou igualzinha você, tenho certeza que irá dar uma choradinha no livro, hahaha Obrigada!!

      Excluir
  6. Olá.
    sempre vejo resenhas lindas desse livro, e parece ser muito bom e bonito, a capa e os trabalhos internos me encantam sempre que vejo.
    Estou louca para ler.
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaaa,
      A diagramação sempre chama a minha atenção também além que para ler fica uma coisa mais agradável, hehehe
      Beijos!

      Excluir
  7. Parece ser lindo! E uma lista dessas bem complicado. Acho que desse ser daqueles livros que eu acabo chorando kkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você for sensível igual eu.... Kkkkk Acho que vai gostar sim!
      Beijos!

      Excluir
  8. Oii
    Que bom que gostou dessa leitura e que a autora conseguiu surpreender, ando curiosa nesse livro ando vendo muitas resenhas desse livro, parece ser realmente bom e quero ver as situações que ela enfrenta para conseguir realizar o que está na lista.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa,
      É muito interessante a maneira de como a protagonista lida com os problemas que aparece na sua vida. Isso mostra que temos que passar as barreiras da vida, sabe? Isso me surpreendeu mesmo. Espero que leia em breve e que goste da leitura :D

      Excluir
  9. Achei super interessante a história do livro e fiquei super curiosa para saber o desenrolar da história. E a capa também é uma fofura! E parabéns pela resenha, ficou ótima!

    estilolia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! A capa é linda mesmo, assim como a história :D

      Excluir
  10. Oi Ana =)
    Eu li esse livro e simplesmente amei, se tornou umas das minhas melhores leituras de 2014. Senti tudo isso que você descreveu na resenha, me encantei pela Sanquita, dei risadas, chorei, me diverti, sofri... ver a evolução da Brett é maravilhoso, esse livro nos traz grandes lições, quero que seja adaptado logo para as telonas, com certeza irei assistir.

    BeijOs!!!
    @jannagranado
    @lpdiversao
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa Janna!
      A Sanquita é um amor mesmo! Ainda bem que me entende, não sou a única a sentir tudo isso, hahaha Seria muito bom se fosse adaptado, vamos ver se isso acontece mesmo. Seria muito bom porque assim pessoas que não leem- pelo menos- irão levar grandes lições assistindo. Melhor que nada!
      Beijos!

      Excluir
  11. MEUDEUS! Esse livro deve ser demais, eu mesma faço milhares de listas de coisas que eu pretendo fazer, mas não cumpro nenhuma, acho que tá na hora de realmente cumprir.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só esconda da sua mãe, tudo bem? hahaha Está sim, é bom cumprir, só não estrague sua vida com algumas coisas. Acho que é bom você ler, irá gostar!!
      Beijos :)

      Excluir
  12. Oi Ana, eu acho essa premissa maravilhosa, ela transmite uma mensagem reflexiva que no meu ponto de vista, deveria ser lido por todos. Fiquei super encantada com a sua resenha, e com certeza muito curiosa para ler, gosto de livros desse gênero, e ainda se tratando sobre mãe e filha. Sem contar que essa capa é maravilhosa né?

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Kétrin!!
      A capa é linda sim, e chama muito a atenção. O assunto abordado é um pouco forte em questão de relacionamento. Digo, entre uma mãe e uma filha. É lindo! Leia que eu acho que irá gostar, ainda mais que gosta desse gênero!!
      Beijos :*

      Excluir
  13. Oi, tudo bom?
    Sempre tive curiosidade em ler esse livro, parece ser maravilhoso. A minha mãe também é tudo pra mim e eu não sei o que faria sem ela, ler um livro com essa temática me deixaria muito abalada.
    A capa é maravilhosa também.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Bianca, tudo e com você???
      Pois é, eu penso a mesma coisa. Foi muito bom ler um livro assim para darmos mais valor as nossas mães. Esse livro foi muito bom e abordou um bom tema!
      Beijos!

      Excluir
  14. Olá Ana,

    Esse livro está na minha lista de desejados, a capa é muito bonita e a premissa me desperta interesse, sua resenha confirma isso....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Ana!
    Não conhecia esse livro, mas ele traz uma história bem legal!!
    Eu morro de medo de perder minha mãe e já pensou perder e ter que passar por tudo que Brett passa? Mas, gostei do livro pelo que você disse porque a personagem vai amadurecendo, achei ótimo!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa,
      Esse livro é bom porque trouxe exatamente esse reflexão, sobre perder a mãe. Assim percebemos o quanto ela é especial. É muito bom esse livro, e acho que você vai gostar, principalmente porque não é algo parado.
      Beijos!

      Excluir
  16. Já li um livro com essa temática, chama O último item da lista, confesso que não me agradou, tenho também Listografia, que também não curti...mas esse A lista de Brett parece muito bom e interessante, quem sabe darei uma chance...bjus

    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li esses livro, na verdade eu não os conhecia, mas vou procurar mais sobre eles. É uma pena que não tenha te agradado. Espero que goste de A Lista de Brett, pois para mim valeu a pena!!
      Beijos!

      Excluir
  17. Oi Ana!
    Não conhecia o livro, mas sua resenha me conquistou.
    Acho que eu nunca li algo que aborde dessa forma a relação entre uma filha e uma mãe, e fiquei com muita vontade de lê-lo.
    Adoro livros que nos fazem refletir e ter diversas sensações, geralmente são os que mais me agradam.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Gustavo!!!
      Ahh que bom!!! Eu também gosto bastante de livros cuja o tema faz eu refletir sobre a importância da vida, mais precisamente das mães. É muito bom, além que traz uma mensagem super bonita! Eu espero que leia e que goste :D
      Beijos!

      Excluir
  18. Olá Ana. Tinha lido sua resenha há algum tempo e não havia comentado. Não tinha lido a obra, mas depois li sua resenha e fui correndo ler o livro. Acabei lendo em dois dias e nossa que livro bom! Amei os personagens e mesmo assim amei mesmo o final e com quem ela terminou hahaha. A história é incrivelmente incrível kkkk e realmente valeu muito a pena ler. Realmente traz uma mensagem muito bonita e bela.
    Meus parabéns pela resenha e espero ver outras suas por aqui.
    Beijos e muito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa,
      Também ameeeeei com quem ela terminou!!! Foi muito bom, né? Eu fiquei "meu deus, esse livro está acabando e eu preciso saber com quem ela vai ficar", hahahah
      Fico imensamente feliz que você tenha gostado do livro, porque realmente ele vale muuito a pena, não é mesmo??
      Obrigada *-*
      Beijos!

      Excluir