27 janeiro 2015

Resenha - Uma Chance para Recomeçar





Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele descon fia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã.

Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe.

Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida... Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal.

176 páginas || Skoob ||  Cortesia: Editora Novo Conceito || 
Classificação: ||  OndeComprar









 A história do livro começa quando Mark descobre que sua irmã Victoria sofreu um acidente de carro e vem a falecer deixando para trás sua sobrinha Holly de 6 anos. Em seu testamento veio uma carta que o deixa como responsável pela criança, pois ela sabia que ele cuidaria muito bem de sua filha e que iria amá-la muito.

‘’Ser nomeado tutor de Holly não era algo que ele houvesse imaginado. Conhecia suas próprias capacidades e sabia o que provavelmente conseguiria fazer em situações que ainda não havia enfrentado. Mas cuidar de uma criança estava além das suas possibilidades. ’’

Só que Mark apesar de ter ficado muito abalado com a morte de sua irmã, sabia que não tinha experiência nenhuma para criar sua sobrinha, mas de qualquer maneira tentaria fazer o possível para dar certo. Por causa disso, acaba pedindo ajuda para o seu outro irmão, Sam para que juntos eles possam cuidar da criança. Ele sabia que seu irmão gostava de morar sozinho e não gostava de ter compromisso, mas mesmo assim, após alguns dias de convivência com ambos em sua casa ele de alguma forma acaba se encantando com a menina e tenta fazer de sua casa um verdadeiro lar para todos.

‘’Deus sabe que, qualquer que seja o jeito como a gente faça isso, será melhor do que deixar que a menina seja criada por estranhos. Ou, pior, pelos nossos outros parentes’’




Passado algum tempo, Mark e Sam percebem que Holly ainda não fala desde que sua mãe morreu e ficam bastante preocupados com a situação. E quando menos se espera acontece um milagre, pois Holly fala pela primeira vez com Maggie Collins, uma amável moça dona de uma linda loja de brinquedos que acaba de ser inaugurada na cidade.

Quando Mark percebe que sua sobrinha falou fica bastante surpreso e muito emocionado.

Mas só que a partir daí ele começa a ficar preocupado, porque seu irmão Sam encontra um bilhete no qual Holly escreveu para o Papai Noel lhe pedindo uma mãe de presente.
‘’Desde que haviam lhe falado da morte da mãe, Holly se manteve em silêncio, respondendo às perguntas com um gesto de cabeça. Tinha uma expressão distante e entorpecida, parecendo ter se encolhido num mundo interior que ninguém podia invadir. ’’

Mark além de ficar preocupado com seu pedido, se sente na obrigação de se casar para então poder dar uma família de verdade para sua pequena Holly, porém, é bastante complicado, pois sua namorada atual Shelby não é o tipo de pessoa que ele procura para ser uma boa esposa e muito menos uma mãe, e então, Mark começa a amadurecer a ideia de mudar isso de alguma maneira.

‘’Ele encontraria outra mãe para Holly, a mãe ideal. E construiria um círculo de pessoas para ela. Em geral, uma criança era o resultado de uma família. Naquele caso, no entanto, uma família seria o resultado de uma criança’’

Com o passar das páginas, percebemos que Maggie e Mark vão se aproximando pouco a pouco por conta da pequena Holly e com isso acabam até se conhecendo melhor, e então, o inevitável acontece, ambos de alguma forma se sentem atraídos um pelo o outro, mas Maggie ainda se sente bastante insegura para abrir seu coração novamente. Por conta disso, resolve então não se relacionar com ninguém pelo menos por enquanto por causa de todo sofrimento que já passou em sua vida.

Só que mesmo estando bastante encantada com Mark e sua sobrinha Holly, ela sabe que só com o tempo vai descobrir que no coração a gente não manda, mas sim que é o seu próprio coração que vai lhe mostrar a verdadeira magia do amor e principalmente de sua felicidade!


No meu ponto de vista, preciso lhes dizer que gostei bastante do desenvolvimento da história por conta da escrita da autora ser leve e simples. Dá para se familiarizar com todos os personagens, embora eu tenha que dizer que esperava muito mais, pois queria algo que me fizesse entrar no clima das vésperas de Natal e que me marcasse de alguma maneira. Mas infelizmente não foi o livro que eu esperava e nem o que eu pensava que fosse.

Não foi aquele livro MARCANTE, porque a história sem dúvida poderia ter sido muito melhor. Achei que faltou alguma coisa após ter terminado o livro sabe? Não sei!
Adorei o fato de conter todo um romance, mas apesar disso, eu achei que a autora poderia ter explorado mais essa parte dos personagens e também todas as outras que envolvia a pequena Holly, porque foi para mim uma história comum e não que despertasse aquela MAGIA que eu realmente esperava.

É um livro bom?
Sim! Sem dúvida nenhuma, mas é o tipo de livro que recomendo para ler sem compromisso e que o leitor não espere uma história tão emocionante como eu achei que fosse, pois eu devo ter criado tanta expectativa que acabei achando uma coisa e foi algo completamente diferente do que eu esperava.
Acho que cada um terá que tirar suas próprias conclusões sobre a obra, porque ele é sim gostoso de ler e possui algumas passagens até que engraçadas, mas somente isso e nada mais!

É uma história simples e bonita que deve ser lido por todos, porque ele aborda temas como amor, amizade, confiança e principalmente esperança.


Mas também não posso deixar de falar aqui que após terminar o livro, por acaso encontrei no telecine o filme sobre o livro. Fiquei surpresa, porque ouvi o nome dos personagens e vi que eu precisava gravar para assistir. Então assim que houve a oportunidade de ver o filme, eu comecei a prestar bastante atenção aos acontecimentos e confesso que me deparei com algumas partes que foram até fieis ao livro, mas outras que também foram bastante diferentes.
Os nomes dos personagens são os mesmos. Os acontecimentos são parecidos, mas eu achei que mesmo assim eu não me senti tocada. Não me motivou sabem? Então para quem ainda tem dúvida, assista ao filme assim que terminar de ler o livro, porque vocês vão perceber algumas coisas.
Por isso abaixo deixarei o trailer do filme e espero que vocês gostem e também tenham interesse de assistir como eu  =]


Avisando que o filme pode ser encontrado passando com frequência no Telecine com o seguinte nome: UM NATAL PARA RECOMEÇAR ok?







A diagramação do livro não poderia ter sido melhor, pois a capa ficou linda, apesar de ser bastante simples. As páginas são amareladas e o tamanho da fonte é muito bom facilitando a leitura do leitor. A Novo Conceito mais uma vez está de parabéns pelo seu capricho, porque disso não posso reclamar!


RECOMENDO A LEITURA para todos que quiserem ter uma leitura tranquila.
Um livro sessão da tarde (risos)

Leia, porque não vão se arrepender!


17 comentários:

  1. AH MEU DEUS SIL!!!! Amo esse filme, de paixão, e olha a ironia, na minha Tag de Natal eu tinha que escolher um filme natalino que eu adoraria que virasse um livro e eu quase escolhi esse!!! Ainda bem que mudei de ideia no último minuto não? Amiga parabéns pela resenha e por ter encontrado o filme, está linda e eu fiquei mesmo com vontade de ler o livro, até porque ele é fino, não demoraria muito, resumindo, amei a resenha.
    Bjos e se cuida Sil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga fico feliz que tenha gostado da resenha e mais ainda por saber que você já havia assistido o filme. Mas quando vc ler o livro vc vai ver que não é tão parecido assim. Tem algumas coisas que tem até haver, mas nem tudo. Mas mesmo assim gostei. Mesmo sendo uma história simples, eu gostei bastante da escrita. Espero que outros leitores também tenham interesse de ler e assistir o filme a seguir, porque é legal quando é assim hehehe

      Excluir
  2. Parece legal esse livro, gosto de leitura calmas, mas realmente tenho medo de me decepcionar com o final, a sinopse amarra qualquer um. Sua resenha está excelente, contém tudo que qualquer leitor gostaria de saber antes de começar a folhear um livro.
    Beijoss

    http://cinderelaliada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha fico feliz que tenha gostado da resenha
      Espero que tenha a chance de conhecer a história e também dever o filme, até porque a narrativa além de ser simples é rápida. Vale super a pena!

      Excluir
  3. Amiga, olha, já estava ansiosa para ler esse livro, agora é impossível não ficar mais depois desta sua linda resenha, né?! A história de Mark parece ser bem pesada, pois ele tem que segurar uma barra enorme, sua irmã morre e ele ainda tem que tomar conta de uma criança que não é sua. É bem difícil conciliar o luto com a atenção para outras pessoas, digo isso pois já passei por isso. A história do livro parece ser bem tocante. O livro é fininho dá pra ler em algumas horas. Com certeza do mês que vem este livro não me passa. Parabéns pela sua resenha, me convenceu de que o livro é bom.
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga que bom que você gostou de minha resenha.
      Espero que vc tenha a oportunidade de ler e também de assistir o filme, porque vc pode ter duas visões diferentes sobre ambos. Muito bom isso sabe?
      Eu nem imaginava que tinha filme e quando vi me surpreendi, embora eu esperava que a história fosse muito mais tocante, mas mesmo assim é gostoso de se ler. Além do livro ser fino como vc disse. Enfim...Leia sim. Porque quem sabe vc gosta?

      Excluir
  4. Oi, Sil! Retornei à blogosfera, mulher! Saudade!
    Hum! Gostei da sua resenha. Já vi muita gente falando desse livro, mas não me interessei muito em buscar mais informações, já que não conheço a autora e a capa não me atrai muito. Porém, gostei da sua sinceridade e da história. Parece no mínimo boa para entreter. É uma pena que você não tenha suprido suas expectativas.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo a sua visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga fico feliz que tenha gostado da minha resenha, mas quando puder leia, porque vc pode até se surpreender com a história. As vezes nem sempre a opinião das pessoas nas resenhas são o que parece ser para outras pessoas. Tipo....Eu posso achar uma coisa...mas vai que vc lê e gosta? Então pode acontecer. LEIA. Se vc tiver oportunidade. Ele é gostoso de ler e é bem pequeno. Vale a pena =] E fico feliz com sua volta viu? Já passei no seu cantinho linda

      Excluir
  5. Aaa, adorei a resenha Sil.
    Fiquei morrendo de vontade de ler.Será que acho em alguma livraria por aqui?
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é simplesmente lindo. Vale a pena conferir já que
      provavelmente você não deve conhecer a história. Ou não ter lido.
      Mas leia. E sim...tem em livrarias. Espero que tenha a chance de ler.

      Excluir
  6. Oii Silvana, tudo bem?
    Eu desejava ler esse livro no natal mas já passou! Que resenha maravilhosa, meu deu mais vontade em comprar e ler agora haha essa capa é tão bonita <3
    Fique com Deus!
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda eu li esse livro na época do Natal, mas eu acho que você deveria ler, porque como eu disse na resenha, eu achei que iria me transmitir toda aquela magia na véspera de NATAL, mas na verdade não foi tudo aquilo que eu esperava não. O livro é muito bom. Deve ser lido sem sombra de dúvida, mas pode ler fora de época, porque com certeza vc vai gostar do livro, principalmente porque a leitura é bem rápida.

      Excluir
  7. Oii Sil, tudo bom??
    Eu espero poder ter a oportunidade de ler esse livro. De começo não me atraiu tanto, mas conforme eu lia a resenha eu ficava mais impressionada. Ainda bem que você comentou sobre não criar tantas expectativas, assim já fico em alerta mas, mesmo assim, eu quero ler porque adoro leituras leves e tranquilas.
    Beijos,

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ei Silvana

    Eu também achei a história bonitinha, mas não é um livro muito elaborado, é mais um conto fofinho e tal. Também dei nota 3.
    Achei que o enredo poderia ter sido mais desenvolvido, mas gosto muito da autora.
    Eu não tenho telecine, então não vi o filme ainda, mas queria muito ver. Vou ver se consigo baixar. ^^
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oiee

    Já li este livro e gostei bastante, achei a escrita da autora fácil e fluida e consegui entrar no clima de Natal tanto que li alguns dias antes, não sabia que tinha filme que legal vou tentar assistir, mas o livro se trata de uma série terão mais livros creio que com outros personagens.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga,
    Me decepcionei.. A sinopse é tão boa!! Achei que fosse um super livro de tirar lágrimas kkkkkkkk, mas pela sua resenha sinto que faltou um tcham ai, ainda assim me parece uma boa estória, ainda mais pra mim que gosto desses romances docinhos e leves.

    Beijokas amiga, e eu que agradeço seu apoio viu?
    Você é muito especial pra mim!!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?! xD
    Gostei muito da sua resenha!!
    Mas confesso que, ao ler a sinopse, minhas expectativas também subiram lá em cima e eu já estava ficando super a fim de ler o livro. Mas desanimei um pouco ao saber que o livro talvez não seja tudo isso, pois a história dá a impressão de ser super emocionante e cativante. Pelo menos é o que poderia ser, de acordo com o contexto.
    Ótima resenha!!
    Beijos, Lerissa K. xD
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir